Buscar

Shell se une a startup para transformar borra de café em combustível para ônibus

terça-feira, abril 10, 2018

A startup britânica de energia limpa bio-bean criou, em parceria com a Shell e a Argent Energy, um processo capaz transformar o que iria para o lixo em biocombustível

Resultado de imagem para borra de café em combustível para ônibus
“Esse é um grande exemplo do que pode ser feito quando reimaginamos o lixo como um recurso inexplorado”, comenta o fundador da bio-bean, Arthur Key.
Depois de três anos de pesquisa e incentivo da Shell, que ajudou nas pesquisas e experimentos, a companhia foi capaz de gerar 6 mil litros do “óleo de café” B20, uma mistura com diesel e outros elementos. Isso é o suficiente para alimentar um ônibus londrino adaptado durante um ano todo, com baixa emissão de gás carbônico.
“Os grãos de café utilizados são altamente calóricos e contêm compostos valiosos. Isso os torna matéria-prima ideal para produzir combustíveis limpos”, diz o site da empresa, que também comercializa “toras de café”, usadas como alternativas às toras de madeiras em lareiras e fogões à lenha.
Expansão pode chegar ao Brasil
A bio-bean estima que a Grã-Bretanha produza 500 toneladas de grãos e borras de café ao longo de um ano. Tudo isso costuma ser descartado em aterros, onde podem emitir gases nocivos durante a decomposição. Com o sucesso local, Arthur espera levar a ideia para outros lugares do mundo, incluindo os Estados Unidos e o Brasil.
“Há um potencial imenso do projeto ser expandido para os Estados Unidos, onde as pessoas mais bebem café em todo o planeta, são mais de 400 milhões de copos por dia”, contabiliza o site da startup.
“O Brasil é um destino certo para o negócio porque bebe 140 bilhões de xícaras de café por ano”, diz, segundo a Folha de S. Paulo. A implementação de algo semelhante no Brasil, de acordo com a própria Shell, depende do interesse de outras empresas nacionais.

Fonte: Ambiente Energia

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Total de visualizações de página