Buscar

“Temos grande capacidade para produção de biocombustíveis com potenciais competitivos imensos em relação a outros países”, diz Secretário em workshop

quinta-feira, julho 16, 2020

“O Brasil é um País de grandes oportunidades. Vamos vencer a crise e voltar mais fortes do que vínhamos até então. Temos grande capacidade para produção de biocombustíveis com diferenciais competitivos imensos em relação a outros países”, afirmou o Secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, José Mauro Ferreira Coelho, no 4º Workshop Petróleo & Gás – Uma visão de baixa emissão do Instituto de Engenharia.

Segundo o Secretário, as mudanças climáticas e a transição energética são uma realidade e um desafio para as políticas públicas. A demanda energética mundial e brasileira vai crescer e para atender à crescente demanda de energia, neste cenário de transição para economias de baixo carbono, as soluções são: maior eficiência energética, maior uso de biocombustíveis e otimização e produção de energia de mais baixo carbono.

A transição energética que vivemos vai privilegiar as fontes de baixo carbono, os biocombustíveis e as energia renováveis, como a eólica e a solar. “O gás natural é a última fronteira entre os combustíveis fósseis e os renováveis e também é uma fonte a ser privilegiada nesta transição.”

Além disso, o Secretário destacou as contribuições brasileiras em Acordos do Clima internacionais, como na COP de Paris, onde a meta brasileira estipulada para 2025 foi de reduzir em 37% as emissões em relação aos níveis de 2005. Na época, o País emitiu aproximadamente 2.738 milhões de toneladas de CO2 equivalentes. “O Brasil vem trabalhando e reduzindo suas emissões em vários setores.”

José Mauro também salientou a participação de renováveis na matriz energética brasileira: 45%, enquanto a média mundial é 14%. Sobre o RenovaBio, José Mauro afirmou que é a maior política de biocombustíveis do mundo. “Com o RenovaBio e todas as políticas públicas para o setor, esperamos chegar em 2030 com uma matriz energética com 48% de renováveis. Com grande participação de biocombustíveis, etanol, biodiesel, biogás, eólica e solar.”

Sobre biogás, ele afirmou que o Brasil tem potencial para produzir, até 2030, cerca de 45 milhões de metros cúbicos por dia de biogás – aproximadamente duas vezes o que o País importou da Bolívia nos últimos anos de gás natural.

Assessoria de Comunicação Social

Fonte: Ministério de Minas e Energia

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (23) Acrocomia aculeata (48) Agricultura (102) Agroenergia (119) Agroindústria (20) Agronegócio (115) Agropecuária (34) Água (1) Àgua (1) Alimentos (284) Amazônia (19) animal nutition (1) ANP (64) Arte (1) Artigo (26) Aspectos Gerais (177) Aviação (30) Aviation market (16) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (378) Biodiesel (268) Bioeconomia (57) Bioeletricidade (25) Bioenergia (165) Biofertilizantes (4) Biofuels (102) Bioinsumos (1) Biomass (7) Biomassa (85) Biomateriais (5) Biopolímeros (7) Bioproducts (2) Bioprodutos (15) Bioquerosene (36) Biotechnology (34) Biotecnologia (63) Bolsa de Valores (22) Brasil (11) Brazil (28) Cadeia Produtiva (14) Capacitação (7) Carbonatação (1) Carbono Zero (4) Carvão Ativado (6) CBios (47) CCEE (1) Celulose (6) Cerrado (12) Ciência e Tecnologia (284) Clima e ambiente (242) climate changed (42) CNA (1) Cogeração de energia (29) Combustíveis (84) Combustíveis Fósseis (26) Comércio (15) Consciência Ecológica (20) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (27) Crédito de Carbono (38) Crédito Rural (2) Créditos de Descarbonização (22) Cultivo (113) Curso (3) Dados (1) Davos (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (118) Desmatamento (1) Diesel (13) Diesel Verde (13) eco-friendly (4) Economia (65) Economia Circular (6) Economia Internacional (109) Economia Verde (169) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (14) Eficiência energética (40) Empreendedorismo (3) Empresas (26) Energia (82) Energia Renovável (235) Energia Solar Fotovoltaica (16) Etanol (66) Europa (1) event (10) Eventos (113) Exportações (67) Extrativismo (49) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (1) Floresta plantada (97) Fomento (9) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (26) Gás (3) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (98) Green Economy (125) health (22) IBP (1) Incentivos (4) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (78) Instituição (1) Investimento (1) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (45) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (556) Madeira (11) Mamona (1) Manejo e Conservação (90) MAPA (10) Matéria Prima (1) Meio Ambiente (171) Melhoramento e Diversidade Genética (67) Mercado (4021) Mercado de Combustíveis (57) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (64) Mercado Internacional (36) Metas (2) Milho (13) MME (25) Mudanças Climáticas (16) Mundo (35) Nações Unidas (1) net-zero (2) Nutrição animal (17) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (81) Oleochemicals (8) Óleos (242) Óleos Essenciais (3) ONGs (1) ONU (7) Oportunidade (1) Oportunidades (1) other (1) Palma (16) Paris Agreement (85) Pecuária (73) Pegada de Carbono (77) Personal Care (3) Pesquisa (33) Petrobras (9) Petróleo (24) PIB (2) pirólise (3) Plant Based (15) Política (74) Preços (28) Preservação Ambiental (20) Produção Animal (6) Produção Sustentável (38) Produtividade (31) Produtos (150) Proteção Ambiental (6) proteína vegetal (28) Recuperação de área Degradada (41) Recuperação Econômica (3) Relatório (8) renewable energy (18) RenovaBio (50) Research and Development (10) Resíduos (3) SAF (3) Safra (1) Saúde e Bem-Estar (90) science and technology (46) Sebo (4) Segurança Alimentar (78) Segurança Energética (12) Selo Social (4) Sistema Agroflorestal (20) Sistemas Integrados (8) Soil (9) Soja (57) Solos (22) Sustainability (51) Sustainable Energy (66) Sustentabilidade (492) Tecnologia (24) Transportes (5) Turismo Sustentável (3) Unica (1) Vídeo (233) World Economy (76)

Total de visualizações de página