Buscar

Colômbia aproveita onda de sustentabilidade com títulos verdes

terça-feira, janeiro 19, 2021




A Colômbia planeja aproveitar a expansão do investimento com consciência social com a oferta dos primeiros títulos verdes do país.

O governo vai emitir até 2 trilhões de pesos (US$ 575 milhões) desses títulos em leilões mensais no segundo semestre, e continuará as vendas depois disso, disse César Arias, diretor de Crédito Público do Ministério da Fazenda.

Os títulos em peso financiarão a geração de energia renovável, frotas de veículos com baixo consumo de combustível e projetos de combate ao desmatamento, disse Arias em entrevista na quinta-feira. O vencimento dos títulos deve ser de 20 anos.

As emissões marcam a incursão da Colômbia em dívidas ambientais, sociais e de governança, ou ESG na sigla em inglês, que são cada vez mais procuradas por investidores e emissores.

Globalmente, empresas e governos venderam no ano passado um recorde de US$ 732 bilhões em títulos e empréstimos para projetos sociais e ambientais, de acordo com dados compilados pela BloombergNEF.

“A Colômbia priorizou o mercado local para o desenvolvimento de sua estratégia de emissão de títulos verdes, que é um pouco diferente da abordagem adotada por alguns outros soberanos em mercados emergentes”, disse.

Ainda assim, muitos dos compradores do mercado doméstico são investidores estrangeiros, acrescentou. O Ministério da Fazenda também prepara a emissão de um título social até 2022.

A Colômbia contratou uma empresa externa para revisar o processo e oferecer garantias aos investidores de que os recursos da dívida irão para projetos que atendem aos padrões ESG.

Em alguns casos, governos venderam grandes volumes de títulos ESG, mas tiveram dificuldade em encontrar projetos com suficiente monitoramento para gastar os recursos.

A Colômbia decidiu estabelecer metas modestas e emitir mais gradualmente para evitar esse problema, explicou.


Ano ativo

As vendas dos chamados TES verdes, como serão chamados localmente, farão parte de um ano ativo de emissões de dívida para a Colômbia, depois que a economia enfrentou a mais forte recessão de sua história em 2020.

Como operadores apostam em inflação mais acelerada nos EUA, o governo tenta fixar custos com juros baixos caso as taxas continuem subindo.

A Colômbia vendeu notas de 40 anos nesta semana, seu título em dólar com vencimento mais longo até agora.

O país planeja estruturar um novo título denominado em pesos com vencimento 25 anos, que será emitido no primeiro trimestre, disse Arias.

As emissões em moeda local devem aumentar para até 70% das vendas totais neste ano em relação a cerca de 50% no ano passado, disse.

O Ministério da Fazenda planeja buscar mais trocas de dívida com o mercado doméstico neste ano, acrescentou. A maior parte dos 16 trilhões de pesos dessas trocas no ano passado foi realizada com outras entidades do governo


Fonte: Money Times

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (31) Acrocomia aculeata (67) Agricultura (246) Agricultura 4.0 (5) agriculture (1) Agroenergia (126) Agroindústria (25) Agronegócio (215) Agropecuária (50) Água (19) Àgua (1) Alimentação Saudável (11) Alimentos (356) Amazônia (66) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (80) Arte (1) Artigo (44) Aspectos Gerais (177) Aviação (32) Aviation fuel (5) Aviation market (21) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (2) Biochemistry (5) Biocombustíveis (420) Biodefensivos (3) Biodiesel (318) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (9) Bioeconomia (106) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (25) Bioenergia (198) Biofertilizantes (10) Biofuels (103) Bioinsumos (11) Biomass (7) Biomassa (88) Biomateriais (6) bioplásticos (1) Biopolímeros (15) Bioproducts (2) Bioprodutos (21) Bioquerosene (43) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (82) BNDES (2) Bolsa de Valores (27) Brasil (46) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (27) CAR (3) Carbonatação (1) Carbono Neutro (5) Carbono Zero (17) Carvão Ativado (9) carvão vegetal (2) CBios (67) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (13) Cerrado (21) Chuvas (4) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (377) Clima e ambiente (274) Clima e ambiente Preços (1) climate changed (59) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (98) Combustíveis Fósseis (40) Comércio (45) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (6) Copolímeros (2) Cosméticos (39) Crédito de Carbono (42) Crédito Rural (14) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (1) Curso (7) Dados (1) Davos (4) Dendê (4) Desafios (3) Descarbonização (1) Desenvolvimento Sustentável (175) Desmatamento (4) Diesel (19) Diesel Verde (22) eco-friendly (5) Economia (88) Economia Circular (11) Economia Internacional (113) Economia Sustentável (4) Economia Verde (173) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (18) Eficiência energética (52) Embrapa (2) Emissões de Carbono (53) Empreendedorismo (8) Empresas (135) Energia (95) energia limpa (10) Energia Renovável (252) Energia Solar Fotovoltaica (21) ESG (18) Estudo (2) Etanol (79) Europa (1) event (11) Eventos (148) Exportações (89) Extrativismo (61) FAO (6) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (5) Floresta (24) Floresta plantada (113) Fomento (38) Food (42) food security (8) forest (1) Fruticultura (7) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (3) Glicerina (2) Global warming (113) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (3) História (1) IBP (1) ILPF (4) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (160) Instituição (1) Insumos (3) Investimento (6) IPCC (14) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (10) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (52) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (583) Madeira (18) Mamona (1) Manejo e Conservação (104) MAPA (30) Máquinas e equipamentos (1) Mata Atlântica (4) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (1) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (276) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4100) Mercado de Combustíveis (66) Mercado Financeiro (12) Mercado florestal (72) Mercado Internacional (44) Metas (4) Micotoxinas (1) Milho (16) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (44) Mudanças Climáticas (35) mudas (2) Mundo (139) Nações Unidas (4) Negócios (8) net-zero (33) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (51) Oleaginosas (98) Oleochemicals (10) Óleos (250) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (19) OMC (2) ONGs (1) ONU (15) Oportunidade (5) Oportunidades (7) other (1) Palm (1) Palma (28) palmeiras (3) Paris Agreement (93) Pecuária (88) Pegada de Carbono (102) Personal Care (3) Pesquisa (76) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (32) PIB (5) pirólise (3) Plano Safra (1) Plant Based (27) Política (81) Política Ambiental (2) políticas públicas (1) Preços (62) Preservação Ambiental (45) Produção Animal (7) Produção Integrada (1) Produção Sustentável (60) Produção vegetal (10) Produtividade (49) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) químicos verdes (1) Recuperação Ambiental (4) Recuperação de área Degradada (45) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (24) regulamentação (2) Relatório (14) renewable energy (19) RenovaBio (71) Report (2) Research and Development (11) Resíduos (14) Sabão (1) SAF (6) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (123) science and technology (47) Sebo (5) Segurança Alimentar (138) Segurança Energética (13) Selo Social (11) sementes (2) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (38) Sistemas Integrados (24) Sociobiodiersidade (5) Soil (9) Soja (74) Solos (50) Sustainability (58) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (626) Tecnologia (48) Tempo (1) Títulos verdes (2) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (257) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página