Buscar

Amazônia e Cerrado receberão R$ 2 milhões para projetos da bioeconomia

quinta-feira, dezembro 03, 2020



Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo, anunciou uma nova parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para promover a estruturação, o fortalecimento e o aprimoramento das cadeias produtivas do açaí, cupuaçu, castanha-do-Brasil, piaçava, mandioca, mel de abelhas nativas, baunilhas brasileiras e sistemas agroflorestais biodiversos nos biomas Amazônia e Cerrado. Além disso, por meio do desenvolvimento de inovações, a iniciativa buscará potencializar o acesso dessas cadeias aos mercados. Mais de R$ 2 milhões foram assegurados pelo Mapa para a execução das atividades que integram o programa federal Bioeconomia Brasil - Sociobiodiversidade.

De acordo com o cronograma de ações da parceria, entre novembro de 2020 e dezembro de 2022 serão feitas pesquisas e estudos referentes às cadeias atendidas, além de oficinas, seminários, encontros para intercâmbio de experiências, dias de campo sobre tecnologia de produção e atividades voltadas para a instalação de Unidades de Referência Tecnológica (URTs), construção de viveiros de mudas, desenvolvimento de softwares, elaboração de vídeos e cartilhas de boas práticas.

Os projetos atuarão para aprimorar as práticas desempenhadas nos sistemas e cadeias produtivas da sociobiodiversidade e extrativistas, na geração e no aprimoramento de negócios sustentáveis e também na viabilização a adequação às legislações e normas sanitárias vigentes.

“A bioeconomia é um tema extremamente importante, pois faz o país avançar no desenvolvimento da agricultura lado a lado com a sustentabilidade. Ao mesmo tempo que os recursos naturais são aproveitados de forma sustentável, possibilitando que os agricultores e pessoas que vivem desses recursos da natureza ganhem o seu sustento, o meio ambiente é preservado. É a profissionalização das cadeias do extrativismo, beneficiando agricultores familiares, ribeirinhos e povos tradicionais”, destaca o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke.


Quatro metas principais

A parceria entre Mapa e Embrapa possui quatro metas principais. A primeira é apoiar a estruturação de empreendimentos da agricultura familiar inseridos em cadeias produtivas da sociobiodiversidade. Para isso, serão promovidas atividades com a finalidade de facilitar o acesso dos extrativistas e agricultores familiares aos conhecimentos e tecnologias desenvolvidos pela Embrapa, por meio de ações variadas como capacitações, instalação de Unidades de Aprendizagem (UA) e eventos.

Outra meta é a promoção de pesquisas para subsidiar essas ações de fortalecimento e estruturação. Assim, serão feitos estudos referentes às cadeias produtivas atendidas nos projetos, resultando na elaboração de laudos técnicos, relatórios, publicações, cartilhas, manuais, documentos orientadores, protocolos e mapas, como também na formação de bancos de dados e de germoplasma.

A inovação é o foco da terceira meta dessa iniciativa. Por isso, serão executadas atividades voltadas para a busca de soluções tecnológicas para as cadeias do extrativismo e da sociobiodiversidade visando a estruturação de algumas cadeias, buscando aprimorar o sistema produtivo e o acesso aos mercados.

A quarta meta traçada envolve o monitoramento e a gestão administrativa financeira dos projetos, que serão desempenhados pela área de Inclusão Tecnológica da Secretaria de Inovação e Negócios da Embrapa.


Bioeconomia Brasil

O programa Bioeconomia Brasil – Sociobiodiversidade, lançado no ano passado pelo Mapa e instituído pela Portaria nº 121/2019, tem por objetivo geral ampliar a participação dos pequenos agricultores, agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais e os respectivos empreendimentos nos arranjos produtivos e econômicos que envolvam o conceito da bioeconomia.

O programa promove a articulação de parcerias, visando a promoção e estruturação de sistemas produtivos baseados no uso sustentável dos recursos da sociobiodiversidade e do extrativismo, além da produção e utilização de energia a partir de fontes renováveis, sempre com o foco na geração de renda e melhoria da qualidade de vida dos participantes.


Fonte: Governo do Brasil

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (30) Acrocomia aculeata (61) Agricultura (164) Agroenergia (121) Agroindústria (23) Agronegócio (152) Agropecuária (43) Água (12) Àgua (1) Alimentação Saudável (1) Alimentos (332) Amazônia (40) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (71) Arte (1) Artigo (36) Aspectos Gerais (177) Aviação (31) Aviation market (19) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (397) Biodiesel (291) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (5) Bioeconomia (81) Bioeletricidade (25) Bioenergia (182) Biofertilizantes (7) Biofuels (102) Bioinsumos (7) Biomass (7) Biomassa (86) Biomateriais (6) Biopolímeros (10) Bioproducts (2) Bioprodutos (20) Bioquerosene (41) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (75) Bolsa de Valores (23) Brasil (18) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (18) CAR (1) Carbonatação (1) Carbono Zero (14) Carvão Ativado (7) carvão vegetal (1) CBios (54) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (10) Cerrado (17) Chuvas (3) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (328) Clima e ambiente (255) climate changed (51) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (86) Combustíveis Fósseis (30) Comércio (33) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (35) Crédito de Carbono (39) Crédito Rural (6) Créditos de Descarbonização (24) Culinária (1) Cultivo (120) Curso (4) Dados (1) Davos (3) Dendê (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (148) Desmatamento (1) Diesel (15) Diesel Verde (16) eco-friendly (5) Economia (71) Economia Circular (9) Economia Internacional (109) Economia Sustentável (2) Economia Verde (170) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (18) Eficiência energética (47) Emissões de Carbono (25) Empreendedorismo (6) Empresas (63) Energia (87) energia limpa (2) Energia Renovável (245) Energia Solar Fotovoltaica (20) Etanol (73) Europa (1) event (11) Eventos (136) Exportações (79) Extrativismo (56) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (17) Floresta plantada (104) Fomento (21) Food (42) food security (7) forest (1) Fruticultura (1) Fuels (27) Gás (3) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (109) Green Economy (126) health (22) IBP (1) Incentivos (4) India (1) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (116) Instituição (1) Insumos (1) Investimento (4) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (48) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (574) Madeira (14) Mamona (1) Manejo e Conservação (99) MAPA (18) Matéria Prima (1) Matéria-Prima (1) matérias-primas (3) Meio Ambiente (222) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4050) Mercado de Combustíveis (63) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (69) Mercado Internacional (40) Metas (2) Milho (13) MME (35) Mudanças Climáticas (30) Mundo (74) Nações Unidas (1) net-zero (15) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (90) Oleochemicals (10) Óleos (248) Óleos Essenciais (5) Óleos Vegetais (7) ONGs (1) ONU (12) Oportunidade (3) Oportunidades (3) other (1) Palma (23) Paris Agreement (90) Pecuária (80) Pegada de Carbono (91) Personal Care (3) Pesquisa (51) Pessoas (1) Petrobras (9) Petróleo (26) PIB (3) pirólise (3) Plant Based (23) Política (79) Preços (36) Preservação Ambiental (31) Produção Animal (7) Produção Sustentável (48) Produção vegetal (4) Produtividade (40) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) Recuperação Ambiental (3) Recuperação de área Degradada (43) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (9) regulamentação (1) Relatório (11) renewable energy (19) RenovaBio (60) Report (1) Research and Development (10) Resíduos (10) SAF (4) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (107) science and technology (46) Sebo (5) Segurança Alimentar (111) Segurança Energética (13) Selo Social (10) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (27) Sistemas Integrados (14) Sociobiodiersidade (1) Soil (9) Soja (62) Solos (38) Sustainability (56) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (558) Tecnologia (39) Tempo (1) Títulos verdes (1) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (241) World (2) World Economy (78) Zero-Carbon (1)

Total de visualizações de página