Buscar

Brasil desenvolve primeira cana editada não-transgênica do mundo

terça-feira, dezembro 14, 2021


O Brasil apresenta as primeiras variedades de cana-de-açúcar editadas e consideradas não-transgênicas do mundo ou DNA-Free, de acordo com a Resolução Normativa nº 16 (RN nº 16) da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). O desenvolvimento é fruto do trabalho de cientistas da Embrapa Agroenergia (DF).

As variedades em questão são a Cana Flex I e a Cana Flex II. Elas apresentam, respectivamente, maior digestibilidade da parede celular e maior concentração de sacarose nos tecidos vegetais. Elas respondem a um dos maiores desafios do setor: aumentar o acesso das enzimas aos açúcares presos nas células, o que facilita a fabricação de etanol (de primeira e segunda geração) e a extração de outros bioprodutos.

A Cana Flex I é fruto do silenciamento do gene responsável pela rigidez da parede celular da planta. Essa estrutura foi modificada e apresentou maior “digestibilidade”, ou seja, maior acesso ao ataque de enzimas durante a etapa da hidrólise enzimática, processo químico que extrai os compostos da biomassa vegetal. Já a Cana Flex II  foi gerada por meio do silenciamento de um gene nos tecidos da planta, o que ocasionou um incremento considerável na produção de sacarose nos colmos da planta modelo, a Setaria viridis. Com isso tem maior concentração de açúcar nos tecidos vegetais. Ela apresentou incremento de até 15% de sacarose nos colmos, 200% a mais de sacarose nas folhas e 12% a mais de liberação de glicose na sacarificação. Além de gerar bagaço com maior digestibilidade para uso na alimentação animal.

Ambas as pesquisas utilizaram a técnica da edição genômica CRISPR (do inglês Clustered Regularly Interspaced Short Palindromic Repeats), técnica revolucionária de manipulação de genes descoberta em 2012. Na construção das Canas Flex I e II, não houve, portanto, modificação do DNA da planta, apenas o silenciamento dos genes. Por esse motivo, a CTNBio classificou as novas variedades como não-transgêncas. 

“A tecnologia CRISPR tem permitido uma democratização do uso da biotecnologia na agricultura, não somente do ponto de vista de mais empresas e instituições participarem do desenvolvimento de produtos que chegam ao mercado, mas também permitindo que mais espécies de interesse sejam beneficiadas”, explica pesquisador da Embrapa Hugo Molinari. Segundo ele, o custo estimado para o desenvolvimento de uma planta transgênica é de cerca de US$ 136 milhões e entre 30% e 60% desse valor é destinado às etapas desregulamentação. 

Fonte: Agrolink

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (27) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (43) Acrocomia aculeata (78) Agricultura (364) Agricultura 4.0 (13) agriculture (1) Agroenergia (156) Agroindústria (44) Agronegócio (311) Agropecuária (70) Água (25) Àgua (1) Alimentação Saudável (24) Alimentos (374) Amazônia (78) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (107) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (36) Aviation fuel (8) Aviation market (24) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (498) Biodefensivos (12) Biodiesel (367) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (17) Bioeconomia (126) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (26) Bioenergia (213) Biofertilizantes (12) Biofuels (104) Bioinsumos (24) Biomas (7) Biomass (7) Biomassa (91) Biomateriais (6) bioplásticos (3) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (28) Bioquerosene (51) Biorrefinaria (3) Biorrenováveis (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (89) BNDES (2) Bolsa de Valores (38) Brasil (135) Brazil (29) Cadeia Produtiva (21) Capacitação (31) CAR (4) Carbonatação (1) Carbono (13) Carbono Neutro (10) Carbono Zero (22) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (8) CBios (69) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (17) Cerrado (29) Chuvas (16) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (442) Clima e ambiente (307) Clima e ambiente Preços (2) climate changed (66) CNA (2) Cogeração de energia (30) Combustíveis (111) Combustíveis Fósseis (41) Combustíveis verde (5) Comércio (49) Consciência Ecológica (27) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (25) Copolímeros (2) Cosméticos (40) Crédito de Carbono (56) Crédito Rural (20) Créditos de Descarbonização (26) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (3) Curso (14) Dados (1) Davos (4) Dendê (5) Desafios (3) Descarbonização (18) Desenvolvimento Sustentável (228) Desmatamento (19) Diesel (22) Diesel Verde (23) eco-friendly (5) Economia (131) Economia Circular (14) Economia Internacional (142) Economia Sustentável (5) Economia Verde (182) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (19) Eficiência energética (55) Embrapa (31) Emissões de Carbono (63) Empreendedorismo (9) Empresas (170) Energia (106) energia limpa (23) Energia Renovável (261) Energia Solar Fotovoltaica (24) ESG (27) Estudo (4) Etanol (97) Europa (2) event (11) Eventos (176) Exportações (108) Extrativismo (64) FAO (10) Farelos (48) farm (1) Fertilidade (9) Fibras (10) Finanças (5) Financiamento (2) Floresta (39) Floresta plantada (119) Fomento (42) Food (42) food security (9) forest (1) Fruticultura (25) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (4) Gastronomia (1) GEE (31) Glicerina (2) Global warming (115) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (6) História (1) IBP (1) ILPF (12) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (213) Instituição (1) Insumos (22) Investimento (12) Investimentos (2) IPCC (15) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (27) Lignina (8) livestock (4) Low-Carbon (59) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (607) Madeira (26) Mamona (1) Manejo (11) Manejo e Conservação (125) MAPA (47) Máquinas e equipamentos (3) Mata Atlântica (5) Matéria Prima (4) Matéria-Prima (4) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (349) Melhoramento e Diversidade Genética (94) Mercado (4141) Mercado de Combustíveis (73) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (77) Mercado Internacional (71) Metas (5) Micotoxinas (1) Milho (39) Minas Gerias (1) MMA (2) MME (55) Mudanças Climáticas (80) mudas (4) Mundo (188) Nações Unidas (4) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (43) Nutrição animal (18) nutrition (12) Oil (51) Oleaginosas (128) Oleochemicals (11) Óleos (253) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (29) OMC (3) ONGs (1) ONU (20) Oportunidade (9) Oportunidades (9) other (1) Palm (2) Palma (34) palmeiras (7) Paris Agreement (95) Pecuária (117) Pegada de Carbono (107) Personal Care (3) Pesquisa (118) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (34) PIB (8) pirólise (3) Plano Safra (2) Plant Based (28) Plant-Based (2) Política (93) Política Ambiental (10) Políticas (1) políticas públicas (2) Preços (76) Preservação Ambiental (59) Produção Agrícola (42) Produção Animal (17) Produção Integrada (3) Produção Sustentável (79) Produção vegetal (33) Produtividade (100) Produtos (151) Proteção Ambiental (19) proteína vegetal (28) Qualidade (7) Qualidade do Ar (10) químicos verdes (1) reciclagem (3) Recuperação Ambiental (7) Recuperação de área Degradada (50) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (35) regulamentação (3) Relatório (17) renewable energy (19) RenovaBio (84) Report (2) Research and Development (12) Resíduos (18) Sabão (1) SAF (8) Safra (10) Saúde e Bem-Estar (143) science and technology (48) Sebo (5) Segurança Alimentar (177) Segurança Energética (15) Selo Social (14) sementes (11) silvicultura (3) Sistema Agroflorestal (43) Sistemas Integrados (27) Sociobiodiersidade (9) Soil (9) Soja (137) Solos (66) Sustainability (59) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (701) Tecnologia (73) Tempo (2) Títulos verdes (3) Transportes (7) Turismo Sustentável (7) Unica (1) Vídeo (271) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página