Buscar

Brachiária reduz temperatura de solo na acerola

sexta-feira, março 12, 2021



Pequena, vermelha e rica em vitamina C a acerola também ganhou espaço no Brasil. O país é atualmente o maior produtor, exportador e consumidor. A maior produção está no Nordeste, com liderança de Pernambuco. Parte da produção brasileira é exportada para Europa, Estados Unidos e Japão, na forma de frutos ou polpa congelada e suco integral. Entretanto, o consumo nacional é crescente, trazendo boas expectativas ao mercado interno dessa fruta.

A safra da acerola ocorre de outubro a abril e durante esse período é possível colher frutos por até 30 vezes na mesma planta. Isso porque a colheita ocorre de forma seletiva, já que nem todas as pequenas esferas alaranjadas amadurecem de uma vez. Em São Paulo estudos buscam melhorar a fertilidade do solo e reduzir a temperatura dos pomares, junto com a redução de pragas e doenças como os nematoides.

O trabalho ocorre na Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), unidade de Adamantina. Experimentos utilizam Braquiária ruziziensis nas entrelinhas dos pés da fruta. A palhada melhorou as condições de cultivo, sem impactar de forma negativa a qualidade dos frutos.

"Em médio e longo prazo, esse capim inserido no sistema de produção de acerola pode aprofundar o enraizamento das plantas frutíferas, favorecer o uso racional da água, melhorar a eficiência de fertilizantes, bem como diminuir a incidência de plantas invasoras como capim-amargoso, além de pragas e doenças do solo. De acordo com observações a campo e a literatura, é possível, com o uso da braquiária, reduzir em até 30% os custos de produção", afirma o pesquisador, Maurício Dominguez Nasser.

Esse tipo de manejo incentiva também o uso de novas tecnologias como  a roçadeira tipo ecológica, que se acopla ao trator e já está disponível na citricultura e cafeicultura, porém é pouco utilizado pelos produtores rurais da região da Alta Paulista que trabalham com frutíferas ou outras culturas permanentes. “A roçadeira ecológica é interessante no cultivo da acerola porque realiza a roçada ou corte da forrageira instalada na entrelinha do pomar e distribui de maneira uniforme o material roçado para a linha de plantio, posicionando a palhada praticamente embaixo da planta de acerola", explica Nasser.

A região da Alta Paulista é considerada bastante quente, com temperatura ambiente média de 24 ºC, podendo chegar a até 41 ºC. As altas temperaturas do ar influenciam diretamente na temperatura do solo, e acima de 32 ºC no solo, por exemplo, pode impedir as plantas de absorver água e nutrientes do solo. “Por isso, o uso da palhada é bastante interessante, principalmente, na nossa região, já que a palha consegue reduzir a temperatura do solo em média 3 ºC a 3 cm de profundidade, e local com muitas raízes ativas", afirma.

O produtor rural Fernando Mauro Montagnoli cultiva dois mil pés de acerola no município de Irapuru, no interior paulista. Em setembro de 2019, ele implementou em sua propriedade a pesquisa propagada pela APTA e, desde então, tem colhido os frutos da adoção da tecnologia.

Antes do uso da braquiária, Montagnoli utilizava herbicidas para acabar com o mato na plantação. O problema é que ele utilizava os produtos em época inadequada, como na florada, o que impactava na sua produção. "Não sabia que o herbicida poderia prejudicar a florada e, consequentemente, a produção. Desde que comecei a usar a técnica propagada pela APTA Regional, aumentei em 30%, em média, a produtividade do meu pomar", conta.

Além do aumento da produção, Montagnoli relata a diminuição dos custos, já que reduziu o uso de herbicidas e inseticidas. "Reduzi em cerca de R$ 500 os custos na aplicação de defensivos por florada por hectare. Como tenho cerca de seis floradas por safra, a redução chega a R$ 3 mil por hectare", calcula o agricultor, que também relata a diminuição de 3 ºC na sua plantação.

A região da Alta Paulista congrega boas condições para o cultivo da acerola, como as altas temperaturas e radiação solar. "A produção paulista de acerola é predominante nessa região. A cultura é uma ótima opção para os pequenos agricultores, sendo uma forma de diversificação dentro das propriedades rurais. Sem a necessidade de muitos tratos culturais, os produtores conseguem colher até 30 toneladas por hectare", afirma Nasser.


Fonte: Portal Agrolink

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (31) Acrocomia aculeata (64) Agricultura (229) Agricultura 4.0 (4) agriculture (1) Agroenergia (125) Agroindústria (25) Agronegócio (205) Agropecuária (50) Água (18) Àgua (1) Alimentação Saudável (9) Alimentos (349) Amazônia (61) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (75) Arte (1) Artigo (44) Aspectos Gerais (177) Aviação (32) Aviation fuel (4) Aviation market (20) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (413) Biodefensivos (1) Biodiesel (309) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (9) Bioeconomia (101) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (25) Bioenergia (196) Biofertilizantes (9) Biofuels (103) Bioinsumos (9) Biomass (7) Biomassa (88) Biomateriais (6) bioplásticos (1) Biopolímeros (15) Bioproducts (2) Bioprodutos (21) Bioquerosene (42) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (80) BNDES (2) Bolsa de Valores (27) Brasil (40) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (25) CAR (3) Carbonatação (1) Carbono Neutro (3) Carbono Zero (17) Carvão Ativado (8) carvão vegetal (2) CBios (67) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (12) Cerrado (21) Chuvas (4) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (365) Clima e ambiente (267) climate changed (54) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (96) Combustíveis Fósseis (38) Comércio (45) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (39) Crédito de Carbono (41) Crédito Rural (13) Créditos de Descarbonização (24) Culinária (1) Cultivo (121) Culturas Perenes. Agricultura (1) Curso (5) Dados (1) Davos (4) Dendê (4) Desafios (3) Desenvolvimento Sustentável (167) Desmatamento (4) Diesel (17) Diesel Verde (21) eco-friendly (5) Economia (84) Economia Circular (10) Economia Internacional (112) Economia Sustentável (4) Economia Verde (172) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (18) Eficiência energética (51) Emissões de Carbono (45) Empreendedorismo (7) Empresas (114) Energia (95) energia limpa (7) Energia Renovável (251) Energia Solar Fotovoltaica (21) ESG (12) Estudo (2) Etanol (79) Europa (1) event (11) Eventos (144) Exportações (88) Extrativismo (61) FAO (5) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (5) Floresta (23) Floresta plantada (107) Fomento (34) Food (42) food security (8) forest (1) Fruticultura (6) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (3) Glicerina (2) Global warming (113) Green Economy (127) health (23) História (1) IBP (1) ILPF (1) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (149) Instituição (1) Insumos (2) Investimento (4) IPCC (14) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (9) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (51) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (580) Madeira (17) Mamona (1) Manejo e Conservação (104) MAPA (27) Máquinas e equipamentos (1) Mata Atlântica (2) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (264) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4095) Mercado de Combustíveis (64) Mercado Financeiro (10) Mercado florestal (72) Mercado Internacional (43) Metas (4) Micotoxinas (1) Milho (16) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (42) Mudanças Climáticas (33) mudas (2) Mundo (124) Nações Unidas (3) Negócios (5) net-zero (29) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (51) Oleaginosas (96) Oleochemicals (10) Óleos (250) Óleos Essenciais (7) Óleos Vegetais (18) OMC (2) ONGs (1) ONU (14) Oportunidade (5) Oportunidades (6) other (1) Palm (1) Palma (27) palmeiras (1) Paris Agreement (93) Pecuária (88) Pegada de Carbono (100) Personal Care (3) Pesquisa (71) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (31) PIB (5) pirólise (3) Plant Based (27) Política (81) Política Ambiental (2) Preços (57) Preservação Ambiental (43) Produção Animal (7) Produção Integrada (1) Produção Sustentável (56) Produção vegetal (8) Produtividade (48) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) Recuperação Ambiental (4) Recuperação de área Degradada (45) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (22) regulamentação (2) Relatório (14) renewable energy (19) RenovaBio (70) Report (2) Research and Development (11) Resíduos (12) Sabão (1) SAF (6) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (120) science and technology (47) Sebo (5) Segurança Alimentar (134) Segurança Energética (13) Selo Social (11) sementes (2) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (36) Sistemas Integrados (19) Sociobiodiersidade (5) Soil (9) Soja (70) Solos (49) Sustainability (58) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (608) Tecnologia (47) Tempo (1) Títulos verdes (2) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (251) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página