Buscar

O histórico da Amazônia e a sustentabilidade

quinta-feira, outubro 15, 2020



A correlação entre agronegócio e sustentabilidade tem ganhado cada vez mais centralidade no debate público em todo o mundo, sobretudo no Brasil – um país que tem vasto território, conta com uma das maiores áreas de preservação do mundo e, ao mesmo tempo, tem na produção rural o principal motor de sua economia. Mas como essa conciliação entre meio ambiente e a produção rural foi construída ao longo do tempo? Como é a situação hoje e como avançar? O Instituto Millenium procurou o olhar de quem viu de perto essa situação.

Em entrevista exclusiva, a empresária Carla de Freitas lembrou o histórico de Rondônia, um jovem Estado construído no processo de expansão da agricultura no Brasil, e analisou os próximos desafios. Ouça o podcast!

Ex-presidente do Núcleo Feminino do Agronegócio (NFA), Carla de Freitas é considerada referência no modelo moderno de produção rural. Ela explicou que o desenvolvimento da região amazônica passou por um conceito claro: “integrar para não entregar“. Carla de Freitas viveu de perto esse processo: chegou a Rondônia em 1981, um ano antes do território se formalizar como Unidade da Federação.

“Essa região teve um chamado muito forte, por causa da borracha, e houve um consenso na época de que ela deveria ser povoada. O governo queria que as pessoas se fixassem na Amazônia e levassem o desenvolvimento para lá, dentro deste conceito de ‘integrar para não entregar’”, disse, destacando que esta era uma necessidade sentida na época e lembrando que pessoas de vários lugares foram para lá e construíram o Estado do zero.

Hoje a pauta ambiental avançou, a tecnologia também, e há um novo jeito de lidar com a situação. No território da Amazônia Legal, por exemplo, apenas 20% da terra pode ser aproveitada para a produção – o restante deve ser preservado. Além disso, o Brasil, hoje, dispõe de um Código Florestal que é considerado um dos mais modernos do mundo. Mas, quando se olha para frente, a pergunta é clara: como seguir preservando?

Segundo Carla de Freitas, o caminho é legalizar todas as terras. “As áreas devem ser muito bem remarcadas e legalizadas, de uma forma bem feita. As pessoas precisam estar perante a lei, respondendo como qualquer cidadão. Acredito que o fundamental é que todos os agentes envolvidos neste processo entendam as particularidades da região amazônica, que têm muitas diferenças entre si”, disse.

Agro foi tema de webinário

O agronegócio foi tema do mais recente webinário do Clube Millenium, realizado na segunda-feira. O sócio-diretor da Biomarketing, José Luiz Tejon, e a presidente da Damha Agronegócios e conselheira do Instituto Millenium, Maria Stella Damha; conversaram com a sócia-fundadora do escritório Pineda e Krahn Sociedade de Advogados, Samanta Pineda, sobre a situação do setor no país.

A sustentabilidade foi um tema amplamente abordado. Para Maria Stella Damha, a forma como as informações sobre meio ambiente e preservação são divulgadas precisam ser revistas. Damha destacou a legislação brasileira. “Nosso Código Florestal é compatível com a agricultura, existe responsabilidade do produtor rural em sua propriedade”, destacou.

Tejon, por sua vez, destacou a necessidade de uma recontagem na participação do agro no PIB brasileiro: apesar de os 23,5% serem bastante representativos, este número significa apenas os impactos diretos do setor. “Com planejamento estratégico, perceberemos que na cadeia produtiva, antes, dentro e pós-porteira, esses 23,5% serão capazes de influenciar pelo menos outros 23,5%. Essa é a dimensão real do agro”, explicou.

Fonte: Revista Exame


Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (24) Acrocomia aculeata (51) Agricultura (126) Agroenergia (120) Agroindústria (21) Agronegócio (128) Agropecuária (38) Água (4) Àgua (1) Alimentos (306) Amazônia (26) animal nutition (1) ANP (66) Arte (1) Artigo (30) Aspectos Gerais (177) Aviação (31) Aviation market (17) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (381) Biodiesel (271) Biodiversidade (3) Bioeconomia (64) Bioeletricidade (25) Bioenergia (168) Biofertilizantes (5) Biofuels (102) Bioinsumos (3) Biomass (7) Biomassa (86) Biomateriais (6) Biopolímeros (8) Bioproducts (2) Bioprodutos (16) Bioquerosene (38) Biorrefinaria (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (68) Bolsa de Valores (22) Brasil (14) Brazil (28) Cadeia Produtiva (14) Capacitação (9) Carbonatação (1) Carbono Zero (8) Carvão Ativado (6) CBios (47) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (8) Cerrado (13) Ciência e Tecnologia (299) Clima e ambiente (244) climate changed (45) CNA (1) Cogeração de energia (29) Combustíveis (84) Combustíveis Fósseis (28) Comércio (15) Consciência Ecológica (22) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (30) Crédito de Carbono (38) Crédito Rural (2) Créditos de Descarbonização (22) Culinária (1) Cultivo (120) Curso (3) Dados (1) Davos (3) Dendê (1) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (130) Desmatamento (1) Diesel (13) Diesel Verde (13) eco-friendly (4) Economia (65) Economia Circular (6) Economia Internacional (109) Economia Verde (170) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (15) Eficiência energética (42) Emissões de Carbono (4) Empreendedorismo (4) Empresas (33) Energia (83) Energia Renovável (237) Energia Solar Fotovoltaica (18) Etanol (67) Europa (1) event (11) Eventos (117) Exportações (69) Extrativismo (51) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (6) Floresta plantada (100) Fomento (9) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (26) Gás (3) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (102) Green Economy (126) health (22) IBP (1) Incentivos (4) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (86) Instituição (1) Investimento (2) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (45) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (560) Madeira (11) Mamona (1) Manejo e Conservação (93) MAPA (12) Matéria Prima (1) matérias-primas (1) Meio Ambiente (186) Melhoramento e Diversidade Genética (67) Mercado (4027) Mercado de Combustíveis (57) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (65) Mercado Internacional (38) Metas (2) Milho (13) MME (25) Mudanças Climáticas (18) Mundo (44) Nações Unidas (1) net-zero (9) Nutrição animal (17) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (81) Oleochemicals (8) Óleos (246) Óleos Essenciais (4) Óleos Vegetais (1) ONGs (1) ONU (9) Oportunidade (1) Oportunidades (1) other (1) Palma (18) Paris Agreement (87) Pecuária (78) Pegada de Carbono (81) Personal Care (3) Pesquisa (39) Petrobras (9) Petróleo (25) PIB (2) pirólise (3) Plant Based (18) Política (74) Preços (29) Preservação Ambiental (25) Produção Animal (6) Produção Sustentável (38) Produção vegetal (2) Produtividade (32) Produtos (150) Proteção Ambiental (9) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) Recuperação de área Degradada (43) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (1) Relatório (8) renewable energy (19) RenovaBio (50) Research and Development (10) Resíduos (5) SAF (3) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (92) science and technology (46) Sebo (5) Segurança Alimentar (90) Segurança Energética (12) Selo Social (5) Sistema Agroflorestal (21) Sistemas Integrados (10) Sociobiodiersidade (1) Soil (9) Soja (57) Solos (27) Sustainability (54) Sustainable Energy (67) Sustentabilidade (512) Tecnologia (26) Transportes (5) Turismo Sustentável (3) Unica (1) Vídeo (234) World (1) World Economy (78) Zero-Carbon (1)

Total de visualizações de página