Buscar

"Polinização pode ser bioinsumo"

segunda-feira, agosto 10, 2020

Abelhas e flores silvestres voltam aos canteiros da Inglaterra ...

No Brasil, estima-se que há mais de 300 espécies de abelhas nativas. Alem de produzir mel os insetos têm extrema importância para a agricultura. Cerca de 70% dos cultivo dependem das abelhas para polinização e, consequente, produtividade. O assunto foi debatido em uma live com o tema Mulheres no Agronegócio Sustentável através do Processo de Polinização com Abelhas, promovido pela Associação Brasileira de Exportadores de Mel (Abemel) e que contou com a presença da Ministra da Agricultura Tereza Cristina, nesta última quinta-feira (6).


O papel dos polinizadores na agricultura


Segundo o Relatório Temático sobre Polinização, Polinizadores e Produção de Alimentos no Brasil, a intervenção de polinizadores em cultivos de café favorece um aumento de 30% no rendimento desse cultivo. As abelhas são o grupo de polinizadores mais abundante na agricultura, pois visitam mais de 90% dos 107 principais cultivos agrícolas já estudados no mundo.


Os dados também estimaram que o valor econômico dos polinizadores para a agricultura é de R$ 43 bilhões. O número leva em conta os gastos que os produtores teriam caso não houvesse a polinização natural. A soja responde por 60% do valor estimado, seguida pelo café (12%), laranja (5%) e maçã (4%).  


Bioinsumo


A ministra Tereza Cristina destacou que o Brasil tem grande potencial quando o assunto é polinização e precisa trabalhar mais essa questão. “Poderíamos ter uma atuação muito mais efetiva e maior nesse setor. A polinização ser usada como bioinsumo é uma coisa nova temos um espaço enorme para trabalhar mais esse assunto”, disse.


Ela acredita que a polinização pode entrar como um bioinsumo, incentivado pelo Programa Nacional de Bioinsumos, lançado em maio. A mesma opinião foi compartilhada pela presidente da Abemel, Andressa Berretta que acredita que a profissionalização do setor impulsiona não só o mel mas também o uso de polinizadores, colocando o país como exemplo. “As abelhas podem ser essenciais como políticas públicas para ajudar a criar a consciência de como podemos evitar a geração de carbono para o ambiente, o consumo de água só usando as abelhas como insumo para aumentar a produção”, destaca.


No aspecto produtividade das culturas o café vem mostrando bons resultados. Dados da Startup Agrobee referentes à safra 2019/2020 mostraram um aumento médio de 20% na cultura de café que teve a polinização assistida e inteligente promovida pela empresa.  A Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) destaca que o uso de polinizadores no café possibilitou economia no uso de outros recursos e agregando valor aos produtos. 


Os primeiros testes com polinizadores no café começaram em 2017 e os resultados mostraram pelo menos 8 sacas a mais por hectare. Os testes sensoriais preliminares também vem apresentando bons resultados, especialmente no teor de açúcares. Os resultados finais devem sair ao término da colheita.


“Não é só aumento de produtividade mas a diminuição do uso de recursos naturais que mostra extrema sustentabilidade e o  nível de alimentos que entregamos para o mundo sem necessariamente aumentar as áreas que precisamos para fazer isso. Os produtores já estão animados em se engajar nesse processo a partir da próxima florada, em setembro” ressaltou a diretora-executiva da BSCA, Vanusia Nogueira.


A ministra ainda comentou sobre o Selo Arte para produtos artesanais provenientes da apicultura e meliponicultura (mel, própolis ecera), que deve ser regulamentado em breve pelo Mapa. O selo permite que os produtos artesanais de origem animal sejam comercializados em todo o território nacional.


Fonte: Portal Agrolink


 

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (29) Acrocomia aculeata (56) Agricultura (141) Agroenergia (121) Agroindústria (23) Agronegócio (140) Agropecuária (41) Água (10) Àgua (1) Alimentos (318) Amazônia (32) animal nutition (1) ANP (67) Arte (1) Artigo (32) Aspectos Gerais (177) Aviação (31) Aviation market (18) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (386) Biodiesel (278) Biodiversidade (4) Bioeconomia (71) Bioeletricidade (25) Bioenergia (177) Biofertilizantes (7) Biofuels (102) Bioinsumos (6) Biomass (7) Biomassa (86) Biomateriais (6) Biopolímeros (9) Bioproducts (2) Bioprodutos (20) Bioquerosene (39) Biorrefinaria (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (74) Bolsa de Valores (22) Brasil (14) Brazil (28) Cadeia Produtiva (14) Capacitação (12) Carbonatação (1) Carbono Zero (13) Carvão Ativado (7) CBios (50) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (10) Cerrado (14) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (315) Clima e ambiente (245) climate changed (47) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (84) Combustíveis Fósseis (28) Comércio (24) Consciência Ecológica (23) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (33) Crédito de Carbono (39) Crédito Rural (4) Créditos de Descarbonização (24) Culinária (1) Cultivo (120) Curso (4) Dados (1) Davos (3) Dendê (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (140) Desmatamento (1) Diesel (13) Diesel Verde (14) eco-friendly (4) Economia (69) Economia Circular (7) Economia Internacional (109) Economia Sustentável (1) Economia Verde (170) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (16) Eficiência energética (44) Emissões de Carbono (15) Empreendedorismo (5) Empresas (48) Energia (83) Energia Renovável (241) Energia Solar Fotovoltaica (19) Etanol (71) Europa (1) event (11) Eventos (132) Exportações (75) Extrativismo (52) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (13) Floresta plantada (103) Fomento (15) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (27) Gás (3) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (105) Green Economy (126) health (22) IBP (1) Incentivos (4) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (100) Instituição (1) Investimento (3) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (47) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (565) Madeira (14) Mamona (1) Manejo e Conservação (97) MAPA (16) Matéria Prima (1) Matéria-Prima (1) matérias-primas (2) Meio Ambiente (209) Melhoramento e Diversidade Genética (69) Mercado (4031) Mercado de Combustíveis (59) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (69) Mercado Internacional (38) Metas (2) Milho (13) MME (30) Mudanças Climáticas (26) Mundo (53) Nações Unidas (1) net-zero (12) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (82) Oleochemicals (8) Óleos (247) Óleos Essenciais (4) Óleos Vegetais (2) ONGs (1) ONU (10) Oportunidade (2) Oportunidades (2) other (1) Palma (20) Paris Agreement (90) Pecuária (79) Pegada de Carbono (85) Personal Care (3) Pesquisa (49) Petrobras (9) Petróleo (25) PIB (3) pirólise (3) Plant Based (21) Política (77) Preços (31) Preservação Ambiental (28) Produção Animal (7) Produção Sustentável (40) Produção vegetal (3) Produtividade (39) Produtos (150) Proteção Ambiental (10) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) Recuperação de área Degradada (43) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (4) Relatório (11) renewable energy (19) RenovaBio (56) Report (1) Research and Development (10) Resíduos (6) SAF (3) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (98) science and technology (46) Sebo (5) Segurança Alimentar (103) Segurança Energética (12) Selo Social (5) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (24) Sistemas Integrados (13) Sociobiodiersidade (1) Soil (9) Soja (61) Solos (36) Sustainability (54) Sustainable Energy (67) Sustentabilidade (542) Tecnologia (36) Transportes (5) Turismo Sustentável (5) Unica (1) Vídeo (237) World (1) World Economy (78) Zero-Carbon (1)

Total de visualizações de página