Buscar

Superação da dormência em sementes de macaúba [Acrocomia aculeata (Jacq.) Loddiges ex Mart.]

terça-feira, julho 09, 2019



Autor: Aurélio Rubio Neto

Resumo: O trabalho foi realizado no Laboratório de Sementes do Instituto Federal Goiano Câmpus de Rio Verde, Estado de Goiás, visando acelerar e homogeneizar a germinação de sementes de macaúba. Para isso foi avaliado o efeito da escarificação física (remoção do tegumento na região do hilo), térmica (embebição das sementes em água aquecida a aproximadamente 100ºC, por dois e quatro minutos) e química (ácido sulfúrico 98%, por dois e quatro minutos), comparadas ao controle (ausência de escarificação), bem como o efeito da forma de embebição (rápida e lenta) e diferentes concentrações do ácido giberélico (0, 100 e 200 mg L-1) na porcentagem e velocidade de germinação. 

A mortalidade das sementes escarificadas e mantidas em germinador ocorrem em baixas porcentagens, porém em casa de vegetação esse número foi acima de 50% quando se utilizou a escarificação térmica em água quente e em ácido sulfúrico. 

A escarificação física, removendo o tegumento das sementes na região do hilo, favoreceu a germinação das sementes e a emergência das plântulas, sendo este o tipo de escarificação mais indicado para a superação da dormência nessa espécie. Não se obteve acréscimo na germinação das sementes com o ácido giberélico, independente da forma de aplicação nas sementes.

Para ter acesso ao artigo completo, clique aqui.

Fonte: Scielo

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página