Buscar

Batata modificada pode resgatar segurança alimentar da Ásia

quinta-feira, maio 31, 2018



A nova variedade é modificada para resistir a doença causada pelo fungo da requeima

Cientistas da Universidade de Minesota estão desenvolvendo um tipo de batata geneticamente modificada que pretende acabar com a insegurança alimentar de alguns países pouco desenvolvidos da Ásia. O projeto está sendo realizado em parceria com pesquisadores dos Estados Unidos, Indonésia e Bangladesh.

A nova variedade de batata é modificada para resistir e combater a doença causada pelo fungo da requeima, um patógeno que causou a crise da batata irlandesa no século XIX. Segundo Jim Bradeen, co-diretor do Centro Stakman-Borlaug da Universidade de Minesota e consultor científico do projeto, afirma que esse fungo ainda causa impactos negativos na produção da raiz, principalmente no país asiático de Bangladesh. "A ferrugem tardia é a principal limitação para a produção de batatas, e Bangladesh tem um ambiente perfeito para essa doença", comenta.


Os pesquisadores pretendem introduzir o produto no mercado dentro de seis meses e esperam que o projeto esteja finalizado até 2020, mas com possibilidade de retomá-lo mais adiante a fim estender o produto ao resto do mundo. Karen Hokanson, especialista de projeto do Departamento de Horticultura da Universidade de Minesota, explica que a região da Ásia é muito sensível a doenças e que isso acarreta num grande uso defensivos químicos, que podem causar fazer mal para a saúde da população. "Esta é uma oportunidade para criar uma maneira sustentável de controlar a requeima e a segurança alimentar", declara.

O estudo faz parte do projeto Alimetar o Futuro, da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional e é uma colaboração entre várias universidades, incluindo a Universidade de Minnesota e a Universidade de Idaho, juntamente com o Instituto de Pesquisa Agrícola de Bangladesh e a Michigan State University.

Fonte: AgroLink


Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Acrocomia aculeata (20) Alimentos (227) animal nutition (1) Aspectos Gerais (177) Aviação (27) Aviation market (13) Biocombustíveis (177) Biodiesel (76) Bioeconomia (15) Bioeletricidade (2) Biofertilizantes (1) Biofuels (88) Biomass (7) Biomassa (54) Biopolímeros (3) Bioquerosene (18) Biotechnology (21) Biotecnologia (2) Brazil (20) Cerrado (3) Ciência e Tecnologia (182) Clima e ambiente (190) climate changed (28) Cogeração de energia (9) COP24 (76) COP25 (16) Cosméticos (20) Crédito de Carbono (30) Cultivo (96) eco-friendly (2) Economia Internacional (62) Economia Verde (159) Economy (25) Ecosystem (1) Efeito estufa (7) Energia (28) Energia Renovável (158) event (6) Eventos (79) Extrativismo (20) Farelos (27) farm (1) Fibras (8) Floresta plantada (64) Food (41) food security (1) forest (1) Fuels (16) Global warming (79) Green Economy (123) health (22) Industry 4.0 (1) IPCC (14) livestock (4) Low-Carbon (40) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (515) Manejo e Conservação (44) Meio Ambiente (90) Melhoramento e Diversidade Genética (52) Mercado (3846) Mercado florestal (46) Nutrição animal (15) nutrition (9) Oil (44) Oleochemicals (1) Óleos (213) other (1) Paris Agreement (64) Pecuária (62) Pegada de Carbono (42) pirólise (1) Plant Based (7) Política (55) Produtos (149) proteína vegetal (25) Recuperação de área Degradada (25) renewable energy (10) Research and Development (7) SAF (1) Saúde e Bem-Estar (80) science and technology (26) Segurança Alimentar (37) Soil (7) Solos (8) Sustainability (39) Sustainable Energy (53) Sustentabilidade (305) Vídeo (193) World Economy (68)

Total de visualizações de página