Buscar

Sorgo africano pode ser avanço para biocombustíveis

sexta-feira, janeiro 04, 2019

Resultado de imagem para sorgo sacarino
Imagem Divulgação

“Uma vez que tenhamos os híbridos e a agronomia disponíveis, isso significa que as pessoas podem iniciar fábricas produzindo bioplásticos e biocombustíveis"


Uma pesquisa realizada pelo Centro Africano de Melhoramento de Cultivos na criação de sorgo pode ter implicações de longo alcance para as indústrias de biocombustíveis e bioplásticos na África do Sul. De acordo com o professor Mark Laing, os pesquisadores têm trabalhado no desenvolvimento de variedades de sorgo e beterraba sacarina. 

"Uma grande empresa de plásticos não conseguia o suficiente de etileno para fazer as quantidades de polietileno em ordem, então eles queriam começar sua própria usina de açúcar para polietileno e me abordaram sobre culturas de açúcar adequadas para o interior da África do Sul", comenta. 

Com financiamento da Agência de Inovação Tecnológica (TIA), que tem sede no Departamento de Ciência e Tecnologia da África do Sul (DST), Laing tem trabalhado em como produzir matéria-prima durante todo o ano em escala industrial, interligando o sorgo e a beterraba.  Seu interesse no projeto começou há cerca de 15 anos, quando o preço do petróleo subiu para US $ 150 o barril. 

Laing diz que o sorgo sacarino, que é naturalmente rico em açúcar, é tolerante à seca e produz 100 toneladas por hectare a 13-18% de açúcar em seis meses, comparado com a cana. “O mundo dos bioplásticos e biocombustíveis vai acontecer, mas na África no momento não pode decolar porque não tem culturas para alimentá-lo”, diz Laing, explicando sua motivação para a realização deste projeto. 

“Uma vez que tenhamos os híbridos e a agronomia disponíveis, isso significa que as pessoas podem iniciar fábricas produzindo bioplásticos e biocombustíveis. Essa tem sido a minha visão e o sorgo e a beterraba sacarina são as melhores culturas para isso. Podemos obter 31 toneladas de açúcar por hectare por ano se plantarmos essas duas culturas por seis meses cada uma”, conclui.

Fonte: Agrolink

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (23) Acrocomia aculeata (48) Agricultura (102) Agroenergia (119) Agroindústria (20) Agronegócio (115) Agropecuária (34) Água (1) Àgua (1) Alimentos (284) Amazônia (19) animal nutition (1) ANP (64) Arte (1) Artigo (26) Aspectos Gerais (177) Aviação (30) Aviation market (16) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (378) Biodiesel (268) Bioeconomia (57) Bioeletricidade (25) Bioenergia (165) Biofertilizantes (4) Biofuels (102) Bioinsumos (1) Biomass (7) Biomassa (85) Biomateriais (5) Biopolímeros (7) Bioproducts (2) Bioprodutos (15) Bioquerosene (36) Biotechnology (34) Biotecnologia (63) Bolsa de Valores (22) Brasil (11) Brazil (28) Cadeia Produtiva (14) Capacitação (7) Carbonatação (1) Carbono Zero (4) Carvão Ativado (6) CBios (47) CCEE (1) Celulose (6) Cerrado (12) Ciência e Tecnologia (284) Clima e ambiente (242) climate changed (42) CNA (1) Cogeração de energia (29) Combustíveis (84) Combustíveis Fósseis (26) Comércio (15) Consciência Ecológica (20) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (27) Crédito de Carbono (38) Crédito Rural (2) Créditos de Descarbonização (22) Cultivo (113) Curso (3) Dados (1) Davos (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (118) Desmatamento (1) Diesel (13) Diesel Verde (13) eco-friendly (4) Economia (65) Economia Circular (6) Economia Internacional (109) Economia Verde (169) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (14) Eficiência energética (40) Empreendedorismo (3) Empresas (26) Energia (82) Energia Renovável (235) Energia Solar Fotovoltaica (16) Etanol (66) Europa (1) event (10) Eventos (113) Exportações (67) Extrativismo (49) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (1) Floresta plantada (97) Fomento (9) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (26) Gás (3) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (98) Green Economy (125) health (22) IBP (1) Incentivos (4) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (78) Instituição (1) Investimento (1) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (45) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (556) Madeira (11) Mamona (1) Manejo e Conservação (90) MAPA (10) Matéria Prima (1) Meio Ambiente (171) Melhoramento e Diversidade Genética (67) Mercado (4021) Mercado de Combustíveis (57) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (64) Mercado Internacional (36) Metas (2) Milho (13) MME (25) Mudanças Climáticas (16) Mundo (35) Nações Unidas (1) net-zero (2) Nutrição animal (17) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (81) Oleochemicals (8) Óleos (242) Óleos Essenciais (3) ONGs (1) ONU (7) Oportunidade (1) Oportunidades (1) other (1) Palma (16) Paris Agreement (85) Pecuária (73) Pegada de Carbono (77) Personal Care (3) Pesquisa (33) Petrobras (9) Petróleo (24) PIB (2) pirólise (3) Plant Based (15) Política (74) Preços (28) Preservação Ambiental (20) Produção Animal (6) Produção Sustentável (38) Produtividade (31) Produtos (150) Proteção Ambiental (6) proteína vegetal (28) Recuperação de área Degradada (41) Recuperação Econômica (3) Relatório (8) renewable energy (18) RenovaBio (50) Research and Development (10) Resíduos (3) SAF (3) Safra (1) Saúde e Bem-Estar (90) science and technology (46) Sebo (4) Segurança Alimentar (78) Segurança Energética (12) Selo Social (4) Sistema Agroflorestal (20) Sistemas Integrados (8) Soil (9) Soja (57) Solos (22) Sustainability (51) Sustainable Energy (66) Sustentabilidade (492) Tecnologia (24) Transportes (5) Turismo Sustentável (3) Unica (1) Vídeo (233) World Economy (76)

Total de visualizações de página