Buscar

DICAS: Confira as melhores dicas de manejo para vencer a resistência da traça do tomateiro

terça-feira, julho 05, 2022


Controle de traça do tomateiro, Tuta absoluta 

A tomaticultura é uma atividade econômica e social muito importante no Brasil, gerando renda e empregos. O Brasil é o décimo produtor mundial de tomates com produção anual em torno de 3,75 milhões de toneladas em uma área aproximada de 52 mil hectares.

Vários insetos-pragas atacam o tomateiro, mas as pragas-chave são determinantes da produção. Dentre estas, a traça do tomateiro (Tuta absoluta) é em geral a mais importante pelas perdas que causa e por sua distribuição no mundo. Ela ataca não somente as partes vegetativas do tomateiro, mas também os frutos, exigindo um cuidado constante por parte do produtor. Desde a sua entrada nos primeiros anos de 1980 no Brasil, a traça do tomateiro vem apresentando cada vez mais dificuldades aos produtores no seu controle. O uso quase que exclusivo de pesticidas nas lavouras de tomateiro tem agravado o controle desta praga, particularmente pela facilidade que esta tem apresentado em desenvolver resistência aos inseticidas. Desta forma, é muito importante que outras táticas de controle e de manejo de resistência sejam inseridas na filosofia do manejo de pragas, buscando a convivência com a praga.

Assim, convidamos Herbert Siqueira, Engenheiro Agrônomo e professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco – Campus Recife, para falar sobre a traça do tomateiro e algumas táticas de controle que podem ser implementadas.

A traça do tomateiro, Tuta absoluta

A traça do tomateiro é um inseto que apresenta desenvolvimento completo (ovo-larva-pupa-adulto) que em torno de 25oC completa seu ciclo em cerca de 30 dias. Quanto à fenologia da planta, é uma praga que ocorre desde o viveiro de mudas até a colheita. No Brasil, ela é um problema da tomaticultura, porém em outros países ela ocorre em outras culturas como batata e berinjela. No entanto, ela usa como hospedeiros a jurubeba e a maria-preta, dentre outras plantas no Brasil. Assim, o manejo adequado de plantas daninhas e plantas espontâneas na área cultivada é muito importante para o controle da traça do tomateiro.

A fase da praga que causa injúrias na planta é a larval, a qual causa redução da área fotossintética ao minar folhas, quebra de dominância apical e broqueamento de flores e frutos, levando a perdas diretas da produção. No entanto, a fase adulta é igualmente importante porque é responsável pela reprodução e dispersão da praga. Populações de pragas são em geral reguladas naturalmente por fatores bióticos (predadores, parasitoides e doenças) e abióticos (fatores climáticos). A precipitação pluviométrica tem papel importante na redução das infestações de traça do tomateiro por eliminar principalmente ovos e larvas. Embora seja um inseto exótico, a traça do tomateiro tem encontrado no Brasil inúmeros inimigos naturais que têm desempenhado papel importante na regulação  

Dicas para reduzir as perdas na cultura

A manutenção da área de cultivo livre de ervas daninhas, particularmente as hospedeiras, é uma medida importante para diminuição das infestações. No entanto,  a preservação de áreas adjacentes é uma medida interessante não somente para preservação de genótipos suscetíveis da traça do tomateiro, mas também para preservação de inimigos naturais.

Importante também que o produtor inclua no seu manejo o uso de feromônio para monitoramento da população de adultos, idealmente alguns dias antes do transplantio. Desta forma, ele terá ideia se a população está alta, o que poderá traduzir em alta quantidade de ovos. Associado a isto, o monitoramento de ovos é importante porque, em cerca de 4-5 dias, larvas irão eclodir e penetrar nas folhas. Este momento é crucial para o controle da T. absoluta. Após penetrarem nas folhas, o controle torna-se mais difícil. Seja qual for o produto larvicida aplicado, este será mais efetivo no momento da penetração da larva.

O uso de controle biológico aplicado, em particular com Trichogramma pretiosum, deve ser recomendado durante o monitoramento de adultos e ovos. Quando detectar os primeiros adultos/ovos, por volta de 40 a 50 dias após o transplantio, fazer as liberações do parasitoide. A liberação com maior frequência na semana apresenta eficácia maior do que uma única aplicação. Paralelamente, deve-se fazer uma aplicação de Bacillus thuringiensis na semana, para controle de larvas que eventualmente escaparam à liberação do parasitoide.

O uso do controle químico deve ser utilizado quando as infestações atingirem o nível de controle, 20% de folhas minadas e 1% de frutos broqueados. Estes são determinados a partir da amostragem de 20 amostras (5 plantas por amostra) dentro do talhão. Alguns aspectos são importantes na tomada de decisão e escolha do defensivo. A eficiência do produto é o mais importante para contenção de altas infestações, mas não menos importante, a seletividade em favor dos inimigos naturais tem papel crucial na preservação destes, os quais atuarão sobre eventuais sobreviventes à pulverização, que incluem os resistentes. No controle químico, o custo é muito importante, porém o produtor deve ter cuidado com as armadilhas. A reaplicação de produtos baratos se tornará cara com o agravante dos efeitos colaterais de sucessivas aplicações.

A resistência da traça do tomateiro é hoje um problema amplamente relatado. Esta espécie tem desenvolvido resistência a praticamente todos os grupos químicos de pesticidas registrados para seu controle. O ataque múltiplo (ex.: rotação de modos de ação) é uma medida importante, mas não deve ser a única. O conhecimento das bases que regem cada uma das resistência possibilita o estabelecimento de outras estratégias e/ou táticas de manejo. Aliado a isto, é importante o monitoramento das resistências, não somente para saber o momento adequado para a troca do produto (Modo de Ação), mas também verificar o sucesso do programa de manejo de resistência. 

Por fim, como medida de combate à resistência e aos surtos da praga, o produtor deve fazer a eliminação dos restos culturais tão logo ele finalize a colheita.

Prof. Herbert Siqueira

Fonte: Agrolink

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (27) ABC Plan (1) abiotic stresses (3) Abiove (10) ácaros (1) acerola (2) acordo (1) Acordo Internacional (43) Acrocomia aculeata (78) açucar (1) Adubação (4) adubação orgânica (1) adubos (2) Adubos organominerais (1) Africa (5) agribusiness (74) Agricultura (498) Agricultura 4.0 (23) agricultura digital (3) agricultura familiar (7) agricultura orgânica (6) agricultura sustentável (2) agricultural (4) agriculture (93) agriculture 4.0 (4) agrochemistry (1) Agroenergia (200) agroenergy (18) Agrofloresta (3) Agroindústria (68) agroindustry (9) agrometeorologia (1) Agronegócio (396) Agropecuária (85) agrotóxicos (2) Água (26) Àgua (1) air pollution (1) algodão (2) Alimentação Saudável (27) Alimentos (392) amazon (3) amazon monitoring (4) Amazônia (106) Ambiente (1) Ambition 2030 (1) amêndoas (1) amendoim (2) ANDA (1) animal breeding (2) animal health (2) animal nutition (1) animal production (7) ANP (117) antioxidants (1) anvisa (3) aplicação de insumos (1) APPs (4) Aprobio (1) aquaculture (3) aquecimento global (6) aquecimento golbal. (1) argentina (8) armazenamento (2) arroz (1) Arte (1) artificial intelligence (2) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (42) avian influenza (2) Aviation fuel (19) Aviation market (24) avicultura (1) Azeite (2) B10 (5) B12 (6) B13 (2) b14 (2) b15 (2) b40 (1) bacteria (2) banco de germoplasma (1) bancos (1) banks (2) barley (1) based protein (1) Bebidas (3) beef (1) bees (2) Benefícios ambientais (1) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (575) Biodefensivos (13) Biodiesel (402) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (26) biodiversity (19) Bioeconomia (128) Bioeconomia Agronegócio (1) bioeconomy (1) Bioeletricidade (27) Bioenergia (219) bioenergy (4) bioetanol (1) bioethanol (3) Biofertilizantes (17) biofertilizers (3) Biofuels (155) biofuels market (13) biogas (3) Bioinsumos (28) Biologia do Solo (1) biological nitrogen fixation (1) Biomas (20) Biomass (7) Biomassa (95) Biomateriais (6) biomes (4) biometano (4) biopesticides (4) Bioplastic (1) bioplásticos (3) bioplastics (1) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (29) Bioquerosene (52) biorefinery (1) Biorrefinaria (4) Biorrenováveis (1) Biotechnology (40) Biotecnologia (90) BNDES (5) bolivia (1) Bolsa de Valores (41) boron (1) bovinocultura (1) Brahman (1) bran (1) Brasil (154) Brazil (64) breeding (2) Caatinga (1) Cacau (8) Cadeia Produtiva (24) café (5) calcium (1) Cambodia (1) cana-de-açucar (11) cana-de-açúcar (3) canada (3) Canadá (1) cannabis (1) canola (1) Capacitação (31) CAR (5) carbon credit (7) carbon dioxide (1) carbon emissions (20) carbon market (5) carbon sequestration (4) Carbonatação (1) Carbono (14) carbono negativo (1) Carbono Neutro (13) Carbono Zero (26) carne orgânica (1) carnes (4) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (8) cattle (1) CBios (80) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (19) central america (1) cereais de inverno (2) cereals (13) Cerrado (37) Certificação (1) certification (1) Chile (3) china (18) Chuvas (17) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (481) circular economy (3) cítricos (1) citros (4) Classificação (1) Clima e ambiente (336) Clima e ambiente Preços (2) climate and environment (34) climate change (56) climate changed (68) CNA (2) CNPE (3) coal (1) Código Florestal (6) Cogeração de energia (30) colheita (4) Colombia (2) Combustíveis (118) Combustíveis Fósseis (42) Combustíveis verde (6) comercialização (1) Comércio (49) commodity (8) comodities (1) complexo soja (5) Consciência Ecológica (28) conservação (1) conservação de alimentos (2) conservation units (2) controlled fires (1) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (27) cop27 (2) Copolímeros (2) coqueiro (1) corn (26) Cosméticos (40) cotton (5) covid-19 (1) Crédito de Carbono (65) Crédito Rural (21) Créditos de Descarbonização (30) CRISPR-Cas9 (1) crop 21/22 (1) crop 22/23 (1) crops (1) Culinária (1) Cultivo (122) cultivo de grãos (3) cultura energética (1) Culturas Perenes. Agricultura (6) Curso (14) Dados (1) dairy products (2) Davos (4) decarbonization (2) decarbonization credits (3) defensivos (3) deforestation (14) demandaXoferta (2) Dendê (5) derivados do leite (1) Desafios (3) Descarbonização (30) descarbonization (7) desenvolvimento econômico (3) desenvolvimento rural (3) Desenvolvimento Sustentável (247) desert (1) Desmatamento (35) Diesel (27) Diesel Verde (24) digital agriculture (2) discovery (1) diseases (6) diversidade (2) Doenças Vegetais (7) domestic market (1) drones (5) droughts (6) eco-friendly (5) ecology (1) Economia (167) Economia Circular (18) Economia Internacional (154) Economia Sustentável (5) Economia Verde (185) Economy (52) ecossitemas (2) Ecosystem (9) Ecosystem services (4) Educação (1) education (1) Efeito estufa (25) Eficiência energética (56) egypt (1) eletric power (1) emater (3) Embrapa (74) Emissões de Carbono (74) Empreendedorismo (9) Empresas (170) Energia (108) energia eólica (1) energia limpa (26) Energia Renovável (277) Energia Solar Fotovoltaica (25) energy (3) energy crisis (3) energy security (5) energy transition (8) engenharia (2) entomologia (14) entomology (5) environment (39) environment issues (3) environment protection (9) environmental benefits (3) environmental conservation (10) environmental policies (17) enzimas (1) enzymes (1) erva-mate (1) ervas daninhas (1) ESG (32) espécies ameaçadas (1) espécies nativas (1) essential oils (1) estiagem (1) estresse hídrico (2) estresses abióticos (2) Estudo (5) Etanol (119) ethanol (17) etileno (1) EU (10) eucalipto (2) Europa (2) europe (7) event (11) Eventos (178) exploração de madeira (1) Exportações (132) exports (31) extensão (1) Extrativismo (65) factory (1) FAO (14) Farelos (53) farm (1) fatty acids (1) fauna (1) feijão (2) Fertilidade (18) fertility (3) fertilizantes (13) Fertilizers (28) Fibras (12) fibres (1) Finanças (5) Financiamento (2) fiscalização (2) fishing (1) fisiologia vegetal (1) fitopatologia (12) Fitossanidade (11) Fixação de Nitrogênio (2) flavored rice (1) flax (1) Floresta (58) Floresta plantada (123) floricultura (4) floriculture (2) Fomento (42) Food (47) food crisis (1) food production (4) food safety (6) food security (38) foreign market (2) forest (13) forest code (1) forest fires (7) forest management (4) forest products (1) forest restoration (2) forestry (1) Fosfato (3) fósforo (1) fossil fuels (5) fotossíntese (2) fruit growing (4) Fruticultura (66) Fuels (28) full color (1) functional redundancy (1) G7 (2) gabrage (1) Gamificação (1) Gás (4) Gás natural (2) Gasolina (4) Gastronomia (1) gdp (1) GEE (49) genetic engineering (27) genetic improvement (7) Genome (1) geração de emprego (1) Germany (4) girassol (2) Glicerina (2) Global warming (148) GM (1) governance (2) grain (11) grãos (2) grape (1) green ammonia (1) green cement (1) green chemistry (1) green consumerism (1) green diesel (1) Green Economy (134) green hydrogen (4) green steel (1) greenhouse gases (32) Guerra (3) Guerra RussiaxUcrânia (4) Harvest (4) health (27) herbicidas (2) híbridos (1) Hidrogênio Verde (7) História (1) horticultura (3) horticulture (2) hybrid (1) hydrogen (4) IBP (1) ICMS (1) ILPF (15) iluminação (1) impacto ambiental (2) import (5) importação (7) impostos (8) incêndios (1) incêndios florestais (5) Incentivos (4) India (8) indigenous knowledge (1) indigenous lands (3) indíos (1) Indonesia (5) indústria (2) Industry (2) Industry 4.0 (2) inflação (1) inflation (1) innovation (11) Ìnovaç (1) Inovação (221) insects (2) inseticidas (1) insetos (4) inspections (1) Instituição (1) Insumos (41) integrated pest management (9) integrated systems (3) inteligência artificial (4) international agreement (7) international economy (24) international trade (5) Investimento (13) Investimentos (3) IPC (1) IPCC (18) IPFL (1) Irrigação (5) irrigation (2) jabuticaba (1) JBS (1) kinetic energy (1) L72 (4) L73 (7) land use (5) LED's (1) Legislação (60) legislation (17) Leguminosas (3) leite (1) licenciamento ambiental (3) liga árabe (1) lignin (1) Lignina (9) livestock (18) livestock farming (1) logística (2) logistics (1) Low Impact Agriculture (2) Low-Carbon (64) Lubrificantes e Óleos (20) macarrão (1) Macaúba (612) machine learning (1) Madeira (28) Malaysia (1) Mamona (1) management (5) mandioca (2) manegement (2) Manejo (40) Manejo e Conservação (138) manejo integrado de pragas (10) manejo sustentável (1) manure (1) MAPA (71) Máquinas e equipamentos (4) marine ecosystems (1) Market (4) Mata Atlântica (12) matéria orgânica (1) Matéria Prima (5) Matéria-Prima (4) matéria-prima renovável (1) Matéria-PrimaResíduos (2) matérias-primas (4) MCTI (3) meat (5) medicinal cannabis (1) Medida Provisória (1) Meio Ambiente (433) Melhoramento e Diversidade Genética (114) Mercado (4150) mercado de carbono (7) Mercado de Combustíveis (92) Mercado de fertilizantes (1) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (78) mercado global (1) Mercado Internacional (94) metano (2) Metas (5) methane (7) Micotoxinas (1) microbiologia (2) microbiology (2) micromobility (1) micronutrient (1) Milho (65) Minas Gerais (1) Minas Gerias (1) Mineração (3) mineral nutrition (3) mining (3) ministério da economia (2) mirtilo (1) mites (1) MMA (5) MME (65) monitoramento (2) Morocco (2) Mudanças Climáticas (114) mudas (5) Mundo (203) Nações Unidas (4) NASA (1) national production (1) natural disasters (1) natural gas (2) nature (6) natureza (3) Negócios (13) nematoides (2) nergia limpa (1) net-zero (47) neutral carbon (1) Neutralidade Tributária (2) new species (1) new zealand (1) nitrogen (5) nitrogenand (1) nitrogênio (2) novos produtos (1) Nutrição animal (19) Nutrição Mineral (9) nutrição vegetal (1) nutrition (15) nutritional quality (2) ocean heat (1) oceans (1) OECD (6) OGM (1) Oil (54) Oil Food (1) Oleaginosas (143) óleo de palma (6) óleo de soja (9) Oleochemicals (11) Óleos (255) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (40) oliva (1) Olivicultura (1) OMC (4) ONGs (1) ONU (33) Oportunidade (9) Oportunidades (9) organic agriculture (2) organic food (1) other (1) otimização (1) oxidative stability (1) ozone layer (2) Palm (2) palm oil (6) Palma (36) palmeiras (9) pampa (1) pantanal (4) papel e celulose (1) PARAGUAY (1) Paris Agreement (100) partnership (1) pastagens (1) Pasture Management (1) Pasture Recovery (1) pecan (1) Pecuária (140) pecuária sustentável (1) Pegada de Carbono (108) Personal Care (3) Peru (1) Pesquisa (145) Pessoas (2) pesticides (8) pests (1) Petrobras (9) Petróleo (34) phosphates (4) phytoplankton (1) phytosanitary (4) PIB (16) pinhão-manso (2) pirólise (3) Piscicultura (1) pitaya (1) planejamento estratégico (1) Plano Safra (3) Plant Based (29) plant patology (1) plant production (9) Plant-Based (4) plantas daninhas (4) plantas de cobertura (1) plantio direto (2) pnpb (1) Política (102) Política Ambiental (46) política de preços de combustíveis (1) Políticas (1) políticas públicas (2) politics (5) pollination (1) polluting activities (1) pollution (4) pork (1) Portugal (1) pós-colheita (1) potássio (1) potassium (3) potato (2) poultry (1) pragas (15) Preços (85) Preservação Ambiental (77) prices (2) Produção Agrícola (59) Produção Animal (31) produção de alimentos (3) Produção Integrada (3) Produção Sustentável (82) Produção vegetal (51) production (1) productivity (17) Produtividade (155) Produtos (151) produtos florestais não madeireiros (2) Proteção Ambiental (21) proteção de nascentes (3) proteína animal (1) proteína vegetal (28) proteins (4) public health (9) Qualidade (14) qualidade da água (2) qualidade de vida (2) Qualidade do Ar (10) queimadas (1) química (1) químicos verdes (1) rapeseed (1) reciclagem (9) record (1) Recuperação Ambiental (8) Recuperação de área Degradada (55) Recuperação Econômica (3) Recycling (4) REDD+ (1) redução da poluição (3) Reflorestamento (37) reforestation (3) regulamentação (4) regulation (1) Relatório (17) renewable energy (47) renewable fuel (3) RenovaBio (100) renovaCalc (3) Report (2) research (5) Research and Development (26) Reservas Legais (3) Resíduos (29) resistence (3) Responsabilidade Social (1) rice (4) rotação de culturas (1) Russia (16) Rússia (1) Russia x Ukraine (31) Sabão (1) SAF (8) Safra (11) safra 21/22 (1) safra 22/23 (1) safrinha (1) Santa Catarina (1) Saúde e Bem-Estar (153) SBNs (1) science (4) science and technology (75) sea (1) sea levels (1) seaports (1) Sebo (6) seca (1) seeds (1) Segurança Alimentar (192) Segurança Energética (17) Selo Social (16) sementes (18) sequestro de carbono (5) serviços ambientais (1) sewage waste (1) silvicultura (4) Sistema Agroflorestal (47) Sistemas Integrados (38) social (1) social inequality (1) Sociobiodiersidade (9) Soil (11) soil biology (1) Soja (195) solar energy (1) solid waste (4) Solos (83) sorgo (1) south korea (1) southern Agricultural Council (1) soybean (11) soybean oil (2) soybeans (18) steam (1) storage (1) sugar (3) sugarcane (12) suinocultura (1) sunflower (7) sunflower oil (5) Sustainability (104) sustainable agriculture (2) Sustainable Development (14) Sustainable Energy (71) Sustentabilidade (766) swine (1) taxes (3) taxonomy (1) technology (13) Tecnologia (103) tecnologias digitais (3) Tempo (2) terras indígenas (2) Títulos verdes (3) transgenic (11) transgênicos (5) transição energética (11) Transportes (13) transports (9) trees (2) Trigo (9) tubers (1) Turismo Sustentável (7) turkey (1) ubrabio (5) Ucrânia (3) UK (1) Ukraine (9) Unica (1) Unidades de Conservação (4) urea (2) uruguay (1) USA (27) USDA (5) uso do solo (3) uva (1) vaccination (1) vaccine (1) vazio sanitário (1) vegetable nutrition (8) vegetable oils (9) versatilidade (1) Vídeo (281) vinhos (1) viruses (1) War (22) waste (1) water (2) webinar (1) wheat (17) wine (2) World (72) World Economy (87) WTO (1) ZARC (2) zero tariff (2) Zero-Carbon (3) zoneamento agrícola (5) zoneamento climático (2) zoneamento territorial (1) zootecnia (1)

Total de visualizações de página