Buscar

Leilão de biodiesel corrigiu defasagem de estoques e condução do governo foi equilibrada, afirma Ubrabio

terça-feira, agosto 25, 2020

B12: Mistura de 12% de biodiesel começa a valer a partir de ...

A etapa 3 do 75° Leilão de Biodiesel (L75) promovido pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) chega nesta terça-feira (25/08) a seu quarto dia de negociações. Todo o volume disponibilizado pelos produtores com Selo Combustível Social – 1.166.420m³ – já foi comercializado, mas o processo de recompra realizado pelas distribuidoras para acomodações logísticas vem prolongando a duração do certame e elevando o preço médio do produto que, às 12h30 desta terça, já havia alcançado R$ 4.625,62/m³.

Vale lembrar que ainda resta biodiesel a ser comercializado na etapa que acomoda os produtores sem o Selo Combustível Social.

“O volume comprado corrigiu uma defasagem de estoques zerados, pelo insucesso dos últimos leilões de estoque. O B10 corresponderia a 1.100.000 m³ para o abastecimento do mercado em setembro e outubro”, explica o presidente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Juan Diego Ferrés.

Cabe destacar também que existe uma sazonalidade, porquanto a previsão para o último bimestre estima-se menor. Neste sentido, a Ubrabio está analisando cuidadosamente uma proposta para o próximo leilão (L76), visando o equilíbrio entre a demanda adequada e a oferta compatível para que seja alcançado o preço justo que todos desejamos.

A Ubrabio, cujos associados foram responsáveis por cerca de 42% do volume ofertado no L75, ressalta que o certame foi conduzido de forma adequada e equilibrada pela ANP e o Ministério de Minas e Energia (MME), resolvendo definitivamente o impasse da interrupção do leilão anterior e a redução da mistura de B12 para B10, durante os meses de setembro e outubro.

“Acreditamos que o resultado obtido neste leilão responde a todos os questionamentos que foram levantados anteriormente, pelo respeito cuidadoso e solução acertada coordenada pelo ministro Bento Albuquerque (MME) e o secretário José Mauro Coelho (MME), contando com a inestimável contribuição da Diretoria Colegiada da ANP a quem coube identificar os principais entraves e aprovar as soluções cabíveis”, afirma o presidente da Ubrabio, Juan Diego Ferrés.

Fonte: Ubrabio

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (23) Acrocomia aculeata (48) Agricultura (102) Agroenergia (119) Agroindústria (20) Agronegócio (115) Agropecuária (34) Água (1) Àgua (1) Alimentos (284) Amazônia (19) animal nutition (1) ANP (64) Arte (1) Artigo (26) Aspectos Gerais (177) Aviação (30) Aviation market (16) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (378) Biodiesel (268) Bioeconomia (57) Bioeletricidade (25) Bioenergia (165) Biofertilizantes (4) Biofuels (102) Bioinsumos (1) Biomass (7) Biomassa (85) Biomateriais (5) Biopolímeros (7) Bioproducts (2) Bioprodutos (15) Bioquerosene (36) Biotechnology (34) Biotecnologia (63) Bolsa de Valores (22) Brasil (11) Brazil (28) Cadeia Produtiva (14) Capacitação (7) Carbonatação (1) Carbono Zero (4) Carvão Ativado (6) CBios (47) CCEE (1) Celulose (6) Cerrado (12) Ciência e Tecnologia (284) Clima e ambiente (242) climate changed (42) CNA (1) Cogeração de energia (29) Combustíveis (84) Combustíveis Fósseis (26) Comércio (15) Consciência Ecológica (20) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (27) Crédito de Carbono (38) Crédito Rural (2) Créditos de Descarbonização (22) Cultivo (113) Curso (3) Dados (1) Davos (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (118) Desmatamento (1) Diesel (13) Diesel Verde (13) eco-friendly (4) Economia (65) Economia Circular (6) Economia Internacional (109) Economia Verde (169) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (14) Eficiência energética (40) Empreendedorismo (3) Empresas (26) Energia (82) Energia Renovável (235) Energia Solar Fotovoltaica (16) Etanol (66) Europa (1) event (10) Eventos (113) Exportações (67) Extrativismo (49) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (1) Floresta plantada (97) Fomento (9) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (26) Gás (3) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (98) Green Economy (125) health (22) IBP (1) Incentivos (4) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (78) Instituição (1) Investimento (1) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (45) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (556) Madeira (11) Mamona (1) Manejo e Conservação (90) MAPA (10) Matéria Prima (1) Meio Ambiente (171) Melhoramento e Diversidade Genética (67) Mercado (4021) Mercado de Combustíveis (57) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (64) Mercado Internacional (36) Metas (2) Milho (13) MME (25) Mudanças Climáticas (16) Mundo (35) Nações Unidas (1) net-zero (2) Nutrição animal (17) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (81) Oleochemicals (8) Óleos (242) Óleos Essenciais (3) ONGs (1) ONU (7) Oportunidade (1) Oportunidades (1) other (1) Palma (16) Paris Agreement (85) Pecuária (73) Pegada de Carbono (77) Personal Care (3) Pesquisa (33) Petrobras (9) Petróleo (24) PIB (2) pirólise (3) Plant Based (15) Política (74) Preços (28) Preservação Ambiental (20) Produção Animal (6) Produção Sustentável (38) Produtividade (31) Produtos (150) Proteção Ambiental (6) proteína vegetal (28) Recuperação de área Degradada (41) Recuperação Econômica (3) Relatório (8) renewable energy (18) RenovaBio (50) Research and Development (10) Resíduos (3) SAF (3) Safra (1) Saúde e Bem-Estar (90) science and technology (46) Sebo (4) Segurança Alimentar (78) Segurança Energética (12) Selo Social (4) Sistema Agroflorestal (20) Sistemas Integrados (8) Soil (9) Soja (57) Solos (22) Sustainability (51) Sustainable Energy (66) Sustentabilidade (492) Tecnologia (24) Transportes (5) Turismo Sustentável (3) Unica (1) Vídeo (233) World Economy (76)

Total de visualizações de página