Buscar

A importância do frio para a agricultura que nunca te contaram

sexta-feira, outubro 05, 2018


A Importância do Frio para a Agricultura que Nunca te Contaram

“Brasil: terra onde se planta e tudo dá”. Ao elevar as características climáticas do sol e do calor do Brasil como propícias para a plantação de culturas, Pero Vaz de Caminha esqueceu de mencionar que o frio também é bastante importante para a agricultura.
No frio, uma série de culturas – não apenas as de inverno – passa por momentos cruciais da safra, e o desequilíbrio de temperaturas pode causar severos prejuízos ao produtor.
Saiba da importância do frio para a agricultura, em especial para os setores de culturas de inverno e fruticulturas. Confira!

Importância do frio para culturas de inverno

Para o correto desenvolvimento das culturas de inverno, como trigo, cevada e aveia, o frio é fundamental.
Entretanto, é importante ressaltar que tanto o frio como o calor precisam vir em “doses certas” para assegurar que as plantas tenham o máximo desempenho.
Como é impossível determinar se fará frio ou calor, o produtor fica de olho na meteorologia e planeja o seu plantio de acordo com as condições climáticas.

Frio e clima seco

As culturas mencionadas no parágrafo anterior tem uma produtividade ainda melhor se o frio vier acompanhado de muito sol e clima seco.
Parece contraditório, mas estas condições são as ideais para a planta que suporta o frio e ainda não precisa ter que lutar contra doenças causadas por fungos que se alastram no calor e na umidade, como ferrugem, oídio e manchas foliares.
Esse é um momento de crescimento da planta, em que o frio é esperado e seus efeitos são positivos durante o inverno.
Porém, se o frio vem em meados de setembro, sua interferência já é oposta: as culturas estão em fase reprodutiva e, assim, sua resistência às baixas temperaturas diminui consideravelmente.
Nesse momento, de formação de grãos, espigamento e floração, a presença do frio pode ser fatal para a planta e causar tremendos prejuízos.

Importância do frio para culturas frutíferas

Assim como as culturas de inverno, uma série de culturas frutíferas têm benefícios em sua produtividade com a correta ocorrência de frio nas regiões plantadas.
Neste caso, o frio é responsável por manter a planta frutífera em estado de dormência, um período muito importante para que a planta possa se preparar para dar frutos.
É durante a dormência que a planta irá brotar gemas de folhas e flores, responsáveis por contribuir no processo de fotossíntese e absorção de todos os nutrientes precisos para dar à planta a energia necessária à produção de frutos.
Se o calor vier antes do período previsto, ou em uma intensidade maior do que o desejado, é possível que as plantas despertam antes do tempo, gerando flores e folhas sem ainda estar completamente preparadas para produzir, comprometendo significativamente a produtividade da cultura frutífera.

Como lidar com o frio ou a sua ausência

Como dissemos, é impossível controlar as condições climáticas de um local.
Além disso, a cada ano vivenciamos uma média mais alta de temperaturas, forçando os produtores a se acostumar com um clima mais quente.
Como então o agricultor pode tratar de sua plantação de acordo com o frio ou a falta dele?
As culturas de trigo, soja e milho costumam apresentar boa resiliência a um certo limite de oscilações climáticas, suportando variações de temperatura sem que a planta morra.
Ainda assim, a fim de evitar efeitos negativos de um frio extremo ou da ausência dele, o ideal é que o agricultor se programe para realizar o plantio no melhor momento possível.
Até porque, uma vez na terra, a plantação, que ocupa grandes trechos de terra, estará sujeita aos efeitos das condições climáticas, e não há muito o que o produtor possa fazer em relação a isso.
A Importância do Frio para a Agricultura que Nunca te Contaram

Controle de podas

No caso das plantas frutíferas, uma das maneiras mais eficientes é adiantar ou retardar a poda dos ramos das árvores.
Com grandes oscilações de temperatura, a dica é adiar o máximo possível a realização das podas, pois manter os galhos compridos ajuda a impedir que a planta amadurece antes do tempo necessário.
Contudo, se o frio for muito intenso e estiver prejudicando o desenvolvimento das frutas, a poda é uma boa medida para adiantar o despertar da planta e, por sua vez, a produção frutífera.
O frio é importante e indispensável e precisa ser respeitado e considerado nos planejamentos.
E você tem alguma experiência que queira nos contar sobre o assunto? Deixe aqui embaixo nos comentários.
Fonte: AgroComunica

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página