Buscar

RenovaBio: rota biodiesel da RenovaCalc tem versão atualizada

quinta-feira, novembro 18, 2021


A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis — ANP comunicou a publicação da versão 8 da RenovaCalc — Rota Biodiesel, atualização aguardada com expectativa pelo setor produtivo. O Upgrade na versão foi realizado pelo Grupo de Trabalho de Avaliação de Ciclo de Vida (GT ACV RenovaBio), composto por especialistas de três instituições — Embrapa, LNBR/CNPEM e Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Estadual de Campinas — FEM/UNICAMP.

A nova versão é direcionada para a certificação de biocombustíveis e passou por um período de testes para validação durante os meses de setembro e outubro, sem que nenhuma intercorrência tenha sido relatada. A principal mudança realizada foi a inclusão de campos para inserção da fração elegível das matérias-primas não-residuais — diversos óleos processados nas usinas de biodiesel.

Os volumes elegíveis serão combinados aos perfis de produção destes óleos para a composição da Nota de Eficiência Energético-Ambiental (NEEA) da produção de biodiesel. Essa alteração permite refletir com mais fidelidade o perfil do biodiesel em processo de certificação pelo RenovaBio

Outra mudança foi a inclusão de campos para inserção de dados de consumo de diesel com diferentes proporções de biodiesel na fase agrícola, na fase industrial de extração de óleo de soja e na fase industrial de produção de biodiesel. Os interessados em utilizar esta nova versão da RenovaCalc - Rota Biodiesel para renovação da certificação ou nova certificação já podem acessá-la no site da ANP.

A pesquisadora Marília Folegatti, da Embrapa Meio Ambiente,  e que coordena o GT ACV RenovaBio, ressalta a importância da publicação da rota atualizada, inclusive na sua versão aberta, que possibilita consultar toda a memória de cálculo da RenovaCalc. Ainda destaca outras mudanças recentes promovidas para o aprimoramento da RenovaCalc, que antes era um documento único, composto de várias rotas de produção. Agora, segundo a pesquisadora, o documento passou a ser dissociado em várias planilhas distintas, em arquivos separados para cada rota, tornando o sistema mais leve.

Mateus Chagas, pesquisador do LNBR, destaca a importância da comunicação aberta entre a ANP e o GT ACV RenovaBio com o setor produtivo. Conforme ele, “a RenovaCalc, em aprimoramento contínuo, busca compreender e bem representar os processos produtivos dos biocombustíveis, e as demandas trazidas pelos usuários são uma importante contribuição”.

Atualizações

Os incrementos realizados na RenovaCalc são relevantes à medida que tornam a calculadora um instrumento vivo e dinâmico, que acompanha a evolução do mercado de biocombustíveis e as suas especificidades. Na opinião de Danielle Machado Conde, superintendente de Biocombustíveis e Qualidade de Produtos da ANP, os aprimoramentos realizados tornaram mais preciso e adequado o cálculo da Nota de Eficiência Energético-Ambiental das plantas de biodiesel que trabalham com diversidade de biomassa, incluindo resíduos e óleos vegetais.

“O RenovaBio foi instituído com essa premissa, de incentivar e compensar os biocombustíveis pela sua exata contribuição na redução de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE). Assim, quanto maior a acurácia do instrumento de medição da intensidade de carbono de cada planta produtora, mais aderente ela estará ao modelo concebido para o programa.”

Conforme explica Anna Leticia Pighinelli, analista de Gestão Ambiental da Embrapa Meio Ambiente, está no radar do GT ACV RenovaBio seguir em regime de mutirão, atualizando individualmente e por rotas todas as versões.

“O primeiro mutirão do GT foi para atualizar a versão referente à produção de biodiesel de soja, recém-publicada. Agora, a próxima tarefa será focada na atualização das rotas de etanol, previstas para serem finalizadas até dezembro de 2021. Já para o ano de 2022, o GT planeja criar uma rota, ainda inédita, derivada do melaço de soja para a produção de Etanol, além de novos aprimoramentos na rota do biodiesel”, disse.

Aquecimento Global e o papel dos biocombustíveis

Os biocombustíveis são considerados fontes de energia renováveis, obtidos a partir de biomassas de compostos orgânicos vegetais ou animais, e dispõem de interessantes oportunidades de mercado diante da necessidade de redução das emissões de GEE para frear o aquecimento global.

No Brasil, o etanol é misturado à gasolina, enquanto o biodiesel é adicionado ao diesel convencional. Uma das alternativas para a redução de emissão de CO2 é a substituição da queima de combustíveis fósseis por combustíveis renováveis na matriz de transporte nacional — e o biocombustível é uma dessas fontes renováveis de energia com menores pegadas de carbono.

Para Danielle Conde, da ANP, o incentivo e o justo reconhecimento do papel dos biocombustíveis nesse processo são fundamentais, para que sirvam de estímulo para maiores investimentos em melhoria contínua da eficiência energética das usinas e até mesmo de novas plantas e tecnologias.

“O objetivo é que parte da receita obtida pelos produtores de biocombustíveis seja direcionada para retroalimentar o processo produtivo como investimento em novas tecnologias que melhorem sua Nota de Eficiência Energético-Ambiental no arcabouço do Programa RenovaBio e assim possam emitir maior quantidade de CBIOs, estimulando um ciclo virtuoso de eficiência produtiva.”

Marcelo Morandi, chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente, confirma os esforços e o compromisso da Embrapa, por meio do GT ACV RenovaBio, com a ampliação e sucesso desta importante política.

Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (27) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (43) Acrocomia aculeata (78) Agricultura (324) Agricultura 4.0 (9) agriculture (1) Agroenergia (138) Agroindústria (37) Agronegócio (273) Agropecuária (63) Água (24) Àgua (1) Alimentação Saudável (24) Alimentos (367) Amazônia (78) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (97) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (35) Aviation fuel (8) Aviation market (24) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (470) Biodefensivos (12) Biodiesel (352) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (15) Bioeconomia (126) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (26) Bioenergia (212) Biofertilizantes (12) Biofuels (104) Bioinsumos (22) Biomas (4) Biomass (7) Biomassa (90) Biomateriais (6) bioplásticos (3) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (27) Bioquerosene (48) Biorrefinaria (3) Biorrenováveis (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (88) BNDES (2) Bolsa de Valores (37) Brasil (117) Brazil (29) Cadeia Produtiva (19) Capacitação (31) CAR (4) Carbonatação (1) Carbono (10) Carbono Neutro (10) Carbono Zero (21) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (8) CBios (68) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (16) Cerrado (28) Chuvas (11) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (427) Clima e ambiente (290) Clima e ambiente Preços (2) climate changed (66) CNA (2) Cogeração de energia (30) Combustíveis (108) Combustíveis Fósseis (41) Combustíveis verde (1) Comércio (48) Consciência Ecológica (26) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (25) Copolímeros (2) Cosméticos (40) Crédito de Carbono (54) Crédito Rural (20) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (2) Curso (14) Dados (1) Davos (4) Dendê (5) Desafios (3) Descarbonização (11) Desenvolvimento Sustentável (217) Desmatamento (16) Diesel (21) Diesel Verde (23) eco-friendly (5) Economia (109) Economia Circular (14) Economia Internacional (132) Economia Sustentável (5) Economia Verde (181) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (19) Eficiência energética (55) Embrapa (23) Emissões de Carbono (63) Empreendedorismo (9) Empresas (170) Energia (106) energia limpa (22) Energia Renovável (257) Energia Solar Fotovoltaica (23) ESG (27) Estudo (2) Etanol (88) Europa (2) event (11) Eventos (176) Exportações (94) Extrativismo (63) FAO (7) Farelos (46) farm (1) Fertilidade (3) Fibras (10) Finanças (5) Financiamento (2) Floresta (33) Floresta plantada (119) Fomento (42) Food (42) food security (9) forest (1) Fruticultura (17) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (19) Glicerina (2) Global warming (115) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (6) História (1) IBP (1) ILPF (12) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (207) Instituição (1) Insumos (17) Investimento (10) Investimentos (1) IPCC (15) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (21) Lignina (8) livestock (4) Low-Carbon (58) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (604) Madeira (24) Mamona (1) Manejo (5) Manejo e Conservação (118) MAPA (42) Máquinas e equipamentos (3) Mata Atlântica (5) Matéria Prima (3) Matéria-Prima (4) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (326) Melhoramento e Diversidade Genética (84) Mercado (4132) Mercado de Combustíveis (68) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (75) Mercado Internacional (64) Metas (5) Micotoxinas (1) Milho (31) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (51) Mudanças Climáticas (69) mudas (4) Mundo (179) Nações Unidas (4) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (43) Nutrição animal (18) nutrition (11) Oil (51) Oleaginosas (115) Oleochemicals (11) Óleos (253) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (24) OMC (3) ONGs (1) ONU (19) Oportunidade (9) Oportunidades (9) other (1) Palm (2) Palma (33) palmeiras (7) Paris Agreement (95) Pecuária (103) Pegada de Carbono (107) Personal Care (3) Pesquisa (96) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (34) PIB (6) pirólise (3) Plano Safra (2) Plant Based (28) Plant-Based (2) Política (92) Política Ambiental (6) Políticas (1) políticas públicas (2) Preços (74) Preservação Ambiental (57) Produção Agrícola (24) Produção Animal (10) Produção Integrada (2) Produção Sustentável (78) Produção vegetal (25) Produtividade (77) Produtos (150) Proteção Ambiental (18) proteína vegetal (28) Qualidade (3) Qualidade do Ar (4) químicos verdes (1) reciclagem (2) Recuperação Ambiental (7) Recuperação de área Degradada (48) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (35) regulamentação (3) Relatório (17) renewable energy (19) RenovaBio (76) Report (2) Research and Development (12) Resíduos (18) Sabão (1) SAF (8) Safra (7) Saúde e Bem-Estar (136) science and technology (48) Sebo (5) Segurança Alimentar (172) Segurança Energética (15) Selo Social (13) sementes (8) silvicultura (3) Sistema Agroflorestal (42) Sistemas Integrados (26) Sociobiodiersidade (8) Soil (9) Soja (120) Solos (61) Sustainability (59) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (679) Tecnologia (66) Tempo (2) Títulos verdes (3) Transportes (5) Turismo Sustentável (7) Unica (1) Vídeo (271) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página