Buscar

Os critérios ESG no Brasil e a sua regulamentação

domingo, abril 04, 2021



Apesar de não ser um assunto recente, a implementação de critérios ESG e o desenvolvimento dos investimentos sustentáveis vem ganhando especial destaque ao longo dos últimos anos, refletindo o crescente número de iniciativas internacionais sobre o tema.

De forma geral, a sigla ESG (environmental, social and governance") ou, em português, ambiental, social e governança (ASG), é utilizada para se referir a determinados critérios implementados pelas empresas atuantes dos diversos setores da economia. Esses critérios são então avaliados e mensurados pelo mercado, norteando a aplicação de investimentos e o direcionamento de recursos.

Não é à toa que a sigla vem carregada de um sentimento de esperança na tradução das preocupações com sustentabilidade para o mercado: atualmente a agenda ESG é considerada como um instrumento importante para transformar o capitalismo, incluindo de vez as variáveis sociais e ambientais nos custos dos produtos e serviços, e não mais considerando-os apenas como uma externalidade negativa destes.

A origem dessa agenda nos remete aos anos 70, com o surgimento das primeiras preocupações com o tema, intensificadas a partir dos anos 2000 com as iniciativas da ONU, com especial destaque para os Princípios do Equador e o Principles for Responsible Investments (PRI), como foco nos critérios a serem adotados por bancos e investidores de forma geral.

De lá para cá, testemunhamos a proliferação de diferentes métricas e indicadores, com ênfases e graus de complexidade distintos. Essas diferentes métricas vêm sendo aplicadas também por diferentes agências internacionais, para classificação e ranking das empresas, ao lado de um esforço para monitorar e quantificar os resultados globais atingidos de forma conjunta por essas diferentes iniciativas.  

Embora esse cenário resulte na ausência de uma definição jurídica uniforme, podemos observar que a regulamentação existente no Brasil vem acompanhando os debates internacionais sobre o tema, em uma gama de normas específicas que buscam incorporar esses critérios, seja de forma direta ou indireta.

Citamos aqui a própria Lei das Sociedades Anônimas (Lei 6.474/1976), pioneira no ordenamento jurídico ao reconhecer a função social destas, com mandamentos de governança específicos que devem nortear o exercício das atribuições de seus acionistas.

Quanto aos investimentos públicos, a Política Nacional de Meio Ambiente (Lei 6.938/81) determinou claramente que os financiamentos e incentivos governamentais são condicionados ao atendimento de critérios e padrões ambientais.

Tais requisitos legais foram posteriormente regulamentados por meio de resoluções do Banco Central (Bacen), a exemplo da Resolução Bacen 4237/2014 (determinando a necessidade da implementação de políticas de responsabilidade socioambiental pelas entidades por ele reguladas) e a Resolução Bacen 4661/2018 (regulando a aplicação de critérios ESG aplicados a fundos de pensão).

Ao lado destas, proliferam normas específicas regulando os mais diversos aspectos ambientais e sociais dos critérios ESG, entre as quais citamos:


a) A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) (Lei 13709/2018), trazendo critérios aplicáveis à segurança e proteção de dados relativos a clientes e terceiros no exercício das atividades das empresas;

b) A Lei do Agro (Lei 13.986/2020), que resultou na emissão de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs) lastreada em títulos verdes (green bonds), logo após a sua edição. Esta lei ampliou também o escopo das Cédulas de Produtos Rurais Financeiras (CPR-F), permitindo sua emissão com base em atividades sustentáveis elegíveis, como a conservação e o manejo de áreas;

c) As recentes consultas públicas para revisão da Instrução CVM nº 480, (tratando da inclusão de ESG na emissão de valores mobiliários) e para revisão dos critérios de sustentabilidade aplicáveis na concessão de crédito rural (Consulta Pública Bacen n° 82/2021);

d) A Lei do Renovabio (Lei nº 13.576/2017), que criou os Créditos de Descarbonização (CBIO), a serem emitidos pelo produtor ou importador de biocombustíveis, e adquirido pelos distribuidores de combustíveis, conforme as metas estipuladas pelo governo, com a intenção de reduzir as emissões de carbono na matriz de transportes no Brasil.


Como se vê, o ESG veio para ficar. Entendemos que as empresas brasileiras devem iniciar de imediato a introdução de tais critérios, já implementados ou bem avançados como políticas empresariais mundo afora, sob pena de perda de competitividade, inclusive. É importante, ainda, que essa agenda afete as empresas brasileiras e promova a difusão de práticas efetivamente sustentáveis. Caso contrário, e dado o estado de emergência climática em que nos encontramos, viveremos para presenciar a disruptura completa do mundo como o conhecemos, que nos levará a viver uma realidade ainda mais distópica do que esta causada pela pandemia da Covid-19.


Fonte: Conjur

 

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (36) Acrocomia aculeata (77) Agricultura (295) Agricultura 4.0 (8) agriculture (1) Agroenergia (130) Agroindústria (28) Agronegócio (248) Agropecuária (58) Água (22) Àgua (1) Alimentação Saudável (20) Alimentos (367) Amazônia (76) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (92) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (35) Aviation fuel (8) Aviation market (24) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (450) Biodefensivos (8) Biodiesel (344) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (15) Bioeconomia (125) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (26) Bioenergia (210) Biofertilizantes (12) Biofuels (104) Bioinsumos (17) Biomas (3) Biomass (7) Biomassa (90) Biomateriais (6) bioplásticos (3) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (26) Bioquerosene (48) Biorrefinaria (3) Biorrenováveis (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (86) BNDES (2) Bolsa de Valores (33) Brasil (91) Brazil (29) Cadeia Produtiva (17) Capacitação (31) CAR (4) Carbonatação (1) Carbono (6) Carbono Neutro (9) Carbono Zero (20) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (6) CBios (68) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (16) Cerrado (25) Chuvas (7) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (410) Clima e ambiente (287) Clima e ambiente Preços (2) climate changed (66) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (105) Combustíveis Fósseis (40) Combustíveis verde (1) Comércio (47) Consciência Ecológica (26) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (12) Copolímeros (2) Cosméticos (40) Crédito de Carbono (48) Crédito Rural (20) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (2) Curso (14) Dados (1) Davos (4) Dendê (5) Desafios (3) Descarbonização (5) Desenvolvimento Sustentável (200) Desmatamento (10) Diesel (21) Diesel Verde (22) eco-friendly (5) Economia (99) Economia Circular (13) Economia Internacional (121) Economia Sustentável (5) Economia Verde (174) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (19) Eficiência energética (55) Embrapa (12) Emissões de Carbono (62) Empreendedorismo (8) Empresas (170) Energia (105) energia limpa (17) Energia Renovável (257) Energia Solar Fotovoltaica (23) ESG (26) Estudo (2) Etanol (83) Europa (2) event (11) Eventos (175) Exportações (93) Extrativismo (63) FAO (7) Farelos (46) farm (1) Fertilidade (3) Fibras (9) Finanças (5) Financiamento (2) Floresta (30) Floresta plantada (119) Fomento (42) Food (42) food security (9) forest (1) Fruticultura (15) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (6) Glicerina (2) Global warming (115) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (6) História (1) IBP (1) ILPF (5) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (201) Instituição (1) Insumos (6) Investimento (8) Investimentos (1) IPCC (15) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (13) Lignina (8) livestock (4) Low-Carbon (56) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (598) Madeira (23) Mamona (1) Manejo (2) Manejo e Conservação (114) MAPA (35) Máquinas e equipamentos (1) Mata Atlântica (5) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (4) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (311) Melhoramento e Diversidade Genética (78) Mercado (4127) Mercado de Combustíveis (67) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (75) Mercado Internacional (48) Metas (5) Micotoxinas (1) Milho (19) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (50) Mudanças Climáticas (52) mudas (3) Mundo (174) Nações Unidas (4) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (43) Nutrição animal (18) nutrition (10) Oil (51) Oleaginosas (103) Oleochemicals (11) Óleos (253) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (24) OMC (2) ONGs (1) ONU (18) Oportunidade (7) Oportunidades (9) other (1) Palm (2) Palma (32) palmeiras (4) Paris Agreement (94) Pecuária (92) Pegada de Carbono (105) Personal Care (3) Pesquisa (84) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (34) PIB (6) pirólise (3) Plano Safra (1) Plant Based (28) Plant-Based (2) Política (87) Política Ambiental (3) Políticas (1) políticas públicas (2) Preços (71) Preservação Ambiental (55) Produção Agrícola (5) Produção Animal (9) Produção Integrada (2) Produção Sustentável (69) Produção vegetal (11) Produtividade (58) Produtos (150) Proteção Ambiental (16) proteína vegetal (28) Qualidade (3) Qualidade do Ar (4) químicos verdes (1) reciclagem (1) Recuperação Ambiental (7) Recuperação de área Degradada (48) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (34) regulamentação (3) Relatório (17) renewable energy (19) RenovaBio (75) Report (2) Research and Development (12) Resíduos (18) Sabão (1) SAF (7) Safra (3) Saúde e Bem-Estar (134) science and technology (48) Sebo (5) Segurança Alimentar (166) Segurança Energética (15) Selo Social (13) sementes (5) silvicultura (3) Sistema Agroflorestal (41) Sistemas Integrados (24) Sociobiodiersidade (8) Soil (9) Soja (88) Solos (57) Sustainability (59) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (671) Tecnologia (61) Tempo (2) Títulos verdes (3) Transportes (5) Turismo Sustentável (7) Unica (1) Vídeo (271) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página