Buscar

Lufthansa estreia a 1ª rota regular de carga aérea neutra em carbono da história

domingo, abril 04, 2021



A carga aérea agora pode ser transportada com saldo zero de emissões de dióxido de carbono: a DB Schenker e a Lufthansa Cargo anunciam que lançaram a primeira rota regular de carga aérea neutra em carbono da história na quinta-feira, 1º de abril.

Com a decolagem de um Boeing 777F, as empresas iniciaram voos semanais entre o Aeroporto Internacional de Frankfurt e o Internacional Pudong de Xangai, onde as necessidades de combustível são totalmente cobertas por Combustível Sustentável de Aviação (SAF – Sustainable Aviation Fuel). Isso vai economizar cerca de 174 toneladas métricas de querosene convencional por semana.

Jochen Thewes, CEO da DB Schenker, comentou que a partir de agora cadeias de abastecimento neutras em carbono também são viáveis ​​no frete aéreo. “Nossos voos semanais entre Frankfurt e Xangai são o início de uma nova era. Estamos orgulhosos de já ter convencido tantos clientes deste produto voltado para o futuro. Em seguida, os negócios e a política têm que assumir o controle para criar mais capacidade para combustíveis regenerativos e aviação limpa.”

Dorothea von Boxberg, CEO da Lufthansa Cargo, disse que o primeiro voo de carga sustentável do mundo com a DB Schenker, testado no final de 2020, havia demonstramos que voar sem emissões fósseis já era possível, e agora vira realidade. “Lançamos em conjunto a primeira conexão de voo de carga sustentável regular do mundo. Isso abre o caminho para muitas outras conexões desse tipo. Contamos com a determinação de nossa indústria e a dedicação dos consumidores para fazermos isso juntos.”

O combustível de aviação sustentável é produzido principalmente a partir de resíduos de biomassa, como óleos vegetais e de cozinha usados. Assim, ao ser queimado no motor, é liberada a mesma quantidade de dióxido de carbono que antes foi retirado da atmosfera durante o crescimento original das plantas.

Além disso, os gases de efeito estufa produzidos durante a fabricação e transporte do combustível são totalmente compensados ​​por projetos de compensação sustentável. Isso garante que os voos sejam totalmente neutros em gases de efeito estufa.

Avião Boeing 777F Lufthansa Cargo SAF Zero Carbono
Imagem: Lufthansa Cargo
O volume semanal de SAF adquirido pela DB Schenker e Lufthansa Cargo corresponde a 174 toneladas métricas de querosene, que é aproximadamente a quantidade necessária para a conexão e retorno de Xangai.

No entanto, por razões técnicas e legais, atualmente não é possível abastecer uma aeronave apenas com SAF. Portanto, o SAF é misturado ao querosene convencional por meio do sistema de reabastecimento do aeroporto e é consumido proporcionalmente por todas as aeronaves reabastecidas posteriormente.

Atualmente, o SAF é cerca de três vezes mais caro do que o querosene fóssil e a quantidade disponível no mercado é limitada. Com o lançamento da conexão de voo de carga sustentável, a DB Schenker e a Lufthansa Cargo estão reiterando seu apelo a outras empresas do setor de logística, bem como a políticos, para expandir conjuntamente a produção e a infraestrutura de Combustível de Aviação Sustentável e, assim, impulsionar a descarbonização na logística.

Fonte: Informações da Lufthansa Cargo

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (31) Acrocomia aculeata (64) Agricultura (229) Agricultura 4.0 (4) agriculture (1) Agroenergia (125) Agroindústria (25) Agronegócio (205) Agropecuária (50) Água (18) Àgua (1) Alimentação Saudável (9) Alimentos (349) Amazônia (61) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (75) Arte (1) Artigo (44) Aspectos Gerais (177) Aviação (32) Aviation fuel (4) Aviation market (20) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (413) Biodefensivos (1) Biodiesel (309) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (9) Bioeconomia (101) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (25) Bioenergia (196) Biofertilizantes (9) Biofuels (103) Bioinsumos (9) Biomass (7) Biomassa (88) Biomateriais (6) bioplásticos (1) Biopolímeros (15) Bioproducts (2) Bioprodutos (21) Bioquerosene (42) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (80) BNDES (2) Bolsa de Valores (27) Brasil (40) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (25) CAR (3) Carbonatação (1) Carbono Neutro (3) Carbono Zero (17) Carvão Ativado (8) carvão vegetal (2) CBios (67) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (12) Cerrado (21) Chuvas (4) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (365) Clima e ambiente (267) climate changed (54) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (96) Combustíveis Fósseis (38) Comércio (45) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (39) Crédito de Carbono (41) Crédito Rural (13) Créditos de Descarbonização (24) Culinária (1) Cultivo (121) Culturas Perenes. Agricultura (1) Curso (5) Dados (1) Davos (4) Dendê (4) Desafios (3) Desenvolvimento Sustentável (167) Desmatamento (4) Diesel (17) Diesel Verde (21) eco-friendly (5) Economia (84) Economia Circular (10) Economia Internacional (112) Economia Sustentável (4) Economia Verde (172) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (18) Eficiência energética (51) Emissões de Carbono (45) Empreendedorismo (7) Empresas (114) Energia (95) energia limpa (7) Energia Renovável (251) Energia Solar Fotovoltaica (21) ESG (12) Estudo (2) Etanol (79) Europa (1) event (11) Eventos (144) Exportações (88) Extrativismo (61) FAO (5) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (5) Floresta (23) Floresta plantada (107) Fomento (34) Food (42) food security (8) forest (1) Fruticultura (6) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (3) Glicerina (2) Global warming (113) Green Economy (127) health (23) História (1) IBP (1) ILPF (1) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (149) Instituição (1) Insumos (2) Investimento (4) IPCC (14) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (9) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (51) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (580) Madeira (17) Mamona (1) Manejo e Conservação (104) MAPA (27) Máquinas e equipamentos (1) Mata Atlântica (2) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (264) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4095) Mercado de Combustíveis (64) Mercado Financeiro (10) Mercado florestal (72) Mercado Internacional (43) Metas (4) Micotoxinas (1) Milho (16) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (42) Mudanças Climáticas (33) mudas (2) Mundo (124) Nações Unidas (3) Negócios (5) net-zero (29) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (51) Oleaginosas (96) Oleochemicals (10) Óleos (250) Óleos Essenciais (7) Óleos Vegetais (18) OMC (2) ONGs (1) ONU (14) Oportunidade (5) Oportunidades (6) other (1) Palm (1) Palma (27) palmeiras (1) Paris Agreement (93) Pecuária (88) Pegada de Carbono (100) Personal Care (3) Pesquisa (71) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (31) PIB (5) pirólise (3) Plant Based (27) Política (81) Política Ambiental (2) Preços (57) Preservação Ambiental (43) Produção Animal (7) Produção Integrada (1) Produção Sustentável (56) Produção vegetal (8) Produtividade (48) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) Recuperação Ambiental (4) Recuperação de área Degradada (45) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (22) regulamentação (2) Relatório (14) renewable energy (19) RenovaBio (70) Report (2) Research and Development (11) Resíduos (12) Sabão (1) SAF (6) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (120) science and technology (47) Sebo (5) Segurança Alimentar (134) Segurança Energética (13) Selo Social (11) sementes (2) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (36) Sistemas Integrados (19) Sociobiodiersidade (5) Soil (9) Soja (70) Solos (49) Sustainability (58) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (608) Tecnologia (47) Tempo (1) Títulos verdes (2) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (251) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página