Buscar

Mapa publica zoneamento agrícola de risco climático do café arábica

sexta-feira, dezembro 17, 2021


As portarias de Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), do Ministério da Agricultura (Mapa), para o cultivo do café arábica foram publicadas nesta quinta-feira (16), no Diário Oficial da União. Foram considerados os sistemas de produção de sequeiro e irrigado separadamente, sendo os requerimentos térmicos os mesmos para ambos os sistemas. O atendimento da demanda hídrica só é considerado no regime de sequeiro.

As Portarias indicam a delimitação das áreas de risco e definição dos períodos de baixo risco para a implantação da cultura do café arábica no Brasil, a partir do plantio de mudas. Os riscos analisados de agosto a dezembro, majoritariamente, foram aqueles associados às condições hídricas e térmicas prejudiciais ou impeditivas à sobrevivência das mudas recém plantadas ou ao seu crescimento e estabelecimento pleno nos meses seguintes, para uma boa formação do pomar.

O pesquisador da Embrapa Gustavo Costa Rodrigues, responsável pelo trabalho, afirma que o grande avanço em relação aos zoneamentos anteriores da cultura do café arábica foi a utilização de parâmetros do clima, do solo e da própria cultura integrados no sistema Micura, já largamente utilizado no Zarc em culturas anuais e perenes, o que possibilitou a análise de frequência do risco agroclimático ao invés do enfoque de aptidão utilizado anteriormente.

Os principais riscos climáticos considerados nesse novo zoneamento foram a deficiência hídrica, parametrizada através do índice de satisfação da necessidade de água nas diferentes fases fenológicas da cultura e o risco térmico, avaliado tanto pela ocorrência de altas temperaturas na época da floração e estabelecimento inicial, quanto o risco de geada durante todo o ciclo de produção. Também foi considerado como critério auxiliar uma altitude mínima necessária de 500m para latitudes menores que 21° e 250m para latitudes superiores a 21°.

O zoneamento tem o objetivo de reduzir os riscos relacionados aos problemas climáticos e permitir ao produtor identificar a melhor época para plantar, levando em conta a região do país, a cultura e os diferentes tipos de solos. Os agricultores que seguem as recomendações do Zarc estão menos sujeitos aos riscos climáticos e ainda poderão ser beneficiados pelo Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) e pelo Programa de Subvenção ao prêmio do Seguro Rural (PSR). Muitos agentes financeiros só liberam o crédito rural para cultivos em áreas zoneadas.

Também foram revisadas as portarias do café robusta para o Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Rondônia, Espírito Santo e Minas Gerais.

Fonte: Canal Rural

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (27) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (43) Acrocomia aculeata (78) Agricultura (364) Agricultura 4.0 (13) agriculture (1) Agroenergia (156) Agroindústria (44) Agronegócio (311) Agropecuária (70) Água (25) Àgua (1) Alimentação Saudável (24) Alimentos (374) Amazônia (78) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (107) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (36) Aviation fuel (8) Aviation market (24) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (498) Biodefensivos (12) Biodiesel (367) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (17) Bioeconomia (126) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (26) Bioenergia (213) Biofertilizantes (12) Biofuels (104) Bioinsumos (24) Biomas (7) Biomass (7) Biomassa (91) Biomateriais (6) bioplásticos (3) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (28) Bioquerosene (51) Biorrefinaria (3) Biorrenováveis (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (89) BNDES (2) Bolsa de Valores (38) Brasil (135) Brazil (29) Cadeia Produtiva (21) Capacitação (31) CAR (4) Carbonatação (1) Carbono (13) Carbono Neutro (10) Carbono Zero (22) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (8) CBios (69) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (17) Cerrado (29) Chuvas (16) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (442) Clima e ambiente (307) Clima e ambiente Preços (2) climate changed (66) CNA (2) Cogeração de energia (30) Combustíveis (111) Combustíveis Fósseis (41) Combustíveis verde (5) Comércio (49) Consciência Ecológica (27) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (25) Copolímeros (2) Cosméticos (40) Crédito de Carbono (56) Crédito Rural (20) Créditos de Descarbonização (26) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (3) Curso (14) Dados (1) Davos (4) Dendê (5) Desafios (3) Descarbonização (18) Desenvolvimento Sustentável (228) Desmatamento (19) Diesel (22) Diesel Verde (23) eco-friendly (5) Economia (131) Economia Circular (14) Economia Internacional (142) Economia Sustentável (5) Economia Verde (182) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (19) Eficiência energética (55) Embrapa (31) Emissões de Carbono (63) Empreendedorismo (9) Empresas (170) Energia (106) energia limpa (23) Energia Renovável (261) Energia Solar Fotovoltaica (24) ESG (27) Estudo (4) Etanol (97) Europa (2) event (11) Eventos (176) Exportações (108) Extrativismo (64) FAO (10) Farelos (48) farm (1) Fertilidade (9) Fibras (10) Finanças (5) Financiamento (2) Floresta (39) Floresta plantada (119) Fomento (42) Food (42) food security (9) forest (1) Fruticultura (25) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (4) Gastronomia (1) GEE (31) Glicerina (2) Global warming (115) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (6) História (1) IBP (1) ILPF (12) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (213) Instituição (1) Insumos (22) Investimento (12) Investimentos (2) IPCC (15) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (27) Lignina (8) livestock (4) Low-Carbon (59) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (607) Madeira (26) Mamona (1) Manejo (11) Manejo e Conservação (125) MAPA (47) Máquinas e equipamentos (3) Mata Atlântica (5) Matéria Prima (4) Matéria-Prima (4) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (349) Melhoramento e Diversidade Genética (94) Mercado (4141) Mercado de Combustíveis (73) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (77) Mercado Internacional (71) Metas (5) Micotoxinas (1) Milho (39) Minas Gerias (1) MMA (2) MME (55) Mudanças Climáticas (80) mudas (4) Mundo (188) Nações Unidas (4) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (43) Nutrição animal (18) nutrition (12) Oil (51) Oleaginosas (128) Oleochemicals (11) Óleos (253) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (29) OMC (3) ONGs (1) ONU (20) Oportunidade (9) Oportunidades (9) other (1) Palm (2) Palma (34) palmeiras (7) Paris Agreement (95) Pecuária (117) Pegada de Carbono (107) Personal Care (3) Pesquisa (118) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (34) PIB (8) pirólise (3) Plano Safra (2) Plant Based (28) Plant-Based (2) Política (93) Política Ambiental (10) Políticas (1) políticas públicas (2) Preços (76) Preservação Ambiental (59) Produção Agrícola (42) Produção Animal (17) Produção Integrada (3) Produção Sustentável (79) Produção vegetal (33) Produtividade (100) Produtos (151) Proteção Ambiental (19) proteína vegetal (28) Qualidade (7) Qualidade do Ar (10) químicos verdes (1) reciclagem (3) Recuperação Ambiental (7) Recuperação de área Degradada (50) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (35) regulamentação (3) Relatório (17) renewable energy (19) RenovaBio (84) Report (2) Research and Development (12) Resíduos (18) Sabão (1) SAF (8) Safra (10) Saúde e Bem-Estar (143) science and technology (48) Sebo (5) Segurança Alimentar (177) Segurança Energética (15) Selo Social (14) sementes (11) silvicultura (3) Sistema Agroflorestal (43) Sistemas Integrados (27) Sociobiodiersidade (9) Soil (9) Soja (137) Solos (66) Sustainability (59) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (701) Tecnologia (73) Tempo (2) Títulos verdes (3) Transportes (7) Turismo Sustentável (7) Unica (1) Vídeo (271) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página