Buscar

Ministério do Meio Ambiente celebra dia internacional da biodiversidade com resultados na bioeconomia

segunda-feira, maio 24, 2021



O Dia Internacional da Biodiversidade é comemorado anualmente no dia 22 de maio. Em 2021, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) celebra a data com um acumulado de ações voltadas à agenda da bioeconomia, um dos eixos da estratégia do MMA para o combate ao desmatamento ilegal. Além desses resultados, outras diretrizes do MMA, como a priorização do meio ambiente urbano, contribuem para a proteção de espécies nativas.

1. Termos de Compromisso: fila zerada

A assinatura de termos de compromisso é essencial para regularizar o uso da fauna e da flora brasileira para a pesquisa e desenvolvimento de novos produtos como cosméticos, remédios, resinas, entre outros. Entre 2015 (ano da criação da lei) e 2018, 35 termos foram firmados; no período 2019-2020, mais de 700 termos foram firmados, zerando uma fila que se acumulava há anos e representando um aumento de mais de 1500% em efetividade.

2. Recursos para a conservação

Avanços no processo de regularização de produtos que utilizam a biodiversidade brasileira, estimam cerca de R$ 48 milhões em recursos gerados a partir da repartição de benefícios (monetária e não-monetária) pelo uso do patrimônio genético. Essa repartição gera renda para quem cuida e detém conhecimentos sobre o patrimônio genético, estimulando o uso sustentável e a conservação.

3. Fundo Nacional para Repartição de Benefícios: conta criada

Previsto desde 2015, o Fundo Nacional foi ativado em fevereiro de 2020, tendo uma conta criada para que as empresas que usam o patrimônio genético do Brasil possam depositar os royalties relativos ao uso da flora e da fauna brasileira. O contrato já foi renovado, garantindo o fluxo de recursos.

4. Novas portarias: simplificação e normatização

Foram publicadas novas portarias, uma delas para garantir o pagamento pelo uso da biodiversidade nacional por entidades estrangeiras, com previsão de projetos com potencial de alcance de cerca de R$ 20 milhões e ainda outra para regulamentar o investimento direto das empresas em projetos de conservação. Além disso, foi sancionada uma lei para simplificar o envio de remessa de patrimônio genético para combater a covid-19.

5. Cooperações internacionais

O MMA orientou negociações para acesso e repartição de benefícios nos acordos internacionais de uso da biodiversidade, entre Mercosul e Coreia do Sul, Cingapura e países da Europa como Suíça e Noruega. Além disso, iniciou-se em 2019 um projeto bilateral com o Uruguai para aprofundar o compartilhamento de experiências e conhecimento sobre recursos genéticos.

6. Melhoria contínua do SisGen

O Sistema Nacional de Gestão do Patrimônio Genético e do Conhecimento Tradicional Associado (SisGen) ganhou 23 novas funcionalidades desde 2019. Até 15 de maio de 2021 foram realizados cerca de 60 mil cadastros de acesso de pesquisas e desenvolvimentos tecnológicos, bem como de mais de 5 mil produtos que utilizaram patrimônio genético ou conhecimentos tradicionais brasileiros.

7. Protocolo de Nagoia

Aguardado há dez anos, o texto do Protocolo foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal em 2020, com o apoio do MMA e ratificado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em março de 2021. O protocolo garante o reconhecimento e pagamento pelo uso da biodiversidade brasileira em qualquer lugar do mundo.

Além dessas ações diretas sobre a bioeconomia, o MMA ainda contribui para o pilar da conservação da biodiversidade em outras agendas. No âmbito da Agenda Ambiental Urbana, o MMA contribui sobretudo para reduzir os impactos da falta de saneamento básico sobre a biodiversidade. A gestão e o descarte incorretos de resíduos sólidos, bem como o tratamento inadequado do esgoto, podem gerar ameaças aos ecossistemas, desde a contaminação do solo e da água até desequilíbrios nas cadeias alimentares. Outras iniciativas do MMA, como os programas Floresta+ e Adote um Parque, além da agenda de concessões de parques nacionais para ecoturismo, concorrem para a proteção da biodiversidade nativa.

Fonte: MMA


 

 

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (37) Acrocomia aculeata (77) Agricultura (297) Agricultura 4.0 (8) agriculture (1) Agroenergia (130) Agroindústria (32) Agronegócio (252) Agropecuária (58) Água (22) Àgua (1) Alimentação Saudável (22) Alimentos (367) Amazônia (77) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (93) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (35) Aviation fuel (8) Aviation market (24) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (451) Biodefensivos (10) Biodiesel (346) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (15) Bioeconomia (126) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (26) Bioenergia (211) Biofertilizantes (12) Biofuels (104) Bioinsumos (19) Biomas (3) Biomass (7) Biomassa (90) Biomateriais (6) bioplásticos (3) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (26) Bioquerosene (48) Biorrefinaria (3) Biorrenováveis (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (86) BNDES (2) Bolsa de Valores (35) Brasil (100) Brazil (29) Cadeia Produtiva (17) Capacitação (31) CAR (4) Carbonatação (1) Carbono (7) Carbono Neutro (9) Carbono Zero (20) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (6) CBios (68) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (16) Cerrado (25) Chuvas (10) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (415) Clima e ambiente (288) Clima e ambiente Preços (2) climate changed (66) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (105) Combustíveis Fósseis (40) Combustíveis verde (1) Comércio (47) Consciência Ecológica (26) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (14) Copolímeros (2) Cosméticos (40) Crédito de Carbono (48) Crédito Rural (20) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (2) Curso (14) Dados (1) Davos (4) Dendê (5) Desafios (3) Descarbonização (5) Desenvolvimento Sustentável (206) Desmatamento (12) Diesel (21) Diesel Verde (22) eco-friendly (5) Economia (100) Economia Circular (14) Economia Internacional (125) Economia Sustentável (5) Economia Verde (175) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (19) Eficiência energética (55) Embrapa (13) Emissões de Carbono (62) Empreendedorismo (8) Empresas (170) Energia (105) energia limpa (17) Energia Renovável (257) Energia Solar Fotovoltaica (23) ESG (26) Estudo (2) Etanol (84) Europa (2) event (11) Eventos (176) Exportações (94) Extrativismo (63) FAO (7) Farelos (46) farm (1) Fertilidade (3) Fibras (9) Finanças (5) Financiamento (2) Floresta (30) Floresta plantada (119) Fomento (42) Food (42) food security (9) forest (1) Fruticultura (15) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (8) Glicerina (2) Global warming (115) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (6) História (1) IBP (1) ILPF (5) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (202) Instituição (1) Insumos (7) Investimento (8) Investimentos (1) IPCC (15) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (14) Lignina (8) livestock (4) Low-Carbon (56) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (599) Madeira (23) Mamona (1) Manejo (2) Manejo e Conservação (114) MAPA (35) Máquinas e equipamentos (2) Mata Atlântica (5) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (4) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (313) Melhoramento e Diversidade Genética (78) Mercado (4127) Mercado de Combustíveis (67) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (75) Mercado Internacional (52) Metas (5) Micotoxinas (1) Milho (24) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (50) Mudanças Climáticas (55) mudas (3) Mundo (174) Nações Unidas (4) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (43) Nutrição animal (18) nutrition (10) Oil (51) Oleaginosas (103) Oleochemicals (11) Óleos (253) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (24) OMC (3) ONGs (1) ONU (18) Oportunidade (8) Oportunidades (9) other (1) Palm (2) Palma (32) palmeiras (4) Paris Agreement (94) Pecuária (92) Pegada de Carbono (105) Personal Care (3) Pesquisa (87) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (34) PIB (6) pirólise (3) Plano Safra (1) Plant Based (28) Plant-Based (2) Política (87) Política Ambiental (4) Políticas (1) políticas públicas (2) Preços (72) Preservação Ambiental (55) Produção Agrícola (10) Produção Animal (9) Produção Integrada (2) Produção Sustentável (73) Produção vegetal (13) Produtividade (60) Produtos (150) Proteção Ambiental (16) proteína vegetal (28) Qualidade (3) Qualidade do Ar (4) químicos verdes (1) reciclagem (2) Recuperação Ambiental (7) Recuperação de área Degradada (48) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (35) regulamentação (3) Relatório (17) renewable energy (19) RenovaBio (75) Report (2) Research and Development (12) Resíduos (18) Sabão (1) SAF (8) Safra (4) Saúde e Bem-Estar (135) science and technology (48) Sebo (5) Segurança Alimentar (166) Segurança Energética (15) Selo Social (13) sementes (6) silvicultura (3) Sistema Agroflorestal (41) Sistemas Integrados (24) Sociobiodiersidade (8) Soil (9) Soja (94) Solos (57) Sustainability (59) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (673) Tecnologia (63) Tempo (2) Títulos verdes (3) Transportes (5) Turismo Sustentável (7) Unica (1) Vídeo (271) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página