Buscar

HP quer ser a empresa de tecnologia mais sustentável do mundo

domingo, abril 25, 2021



Na semana em que se comemorou o Dia da Terra (22/4) a HP anunciou algumas das metas climáticas mais agressivas e abrangentes da indústria de tecnologia. Os compromissos destacam o progresso que a empresa está fazendo para impulsionar uma economia de carbono zero líquido, totalmente regenerativa, reduzir sua pegada ambiental geral e fortalecer seus negócios a longo prazo para criar um portfólio mais sustentável de produtos e soluções. As medidas que a HP está conduzindo, baseadas em uma lista de metas para 2025, estão alinhadas com as Metas de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

“A mudança climática é o desafio mais importante de nossa geração, que exige ação e investimento imediatos”, disse Enrique Lores, presidente e CEO da HP. “Agora é um momento para movimentos ousados ​​e metas ambiciosas que protegerão nosso planeta e criarão novas fontes de inovação e crescimento em toda a economia global. Ao nos direcionarmos para as emissões líquidas de carbono zero em toda a nossa cadeia de valor até 2040, circularidade do produto e uma estrutura positiva para a floresta, aceleraremos nosso progresso e promoveremos a aspiração da HP de se tornar a empresa de tecnologia mais sustentável e justa do mundo”, enfatizou o executivo.

A fabricante afirma que seus esforços para causar um impacto sustentável nas pessoas, no planeta e nas comunidades estão integrados às estratégias e operações de negócios da HP e se tornaram um fator cada vez mais importante nas decisões de compra dos clientes. Os esforços de Impacto Sustentável da HP ajudaram a gerar mais de US $ 1 bilhão em ganhos de vendas em 2020 pelo segundo ano consecutivo.

Para atingir seus objetivos, a HP está focada em acelerar cinco direcionadores estratégicos destinados a dissociar o crescimento das emissões de carbono e consumo de recursos, impulsionar a inovação e transformar o design e os modelos de negócios:

Impressão e computação como serviço: renovação de suprimentos de impressão e hardware como serviço.

Materiais sustentáveis: aumentar o uso de materiais renováveis ​​e reciclados.

Descarbonização da cadeia de suprimentos: impulsionar e apoiar a redução de carbono do fornecedor, o uso de energia renovável e adoção de transporte de superfície e combustíveis alternativos e veículos elétricos para remessas de produtos.

Eficiência energética: projeto em tecnologias para o desenvolvimento de  produtos com maior eficiência energética.

Investimentos florestais: investimentos na restauração e proteção florestal e uso de materiais certificados ou reciclados


Emissões de carbono

Para atingir as metas, a HP será neutra em carbono em suas operações até 2025 e reduzirá as emissões de gases de efeito estufa (GEE) dos Escopos 1, 2 e 3 em 50% em termos absolutos até 2030, em comparação com 2019. A HP se compromete a ter 75% de seu conteúdo anual total de produto e embalagem (por peso) com materiais reciclados e renováveis até 2030. Essas ações ajudarão a posicionar a HP para alcançar emissões zero líquidas em sua cadeia de valor até 2040. Em linha com as ambições de circularidade da HP, as operações da HP terão zero desperdício em suas instalações gerenciadas até 2025. A organização de Suporte ao cliente da HP também será neutra em carbono tanto na HP quanto nas operações administradas por parceiros até 2030.

A HP se compromete a buscar e acelerar uma série de etapas, incluindo a habilitação de uma economia circular usando materiais mais sustentáveis, como plásticos e metais reciclados, e investindo na restauração e proteção florestal. Desde 1991, a HP manteve mais de 875 milhões de cartuchos HP, 114 milhões de cabides de roupas e 4,69 bilhões de garrafas plásticas pós-consumo fora de aterros sanitários – em vez disso, reciclando-os para fazer novos produtos HP. Depois de apresentar o portfólio de PCs mais sustentável do mundo, a HP continua a inovar em todo o seu portfólio de produtos e a trabalhar com os principais parceiros para atingir a circularidade. A HP é membro da NextWave Plastics, colaborando com vários setores para criar a primeira rede global de cadeias de suprimentos de plástico para o oceano.

A fabricante também afirma que foi a primeira empresa global de TI a publicar sua pegada de carbono completa e definir metas de redução de emissões de carbono para suas operações, cadeia de suprimentos, produtos e soluções. A HP estava entre os primeiros 10% das empresas com metas de redução de emissões de GEE aprovadas pela Science Based Targets Initiative, incluindo uma meta para reduzir suas emissões de Escopo 1 e 2 em 60% até 2025 em comparação com 2015.


Suprimentos

A HP transformará seu negócio de impressão de um modelo transacional em um modelo de serviços, enquanto reduz ativamente a pegada de carbono da empresa e seus produtos. Para acelerar a transição para uma cadeia de valor líquido zero, a HP se compromete com a neutralidade de carbono para seus negócios de suprimentos até 2030.

A empresa começará a transição de suprimentos para serem neutros em carbono, lançando o piloto HP Instant Ink com Planet Partners, aproveitando a reciclagem e os novos recursos de renovação para estender a vida dos suprimentos originais da HP. Esse piloto ajudará os clientes a diminuir o uso de plástico virgem e a diminuir o desperdício, incluindo plásticos do oceano, no caminho para a circularidade. Com lançamento previsto na Alemanha em maio de 2021, o HP Instant Ink com Planet Partners permitirá que os assinantes do HP Instant Ink optem por receber cartuchos reciclados. O uso de ponta a ponta da tecnologia e engenharia da HP é o que torna este piloto único. A confiabilidade consistente e a excelente qualidade de impressão dos suprimentos originais da HP significam menos reimpressões e menos desperdício.

Fonte: Inforchannel

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (34) Acrocomia aculeata (77) Agricultura (289) Agricultura 4.0 (6) agriculture (1) Agroenergia (130) Agroindústria (26) Agronegócio (240) Agropecuária (54) Água (22) Àgua (1) Alimentação Saudável (17) Alimentos (365) Amazônia (75) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (89) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (35) Aviation fuel (8) Aviation market (24) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (447) Biodefensivos (4) Biodiesel (339) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (13) Bioeconomia (124) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (26) Bioenergia (210) Biofertilizantes (11) Biofuels (104) Bioinsumos (16) Biomas (3) Biomass (7) Biomassa (90) Biomateriais (6) bioplásticos (3) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (26) Bioquerosene (48) Biorrefinaria (2) Biorrenováveis (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (85) BNDES (2) Bolsa de Valores (30) Brasil (78) Brazil (29) Cadeia Produtiva (16) Capacitação (31) CAR (4) Carbonatação (1) Carbono (6) Carbono Neutro (9) Carbono Zero (19) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (4) CBios (68) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (15) Cerrado (23) Chuvas (6) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (402) Clima e ambiente (285) Clima e ambiente Preços (2) climate changed (66) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (105) Combustíveis Fósseis (40) Combustíveis verde (1) Comércio (47) Consciência Ecológica (25) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (8) Copolímeros (2) Cosméticos (40) Crédito de Carbono (44) Crédito Rural (20) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (1) Curso (13) Dados (1) Davos (4) Dendê (5) Desafios (3) Descarbonização (4) Desenvolvimento Sustentável (189) Desmatamento (6) Diesel (21) Diesel Verde (22) eco-friendly (5) Economia (94) Economia Circular (13) Economia Internacional (114) Economia Sustentável (4) Economia Verde (174) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (19) Eficiência energética (55) Embrapa (6) Emissões de Carbono (62) Empreendedorismo (8) Empresas (170) Energia (104) energia limpa (17) Energia Renovável (256) Energia Solar Fotovoltaica (23) ESG (26) Estudo (2) Etanol (82) Europa (2) event (11) Eventos (174) Exportações (93) Extrativismo (63) FAO (6) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (3) Fibras (9) Finanças (5) Financiamento (2) Floresta (28) Floresta plantada (118) Fomento (42) Food (42) food security (8) forest (1) Fruticultura (14) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (3) Glicerina (2) Global warming (115) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (6) História (1) IBP (1) ILPF (5) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (200) Instituição (1) Insumos (5) Investimento (8) Investimentos (1) IPCC (15) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (12) Lignina (8) livestock (4) Low-Carbon (56) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (598) Madeira (22) Mamona (1) Manejo (1) Manejo e Conservação (114) MAPA (33) Máquinas e equipamentos (1) Mata Atlântica (5) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (4) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (311) Melhoramento e Diversidade Genética (73) Mercado (4127) Mercado de Combustíveis (67) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (75) Mercado Internacional (45) Metas (5) Micotoxinas (1) Milho (18) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (50) Mudanças Climáticas (42) mudas (3) Mundo (174) Nações Unidas (4) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (43) Nutrição animal (18) nutrition (10) Oil (51) Oleaginosas (102) Oleochemicals (11) Óleos (253) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (24) OMC (2) ONGs (1) ONU (15) Oportunidade (5) Oportunidades (9) other (1) Palm (2) Palma (32) palmeiras (4) Paris Agreement (94) Pecuária (91) Pegada de Carbono (105) Personal Care (3) Pesquisa (81) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (34) PIB (5) pirólise (3) Plano Safra (1) Plant Based (28) Plant-Based (2) Política (82) Política Ambiental (2) Políticas (1) políticas públicas (1) Preços (71) Preservação Ambiental (52) Produção Agrícola (3) Produção Animal (8) Produção Integrada (2) Produção Sustentável (65) Produção vegetal (10) Produtividade (54) Produtos (150) Proteção Ambiental (16) proteína vegetal (28) Qualidade (2) Qualidade do Ar (3) químicos verdes (1) reciclagem (1) Recuperação Ambiental (7) Recuperação de área Degradada (48) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (33) regulamentação (2) Relatório (17) renewable energy (19) RenovaBio (75) Report (2) Research and Development (11) Resíduos (18) Sabão (1) SAF (6) Safra (3) Saúde e Bem-Estar (133) science and technology (48) Sebo (5) Segurança Alimentar (160) Segurança Energética (15) Selo Social (13) sementes (2) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (41) Sistemas Integrados (24) Sociobiodiersidade (8) Soil (9) Soja (82) Solos (54) Sustainability (59) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (664) Tecnologia (58) Tempo (2) Títulos verdes (3) Transportes (5) Turismo Sustentável (7) Unica (1) Vídeo (270) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página