Buscar

Cresce contratações do Plano ABC em 2018

terça-feira, dezembro 11, 2018

Valor contratado obteve uma alta de mais de 100% comparado a 2017

Desempenho dos Estados no atual ano-safra foi bem distribuído entre as regiões brasileiras


Em um comparativo com o período entre julho e novembro de 2017, os financiamentos do Plano Agricultura de Baixo Carbono do no Plano Agrícola e Pecuário 2018/2019, cresceram 57% no número de contratos e obtiveram alta de 104% no valor contratado.

Os valores, neste período, já chegaram a R$ 1,03 bilhão. A redução de 8% para 6,5% ao ano na taxa de juros da linha de crédito em relação ao ano anterior foi um estímulo aos produtores para a tomada de crédito.

As tecnologias principais do Plano ABC como recuperação de pastagens degradadas, integração lavoura-pecuária-floresta, sistema de plantio direto e florestas plantadas, obtiveram incremento nos valores em quase todos os itens (contratos, valor financiado e área financiada), exceto na linha de florestas plantadas, que apresentou redução de 4% na sua área.

Todos as outras modalidades apresentaram aumento de 20% a 266%, sendo este último em termos de valor contratado nos projetos de Integração, Lavoura, Pecuária, Floresta (ILPF). Já em relação aos valores contratados, o maior incremento foi no Pará, com mais de 825%, Pernambuco, com quase 590% e Espírito Santo, com mais de 500%. O incremento no número de contratos, foi liderado também pelo Pará com 475% de aumento, após o Espírito Santo com 375% e Mato Grosso com 216%.

Em relação aos números absolutos, Minas Gerais é o Estado que mais contribuiu para os números obtidos neste atual ano-safra nos números de contratos, valor financiado e área financiada, com mais de 19% do nº de contratos, mais de 15% do valor contratado e quase 14% da área financiada.

São Paulo é vem na sequência em número de contratos, com mais de 14%, e Tocantins fecha a lista com mais de 9,6% neste quesito.Quanto ao valor contratado, Minas Gerais é seguido da Bahia com mais de 10% e, logo a seguir, vem o Pará com 9,3%.

Crescimento. A linha de crédito alcançou mais de 34 mil contratos e ultrapassou a marca de R$ 17 bilhões de reais, agregando mais de 9,1 milhões de hectares com as práticas conservacionistas. Desde janeiro de 2013, até o último mês.

Os números foram obtidos com financiamento realizado em mais da metade dos 5.570 municípios brasileiros, diferentes regiões e biomas do Brasil. Todas as regiões registraram expansão no número de contratos do ABC, no valor financiado e na área atual safra.

A região que obteve o maior incremento foi a Centro Oeste, seguida da região Sudeste. Já a Nordeste foi a terceira em contratos e valor financiado e a região Norte, a terceira em área financiada. A Sul foi a que apresentou os menores índices de crescimento, mas ainda assim, o menor incremento foi na área financiada, com aumento de cerca de 20%.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe Feed&food.

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Acordo Internacional (1) Acrocomia aculeata (23) Alimentos (235) animal nutition (1) Arte (1) Aspectos Gerais (177) Aviação (27) Aviation market (14) Biochemistry (2) Biocombustíveis (191) Biodiesel (96) Bioeconomia (18) Bioeletricidade (5) Bioenergia (8) Biofertilizantes (2) Biofuels (91) Biomass (7) Biomassa (63) Biopolímeros (5) Bioquerosene (20) Biotechnology (26) Biotecnologia (13) Brazil (26) Cadeia Produtiva (1) Carvão Ativado (4) CCEE (1) Cerrado (5) Ciência e Tecnologia (196) Clima e ambiente (193) climate changed (31) Cogeração de energia (11) Combustíveis (5) Consciência Ecológica (2) COP24 (76) COP25 (19) Cosméticos (21) Crédito de Carbono (33) Cultivo (96) Davos (2) Desenvolvimento Sustentável (4) eco-friendly (4) Economia (11) Economia Internacional (70) Economia Verde (164) Economy (28) Ecosystem (1) Efeito estufa (9) Eficiência energética (4) Empreendedorismo (1) Energia (29) Energia Renovável (171) Etanol (2) event (6) Eventos (81) Exportações (1) Extrativismo (21) FAO (1) Farelos (27) farm (1) Fibras (8) Floresta plantada (71) Food (41) food security (4) forest (1) Fuels (22) Gastronomia (1) Global warming (82) Green Economy (123) health (22) Industry 4.0 (1) Inovação (1) IPCC (14) Lignina (1) livestock (4) Low-Carbon (40) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (528) Mamona (1) Manejo e Conservação (48) Meio Ambiente (95) Melhoramento e Diversidade Genética (56) Mercado (3883) Mercado florestal (51) Nutrição animal (17) nutrition (9) Oil (49) Oleaginosas (8) Oleochemicals (5) Óleos (220) Óleos Essenciais (1) other (1) Palma (1) Paris Agreement (72) Pecuária (65) Pegada de Carbono (54) Personal Care (1) pirólise (2) Plant Based (10) Política (55) Preservação Ambiental (2) Produção Animal (1) Produtos (150) proteína vegetal (27) Recuperação de área Degradada (31) Relatório (1) renewable energy (12) Research and Development (8) SAF (1) Saúde e Bem-Estar (82) science and technology (37) Segurança Alimentar (51) Sistema Agroflorestal (3) Soil (8) Solos (11) Sustainability (44) Sustainable Energy (57) Sustentabilidade (351) Vídeo (200) World Economy (71)

Total de visualizações de página