Buscar

EUA vendem óleo mais saudável de soja modificada

quarta-feira, março 06, 2019

Resultado de imagem para soja
Imagem ilustrativa

"Estamos orgulhosos de liderar o caminho para a próxima geração de alimentos mais saudáveis”


Uma empresa dos Estados Unidos começou a comercialização em suas lojas de um óleo de soja geneticamente modificada (OGM), que é considerado mais saudável. Esta primeira venda comercial de óleo Calyno é recomendada para a indústria de serviços de alimentos, para frituras e também para saladas. 

O óleo de Calyne contém aproximadamente 80% de ácido oleico e até 20% menos de ácidos graxos saturados em comparação ao óleo de soja comercial, bem como zero gramas de gordura trans por porção. Um dos benefícios potenciais interessantes para a sustentabilidade do óleo Calyno é que ele tem até três vezes a vida útil e um tempo de vida mais longo comparado aos óleos convencionais usados, fornecendo um produto mais sustentável. 

A Calyxt, empresa que comercializa o produto, afirma que, em seus esforços de sustentabilidade, também anuncia a venda de sua farinha de soja com alto teor de ácido oleico como ingrediente de alimentos premium, com benefícios adicionais para a pecuária. Desse modo, Jim Blome, CEO da Calyxt explica que essa atitude é o cumprimento de uma promessa antiga da empresa. 

"Ao longo dos últimos oito anos, nós permanecemos comprometidos com o povo americano, evoluindo nutrição alimentar e proteger o ambiente para fornecer ingredientes que abordam desafios de saúde relacionados à alimentação. Com este marco, a Calyxt cumpriu sua promessa e progrediu de uma plataforma de pesquisa e desenvolvimento para uma empresa de ingredientes alimentícios em larga escala. Estamos orgulhosos de liderar o caminho para a próxima geração de alimentos mais saudáveis”, diz ele. 

O óleo de Calyno é produzido nos Estados Unidos graças à associação da emergente empresa Calyxt com mais de 100 agricultores no Upper Midwest que cultivam mais de 13.700 hectares de soja com alto teor de ácido oleico. Após a avaliação da soja, a cultura recebeu os requisitos de qualidade de Calyxt para alto teor de ácido oleico e ausência de “transgenes” inseridos, desde a utilização de técnicas de edição genética. 

Fonte: Agrolink

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Acrocomia aculeata (2) Alimentos (186) animal nutition (1) Aspectos Gerais (164) Aviação (22) Aviation market (11) Biocombustíveis (154) Biodiesel (52) Bioeconomia (14) Bioeletricidade (2) Biofertilizantes (1) Biofuels (68) Biomass (7) Biomassa (47) Biopolímeros (3) Bioquerosene (18) Biotechnology (20) Biotecnologia (2) Brazil (17) Cerrado (1) Ciência e Tecnologia (157) Clima e ambiente (157) climate changed (6) Cogeração de energia (9) COP24 (73) COP25 (8) Cosméticos (18) Crédito de Carbono (25) Cultivo (96) eco-friendly (2) Economia Internacional (59) Economia Verde (145) Economy (25) Ecosystem (1) Efeito estufa (3) Energia (24) Energia Renovável (128) event (4) Eventos (63) Extrativismo (19) Farelos (27) farm (1) Fibras (8) Floresta plantada (55) Food (38) food security (1) Fuels (16) Global warming (75) Green Economy (95) health (19) Industry 4.0 (1) IPCC (13) livestock (4) Low-Carbon (39) Lubrificantes e Óleos (8) Macaúba (451) Manejo e Conservação (29) Meio Ambiente (67) Melhoramento e Diversidade Genética (52) Mercado (3797) Mercado florestal (40) Nutrição animal (14) nutrition (9) Oil (38) Óleos (200) other (1) Paris Agreement (45) Pecuária (50) Pegada de Carbono (37) pirólise (1) Plant Based (5) Política (41) Produtos (118) proteína vegetal (13) Recuperação de área Degradada (21) renewable energy (5) Research and Development (7) SAF (1) Saúde e Bem-Estar (54) science and technology (21) Segurança Alimentar (31) Soil (7) Solos (8) Sustainability (26) Sustainable Energy (51) Sustentabilidade (255) Vídeo (193) World Economy (56)

Total de visualizações de página