Buscar

Energia de biomassas estagna por dívida das hidrelétricas e leilões pouco atraentes

segunda-feira, outubro 14, 2019

Principal biomassa da cogeração, a cana que sobra do que é gerada de energia acaba sendo vendida para outros fins e vira eletricidade (Agrocan)
Havia uma expectativa de que a produção de energia elétrica de biomassas avançaria em 2019, já que há capacidade instalada e matéria-prima para tanto. Mas o bolo das dívidas das hidrelétricas cresceu e os leilões de vendas de energia continuaram com pouca atratividade. A chamada cogeração exportada pelas usinas ao sistema elétrico caiu e o total produzido a partir da queima do bagaço de cana, cavaco e outros não bateu nos 10% de tudo que se usa no Brasil para acender as luzes e funcionar as máquinas.

A queda de 2%, no acumulado de janeiro a agosto, é considerada até pequena pela Associação da Indústria de Cogeração de Energia (Cogen), porém mostra ao mínimo estagnação.

A ligação do mercado com a geração de energia hidráulica se dá indiretamente. As hidrelétricas não conseguiram produzir energia suficiente para atenderem os contratos, compraram energia no mercado livre e não pagaram. A estimativa é de um débito de R$ 8 bilhões sendo carregado há três anos.

Como é a Câmara de Comercialização de Energia (CCE) que faz a liquidação do spot, se as usinas cogeradoras produzissem a mais do que a sua garantia física – o lastro de sua produção – teriam crédito a receber.

“Então, como não há dinheiro, as indústrias não se sentem estimuladas a exportarem mais energia”, complementa Leonardo Caio, diretor de Regulação e Tecnologia da Cogen. A falta de recursos é pior que a baixa atividade econômica do Brasil que poderia fazer com o que o consumo fosse menor.

Ao invés de as empresas venderem mais, a R$ 250 o megawatt, preferem, no caso da biomassa da cana, venderem a tonelada de bagaço a R$ 60 para outras finalidades.

Ganham menos, mas com garantia de recebimento, e se livram de um passivo que vai se acumulando nas usinas com a sobra do bagaço se amontanhando, avalia Caio.

De janeiro a agosto, a cogeração que chegou ao sistema elétrico foi de 32.313 gigawatt-hora (GWH), contra 32.916 dos mesmos meses de 2018. Não deve sofrer muita alteração até o final do ano, segundo a Cogen, inclusive porque a cana de açúcar – 75% dos 51 mil GWH da produção brasileira de biomassa, cujo total anual é de 600 mil GWT -, já entra no final de safra, antecipada, no Centro-Sul.

Distribuição

Em paralelo ao cenário, há os casos dos leilões, cujas vendas sob contrato são menos arriscadas que a comercialização no mercado livre. “Ocorre – diz o diretor da Cogen – que pleiteamos o modelo de leilão conhecido de Geração Distribuída, com fixação de preços de acordo com cada local (e respectiva demanda) onde não haveria a instalação de uma usina geradora convencional”.

Além de melhorar a remuneração, também garantiria mais estabilidade técnica ao sistema elétrico e maior eficiência.

De certo modo, os investimentos em cogeração também ficaram estáveis, tanto no aumento da capacidade das 230 exportadoras de energia que estão atuando, quanto entre os novos entrantes – muitas usinas ainda só cogeram para consumo interno.

“Business têm”, afirma Leornardo Caio. Mas é preciso maiores garantias para retorno em menor prazo de investimentos que podem chegar a R$ 4 bilhões para se produzir 1 GWT.

Fonte: Money Times

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (31) Acrocomia aculeata (66) Agricultura (241) Agricultura 4.0 (5) agriculture (1) Agroenergia (126) Agroindústria (25) Agronegócio (210) Agropecuária (50) Água (19) Àgua (1) Alimentação Saudável (11) Alimentos (354) Amazônia (64) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (77) Arte (1) Artigo (44) Aspectos Gerais (177) Aviação (32) Aviation fuel (5) Aviation market (21) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (419) Biodefensivos (2) Biodiesel (316) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (9) Bioeconomia (105) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (25) Bioenergia (198) Biofertilizantes (10) Biofuels (103) Bioinsumos (10) Biomass (7) Biomassa (88) Biomateriais (6) bioplásticos (1) Biopolímeros (15) Bioproducts (2) Bioprodutos (21) Bioquerosene (43) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (82) BNDES (2) Bolsa de Valores (27) Brasil (45) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (26) CAR (3) Carbonatação (1) Carbono Neutro (3) Carbono Zero (17) Carvão Ativado (8) carvão vegetal (2) CBios (67) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (13) Cerrado (21) Chuvas (4) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (373) Clima e ambiente (271) Clima e ambiente Preços (1) climate changed (58) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (96) Combustíveis Fósseis (39) Comércio (45) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (39) Crédito de Carbono (41) Crédito Rural (13) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (1) Curso (6) Dados (1) Davos (4) Dendê (4) Desafios (3) Desenvolvimento Sustentável (170) Desmatamento (4) Diesel (18) Diesel Verde (21) eco-friendly (5) Economia (87) Economia Circular (10) Economia Internacional (113) Economia Sustentável (4) Economia Verde (173) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (18) Eficiência energética (52) Embrapa (2) Emissões de Carbono (51) Empreendedorismo (8) Empresas (128) Energia (95) energia limpa (10) Energia Renovável (252) Energia Solar Fotovoltaica (21) ESG (14) Estudo (2) Etanol (79) Europa (1) event (11) Eventos (146) Exportações (89) Extrativismo (61) FAO (6) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (5) Floresta (23) Floresta plantada (111) Fomento (37) Food (42) food security (8) forest (1) Fruticultura (6) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (3) Glicerina (2) Global warming (113) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (3) História (1) IBP (1) ILPF (2) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (160) Instituição (1) Insumos (2) Investimento (6) IPCC (14) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (10) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (51) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (582) Madeira (18) Mamona (1) Manejo e Conservação (104) MAPA (30) Máquinas e equipamentos (1) Mata Atlântica (4) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (273) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4099) Mercado de Combustíveis (65) Mercado Financeiro (10) Mercado florestal (72) Mercado Internacional (44) Metas (4) Micotoxinas (1) Milho (16) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (44) Mudanças Climáticas (34) mudas (2) Mundo (136) Nações Unidas (4) Negócios (7) net-zero (33) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (51) Oleaginosas (97) Oleochemicals (10) Óleos (250) Óleos Essenciais (7) Óleos Vegetais (18) OMC (2) ONGs (1) ONU (15) Oportunidade (5) Oportunidades (6) other (1) Palm (1) Palma (27) palmeiras (3) Paris Agreement (93) Pecuária (88) Pegada de Carbono (101) Personal Care (3) Pesquisa (75) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (32) PIB (5) pirólise (3) Plano Safra (1) Plant Based (27) Política (81) Política Ambiental (2) políticas públicas (1) Preços (60) Preservação Ambiental (44) Produção Animal (7) Produção Integrada (1) Produção Sustentável (57) Produção vegetal (10) Produtividade (48) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) químicos verdes (1) Recuperação Ambiental (4) Recuperação de área Degradada (45) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (24) regulamentação (2) Relatório (14) renewable energy (19) RenovaBio (71) Report (2) Research and Development (11) Resíduos (14) Sabão (1) SAF (6) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (123) science and technology (47) Sebo (5) Segurança Alimentar (137) Segurança Energética (13) Selo Social (11) sementes (2) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (37) Sistemas Integrados (21) Sociobiodiersidade (5) Soil (9) Soja (71) Solos (49) Sustainability (58) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (620) Tecnologia (48) Tempo (1) Títulos verdes (2) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (255) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página