Buscar

Presidente da Embrapa defende parcerias com iniciativa privada e revela 5 apostas para 2020

quinta-feira, fevereiro 13, 2020


"No mundo privado, a palavra mudança é a tônica e, para nós do setor público, mudança causa arrepio.” Com essa frase, o novo presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Celso Moretti, diz a que veio: propor mudanças na estatal.
Agrônomo e doutor pela Universidade Federal de Viçosa, ele assumiu o compromisso de chefiar a Embrapa em janeiro deste ano. Entre suas incumbências está o corte de funcionários, além de estreitar laços internacionais e administrar R$ 3,7 bilhões.
Para 2020, há apostas estratégicas: edição genômica, agricultura digital, sistemas integrados, microbiomas e alimentos à base de proteína vegetal. Para tudo isso, ele conta com a iniciativa privada.
Globo Rural - Afinal, qual o orçamento da Embrapa para 2020?

Celso Moretti - Nós tivemos a aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA), em que os recursos destinados à Embrapa foram praticamente da mesma ordem de 2019, o que é algo em torno de R$ 3,7 bilhões. Nós assinamos, por ano, algo em torno de 200 a 250 contratos de parceria com empresas de todos os tamanhos, desde uma pequena companhia de sementes até uma das maiores  do mundo. Temos um portfólio grande de projetos com o setor privado, o que também nos garante recursos.

GR - Dos R$ 3,7 bilhões, quanto é destinado à pesquisa?

Moretti - É difícil a gente precisar o valor exato da pesquisa. Eu considero que os R$ 3,7 bilhões que são colocados anualmente na Embrapa são para financiar a pesquisa. Se eu falar ‘nós vamos aplicar mais ou menos entre R$ 200 milhões e R$ 250 milhões por ano’, não dá 10% do orçamento, isso é porque não estou considerando o salário dos pesquisadores, dos analistas, dos técnicos, dos assistentes... Então, na verdade, não é o número verdadeiro. Eu acho que estou sendo mais justo com todos aqueles que contribuem quando falo que estamos aplicando por ano os R$ 3,7 bilhões.

GR - E quanto dos recursos virá via títulos do Tesouro?

Moretti - Em função da regra de ouro do Orçamento, você só pode comprometer até um determinado percentual do seu orçamento com pagamento de pessoal e outras obrigações. O governo federal não poderia colocar o recurso que estava portando acima de um determinado limite, então 55% vêm do Tesouro e os outros 45% vêm da emissão de títulos. Tudo é orçamento federal. É só uma forma diferente de aportar recursos. Nós vamos trabalhar para que cada vez mais o setor privado possa contribuir com recursos. E tem várias ideias. Os americanos fazem muito isso com os chamados checkoffs, em que uma pequena percentagem de uma saca de soja vai para um fundo, gerido pelos produtores, geralmente com a participação de alguém da pesquisa e alguém da universidade. Os produtores de soja de Illinois, no norte dos Estados Unidos, têm a Illinois Soybeans Association (ISA). E, aqui no Brasil, a gente precisa pensar mais nesse modelo.

GR - No Brasil existe algum modelo semelhante a esse?

Moretti - Nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, tem um fundo chamado Funcema (Fundo Nacional de Controle da Vespa-da-Madeira). São 100 empresas que trabalham com eucalipto e pínus e colocam uma percentagem da produção delas por hectare num fundo. O Brasil, ano passado, produziu 34 bilhões de litros de leite. Imagina fazer uma desoneração de 1 centavo por litro de leite; são R$ 340 milhões. Se um centavo é muito, então um terço de centavo, e a gente teria R$ 110 milhões. Com isso, a gente financia quatro ou cinco anos de pesquisa para a cadeia produtiva do leite. A gente resolve o problema de mastite, brucelose, tuberculose, quem sabe até o carrapato. Desse recurso, não vem um centavo para a Embrapa. O que a gente está propondo é que esse fundo seja criado e gerido pelos próprios produtores, com a participação de um pesquisador da Embrapa e um da universidade, e eles lancem editais uma vez ou duas vezes por ano para resolver problemas. Eu conversei sobre isso com a ministra (Tereza Cristina, da Agricultura), ela achou uma ideia interessante, e a gente precisa avançar.


GR - Do orçamento da Embrapa, 85% são destinados aos salários. Isso se mantém?

Moretti -
 Esse valor era próximo dos 85% antes de começarmos o Programa de Demissão Incentivada (PDI). Nós desligaremos 1.300 pessoas aproximadamente até junho. Temos autorização do Ministério da Economia para repor até 75% do quadro de pessoas que sairão. Então, no segundo semestre, a gente vai ter um número mais real em relação aos que saírem e quanto aqueles que ficaram estão impactando na folha de pagamento da Embrapa.

GR - Essa reposição prevista está garantida?

Moretti - Nós temos a autorização (para realizar concurso), mas isso não quer dizer que faremos este ano, provavelmente não. Isso será negociado, primeiramente, com o Ministério da Agricultura e, depois, com o Ministério da Economia.

GR - E quanto à política de remuneração?

Moretti - 
Nosso plano de carreiras da Embrapa teve melhorias significativas ao longo dos tempos. Existe uma competição na busca por bons cérebros. Então, em vários momentos, nossos pesquisadores são assediados para sair da Embrapa e ir para o setor privado ou para fora do país. Eu acho que hoje os profissionais da Embrapa são bem pagos, é um salário digno, competitivo, e o que a gente tem feito é cobrá-los para fazer jus ao pagamento que recebem e fixá-los no país.

GR - Até onde a Embrapa vai sozinha e em qual momento começa o trabalho das instituições privadas?

Moretti -
 Na década de 1990, quando a gente não tinha a Lei de Proteção de Cultivares e a Lei de Propriedade Intelectual, as grandes empresas multinacionais que trabalham mundo afora com genética não faziam grandes apostas no mercado brasileiro porque não tinham segurança de que aqueles investimentos teriam retorno. Aí, na década de 1990, com as leis, o capital privado se sentiu mais seguro de fazer investimentos mais pesados, e a Embrapa foi saindo e passando a quem de direito. Na minha visão, não cabe ao Estado produzir semente, empacotar, colocar num saquinho e depois na gôndola do mercado. O setor privado é que realmente deve, inclusive arriscar, gerar renda, gerar emprego e pagar impostos, que depois são reinvestidos na pesquisa. O papel do Estado é fazer pesquisa, gerar conhecimento, estabelecer parcerias com o setor privado e, na hora em que o setor privado assumir algo para tocar em frente, vamos cuidar de outra coisa.

GR - Trabalhar com empresas privadas não significa privatizar, correto?

Moretti - De forma alguma. Tenho convicção de que a empresa não deva ser privatizada, mas isso não impede que atuemos de forma agressiva no mercado, nas parcerias, na captação de recursos, na monetização de nossos ativos e na captura de valor.

GR - Quais são as apostas da Embrapa para 2020?

Moretti - Nós estamos fazendo quatro ou cinco apostas para 2020. A primeira é edição genômica, ver como essas tesouras genéticas vão nos ajudar a obter produtos melhores, mais competitivos, eficientes e resistentes a pragas e doenças. A segunda é a questão da agricultura digital. Eu vejo que os sistemas integrados vão continuar tendo um papel importante, de intensificação sustentável, como a ILPF. Outro assunto são os microbiomas e os alimentos à base de proteína vegetal, isso é algo que ainda vai fazer um barulho enorme até 2030. Hoje, nós já temos uma parceria com uma empresa de Niterói, que está fazendo hambúrguer à base de fibra de caju. O Brasil produz 60 mil toneladas de fibra de caju por ano. A biologia de precisão, a fermentação de precisão, isso em cinco anos vai ter avançado drasticamente e vai ser extremamente disruptivo.

GR - Como você enxerga esse mercado de proteína vegetal?

Moretti - Existe uma demanda do consumidor, mas, como  ele é muito ocupado, às vezes não tem tempo de pensar o que quer. Então você tem de ir lá e oferecer. Obviamente, a gente atende à demanda, mas tem outras vezes que a gente trabalha na fronteira do conhecimento, e vai colocar a tecnologia à disposição. Por isso a importância de ter pessoas pensando o futuro, imaginando o que pode vir.


Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (27) ABC Plan (1) abiotic stresses (1) Abiove (10) ácaros (1) acerola (2) acordo (1) Acordo Internacional (43) Acrocomia aculeata (78) açucar (1) Adubação (2) adubação orgânica (1) adubos (2) Adubos organominerais (1) Africa (4) agribusiness (48) Agricultura (471) Agricultura 4.0 (17) agricultura digital (1) agricultura familiar (4) agricultura orgânica (5) agricultura sustentável (1) agricultural (2) agriculture (66) agrochemistry (1) Agroenergia (193) agroenergy (11) Agroindústria (65) agroindustry (2) Agronegócio (377) Agropecuária (82) agrotóxicos (1) Água (26) Àgua (1) air pollution (1) algodão (1) Alimentação Saudável (27) Alimentos (391) amazon (3) amazon monitoring (1) Amazônia (92) Ambiente (1) Ambition 2030 (1) amêndoas (1) amendoim (2) ANDA (1) animal breeding (2) animal health (2) animal nutition (1) animal production (7) ANP (116) antioxidants (1) anvisa (1) aplicação de insumos (1) APPs (3) Aprobio (1) aquaculture (3) aquecimento global (4) aquecimento golbal. (1) argentina (6) armazenamento (2) arroz (1) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (42) avian influenza (2) Aviation fuel (12) Aviation market (24) avicultura (1) Azeite (2) B10 (4) B12 (6) B13 (2) b14 (2) b15 (2) bacteria (1) bancos (1) banks (2) barley (1) based protein (1) Bebidas (3) beef (1) bees (2) Benefícios ambientais (1) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (564) Biodefensivos (13) Biodiesel (394) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (22) biodiversity (15) Bioeconomia (128) Bioeconomia Agronegócio (1) bioeconomy (1) Bioeletricidade (27) Bioenergia (217) bioenergy (3) bioetanol (1) bioethanol (2) Biofertilizantes (16) biofertilizers (2) Biofuels (138) biofuels market (10) biogas (2) Bioinsumos (27) Biologia do Solo (1) biological nitrogen fixation (1) Biomas (17) Biomass (7) Biomassa (93) Biomateriais (6) biomes (1) biometano (2) biopesticides (1) Bioplastic (1) bioplásticos (3) bioplastics (1) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (29) Bioquerosene (52) biorefinery (1) Biorrefinaria (4) Biorrenováveis (1) Biotechnology (37) Biotecnologia (90) BNDES (5) bolivia (1) Bolsa de Valores (41) boron (1) bovinocultura (1) Brahman (1) bran (1) Brasil (152) Brazil (61) breeding (2) Cacau (3) Cadeia Produtiva (24) café (4) calcium (1) Cambodia (1) cana-de-açucar (6) cana-de-açúcar (2) canada (3) Canadá (1) cannabis (1) canola (1) Capacitação (31) CAR (4) carbon credit (5) carbon dioxide (1) carbon emissions (6) carbon market (5) carbon sequestration (2) Carbonatação (1) Carbono (14) carbono negativo (1) Carbono Neutro (13) Carbono Zero (26) carne orgânica (1) carnes (3) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (8) cattle (1) CBios (78) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (19) central america (1) cereais de inverno (2) cereals (9) Cerrado (33) Certificação (1) certification (1) Chile (3) china (8) Chuvas (17) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (472) circular economy (3) cítricos (1) citros (4) Classificação (1) Clima e ambiente (330) Clima e ambiente Preços (2) climate and environment (17) climate change (38) climate changed (67) CNA (2) CNPE (3) coal (1) Código Florestal (5) Cogeração de energia (30) colheita (4) Colombia (2) Combustíveis (117) Combustíveis Fósseis (42) Combustíveis verde (6) comercialização (1) Comércio (49) commodity (6) comodities (1) complexo soja (1) Consciência Ecológica (28) conservação (1) conservação de alimentos (2) controlled fires (1) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (27) Copolímeros (2) coqueiro (1) corn (16) Cosméticos (40) cotton (3) covid-19 (1) Crédito de Carbono (64) Crédito Rural (21) Créditos de Descarbonização (30) crop 21/22 (1) crop 22/23 (1) crops (1) Culinária (1) Cultivo (122) cultivo de grãos (3) cultura energética (1) Culturas Perenes. Agricultura (6) Curso (14) Dados (1) dairy products (2) Davos (4) decarbonization (2) decarbonization credits (3) defensivos (2) deforestation (9) demandaXoferta (2) Dendê (5) derivados do leite (1) Desafios (3) Descarbonização (28) descarbonization (5) desenvolvimento econômico (3) desenvolvimento rural (2) Desenvolvimento Sustentável (242) desert (1) Desmatamento (30) Diesel (27) Diesel Verde (24) discovery (1) diseases (6) diversidade (2) Doenças Vegetais (6) domestic market (1) drones (4) droughts (1) eco-friendly (5) ecology (1) Economia (164) Economia Circular (17) Economia Internacional (153) Economia Sustentável (5) Economia Verde (185) Economy (49) ecossitemas (1) Ecosystem (9) Ecosystem services (1) Educação (1) education (1) Efeito estufa (24) Eficiência energética (56) egypt (1) eletric power (1) emater (3) Embrapa (64) Emissões de Carbono (70) Empreendedorismo (9) Empresas (170) Energia (108) energia eólica (1) energia limpa (26) Energia Renovável (274) Energia Solar Fotovoltaica (25) energy (3) energy crisis (2) energy security (4) energy transition (5) engenharia (1) entomologia (10) entomology (3) environment (31) environment issues (3) environment protection (2) environmental benefits (1) environmental conservation (5) environmental policies (10) enzimas (1) enzymes (1) erva-mate (1) ESG (32) espécies ameaçadas (1) espécies nativas (1) essential oils (1) estiagem (1) estresse hídrico (1) Estudo (5) Etanol (114) ethanol (8) etileno (1) EU (8) eucalipto (1) Europa (2) europe (4) event (11) Eventos (177) exploração de madeira (1) Exportações (130) exports (17) extensão (1) Extrativismo (64) factory (1) FAO (14) Farelos (53) farm (1) fatty acids (1) fauna (1) feijão (2) Fertilidade (16) fertility (1) fertilizantes (12) Fertilizers (26) Fibras (11) fibres (1) Finanças (5) Financiamento (2) fiscalização (1) fishing (1) fisiologia vegetal (1) fitopatologia (8) Fitossanidade (8) Fixação de Nitrogênio (2) flavored rice (1) flax (1) Floresta (55) Floresta plantada (123) floricultura (4) floriculture (2) Fomento (42) Food (47) food crisis (1) food production (1) food safety (5) food security (29) foreign market (2) forest (9) forest code (1) forest fires (3) forest restoration (1) forestry (1) Fosfato (3) fossil fuels (5) fotossíntese (2) fruit growing (4) Fruticultura (57) Fuels (28) full color (1) functional redundancy (1) G7 (2) gabrage (1) Gamificação (1) Gás (4) Gás natural (2) Gasolina (4) Gastronomia (1) gdp (1) GEE (46) genetic engineering (20) genetic improvement (3) Genome (1) geração de emprego (1) Germany (2) girassol (2) Glicerina (2) Global warming (140) GM (1) governance (2) grain (6) grãos (2) grape (1) green ammonia (1) green cement (1) green chemistry (1) green consumerism (1) Green Economy (131) green hydrogen (4) green steel (1) greenhouse gases (22) Guerra (3) Guerra RussiaxUcrânia (4) Harvest (3) health (27) herbicidas (1) híbridos (1) Hidrogênio Verde (7) História (1) horticultura (2) hybrid (1) hydrogen (3) IBP (1) ICMS (1) ILPF (15) iluminação (1) impacto ambiental (1) import (4) importação (7) impostos (6) incêndios (1) incêndios florestais (2) Incentivos (4) India (5) indigenous knowledge (1) indigenous lands (2) indíos (1) Indonesia (2) indústria (2) Industry (2) Industry 4.0 (2) inflação (1) inflation (1) innovation (10) Ìnovaç (1) Inovação (219) insects (1) inseticidas (1) insetos (2) inspections (1) Instituição (1) Insumos (40) integrated pest management (4) integrated systems (2) inteligência artificial (1) international economy (9) international trade (2) Investimento (13) Investimentos (3) IPC (1) IPCC (18) IPFL (1) Irrigação (2) irrigation (1) jabuticaba (1) JBS (1) kinetic energy (1) L72 (4) L73 (7) land use (4) LED's (1) Legislação (50) legislation (10) Leguminosas (2) leite (1) licenciamento ambiental (2) liga árabe (1) lignin (1) Lignina (9) livestock (17) livestock farming (1) logística (2) logistics (1) Low Impact Agriculture (1) Low-Carbon (63) Lubrificantes e Óleos (20) macarrão (1) Macaúba (611) Madeira (27) Malaysia (1) Mamona (1) management (4) mandioca (1) manegement (1) Manejo (35) Manejo e Conservação (137) manejo integrado de pragas (3) manejo sustentável (1) manure (1) MAPA (64) Máquinas e equipamentos (4) marine ecosystems (1) Market (4) Mata Atlântica (9) matéria orgânica (1) Matéria Prima (5) Matéria-Prima (4) matéria-prima renovável (1) Matéria-PrimaResíduos (2) matérias-primas (4) MCTI (2) meat (4) medicinal cannabis (1) Medida Provisória (1) Meio Ambiente (419) Melhoramento e Diversidade Genética (107) Mercado (4150) mercado de carbono (6) Mercado de Combustíveis (91) Mercado de fertilizantes (1) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (78) mercado global (1) Mercado Internacional (93) metano (1) Metas (5) methane (5) Micotoxinas (1) microbiology (1) micromobility (1) micronutrient (1) Milho (59) Minas Gerais (1) Minas Gerias (1) Mineração (2) mining (1) ministério da economia (2) mites (1) MMA (4) MME (64) monitoramento (1) Morocco (2) Mudanças Climáticas (111) mudas (4) Mundo (203) Nações Unidas (4) national production (1) natural disasters (1) natural gas (1) nature (5) natureza (3) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (46) neutral carbon (1) Neutralidade Tributária (2) new species (1) new zealand (1) nitrogen (4) nitrogenand (1) nitrogênio (1) novos produtos (1) Nutrição animal (19) Nutrição Mineral (7) nutrição vegetal (1) nutrition (15) nutritional quality (2) ocean heat (1) oceans (1) OECD (5) OGM (1) Oil (54) Oil Food (1) Oleaginosas (143) óleo de palma (4) óleo de soja (7) Oleochemicals (11) Óleos (255) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (39) oliva (1) Olivicultura (1) OMC (4) ONGs (1) ONU (30) Oportunidade (9) Oportunidades (9) organic agriculture (2) organic food (1) other (1) otimização (1) oxidative stability (1) Palm (2) palm oil (2) Palma (34) palmeiras (8) pampa (1) pantanal (3) papel e celulose (1) PARAGUAY (1) Paris Agreement (100) partnership (1) pastagens (1) Pasture Management (1) Pasture Recovery (1) pecan (1) Pecuária (138) pecuária sustentável (1) Pegada de Carbono (108) Personal Care (3) Peru (1) Pesquisa (140) Pessoas (2) pesticides (6) Petrobras (9) Petróleo (34) phosphates (4) phytoplankton (1) phytosanitary (1) PIB (14) pinhão-manso (2) pirólise (3) Piscicultura (1) pitaya (1) planejamento estratégico (1) Plano Safra (3) Plant Based (28) plant production (6) Plant-Based (4) plantas daninhas (1) pnpb (1) Política (101) Política Ambiental (37) política de preços de combustíveis (1) Políticas (1) políticas públicas (2) politics (4) pollination (1) polluting activities (1) pollution (4) pork (1) Portugal (1) pós-colheita (1) potassium (3) potato (2) poultry (1) pragas (9) Preços (85) Preservação Ambiental (69) prices (2) Produção Agrícola (56) Produção Animal (30) produção de alimentos (2) Produção Integrada (3) Produção Sustentável (82) Produção vegetal (50) production (1) productivity (12) Produtividade (143) Produtos (151) produtos florestais não madeireiros (2) Proteção Ambiental (21) proteção de nascentes (3) proteína animal (1) proteína vegetal (28) proteins (3) public health (6) Qualidade (14) qualidade da água (2) qualidade de vida (2) Qualidade do Ar (10) queimadas (1) químicos verdes (1) rapeseed (1) reciclagem (7) record (1) Recuperação Ambiental (8) Recuperação de área Degradada (53) Recuperação Econômica (3) Recycling (4) REDD+ (1) redução da poluição (3) Reflorestamento (37) reforestation (2) regulamentação (3) regulation (1) Relatório (17) renewable energy (36) renewable fuel (3) RenovaBio (98) renovaCalc (2) Report (2) research (5) Research and Development (21) Reservas Legais (2) Resíduos (23) resistence (3) Responsabilidade Social (1) rice (2) rotação de culturas (1) Russia (15) Rússia (1) Russia x Ukraine (21) Sabão (1) SAF (8) Safra (11) safra 21/22 (1) safrinha (1) Santa Catarina (1) Saúde e Bem-Estar (152) SBNs (1) science (4) science and technology (69) sea (1) sea levels (1) seaports (1) Sebo (5) seca (1) seeds (1) Segurança Alimentar (190) Segurança Energética (17) Selo Social (16) sementes (15) sequestro de carbono (5) sewage waste (1) silvicultura (4) Sistema Agroflorestal (47) Sistemas Integrados (33) social (1) social inequality (1) Sociobiodiersidade (9) Soil (10) soil biology (1) Soja (180) solar energy (1) solid waste (3) Solos (81) sorgo (1) south korea (1) southern Agricultural Council (1) soybean (1) soybean oil (2) soybeans (18) steam (1) storage (1) sugar (2) sugarcane (3) suinocultura (1) sunflower (5) sunflower oil (3) Sustainability (94) sustainable agriculture (2) Sustainable Development (9) Sustainable Energy (71) Sustentabilidade (755) swine (1) taxes (3) taxonomy (1) technology (6) Tecnologia (94) tecnologias digitais (1) Tempo (2) terras indígenas (2) Títulos verdes (3) transgenic (6) transgênicos (2) transição energética (8) Transportes (13) transports (9) trees (1) Trigo (9) tubers (1) Turismo Sustentável (7) turkey (1) ubrabio (5) Ucrânia (3) Ukraine (9) Unica (1) Unidades de Conservação (4) urea (1) uruguay (1) USA (18) USDA (3) uso do solo (1) vaccination (1) vaccine (1) vazio sanitário (1) vegetable nutrition (7) vegetable oils (8) versatilidade (1) Vídeo (276) viruses (1) War (15) waste (1) water (1) webinar (1) wheat (11) wine (1) World (53) World Economy (85) WTO (1) ZARC (2) zero tariff (2) Zero-Carbon (3) zoneamento agrícola (3) zoneamento climático (2) zoneamento territorial (1) zootecnia (1)

Total de visualizações de página