Buscar

Preço do leite ao produtor tem alta de 13,7% no acumulado do trimestre

quinta-feira, março 21, 2019

leite 20 3 19 cortada na medida _ alcides okubo filho_embrapa

O 1º trimestre de 2019 tem se caracterizado pela menor oferta de leite no campo, pelo aumento da competição entre empresas para assegurar a compra de matéria-prima e por consequentes altas no preço ao produtor, segundo Natália Grigol, pesquisadora da equipe leite do Cepea-Esalq/USP. “Desde o início do ano, o valor do leite ao produtor acumulou alta de 13,7% na “Média Brasil” líquida”, diz ela, em análise sobre o setor publicada na edição de março do Boletim do Leite.

Conforme Natália, esse movimento de valorização deve permanecer em março (referente à captação de fevereiro), mas em menor intensidade frente ao observado no mês anterior – de janeiro para fevereiro, a “Média Brasil” líquida subiu 10%.

De acordo com pesquisadora do Cepea, a estiagem no Sudeste e no Centro-Oeste e o excesso de chuvas no Sul prejudicaram a atividade leiteira nos últimos meses. “Além disso, houve desestímulo de produtores no final do ano passado, tendo em vista a queda da receita e a alta nos custos de produção”, pontua.

No encerramento de 2018, as assimetrias de informações e ações especulativas também diminuíram a confiança de produtores em seguir aumentando a produção, acrescenta Natália, no texto publicado no boletim.

Alerta sobre sustentação de preço

A pesquisadora observa ainda que expressiva valorização do leite ao produtor já no início do ano desperta alerta sobre a sustentação desse movimento. “Em 2017, a oferta limitada de leite impulsionou as cotações no início do ano, mas o desequilíbrio entre oferta e demanda fez os valores despencarem a partir de junho.”

No entanto, ela ressalta que há diferenças entre o cenário atual e o do ano retrasado, o que traz perspectivas mais animadoras para os produtores. “O que difere o cenário atual do daquele ano é, principalmente, o contexto econômico, que mostra recuperação do consumo e aumento do poder de compra das famílias.”

Na avaliação da pesquisadora, o aquecimento da demanda pode facilitar a absorção da valorização dos derivados e evitar que os preços no campo despenquem. “No entanto, houve maior oscilação dos valores de derivados, como UHT e muçarela, na negociação entre indústria e atacado no correr de março, evidenciando a dificuldade em ultrapassar os atuais patamares de preços.”


Produtividade abaixo do potencial

Natália afirma também que, se a demanda conseguir absorver a alta da matéria-prima, o ajuste da oferta pode ocorrer no curto prazo. Ao mesmo tempo, a pesquisadora enfatiza que o rebanho brasileiro apresenta produtividade muito abaixo do potencial.

“Com os preços do leite em alta, há maior estímulo nutricional e aumento da produção. Além disso, a perspectiva é de preços mais atrativos de milho nos próximos meses, principalmente a partir de junho”, sublinha Natália. Ela alerta, no entanto, que o  fenômeno El Niño pode prejudicar a produção neste ano.

“É importante que produtores e indústrias dialoguem para planejar suas atividades e aumentar a previsibilidade, evitando especulações e assimetrias de informação”, recomenda Natália. “Esses são gargalos importantes que podem intensificar o descompasso entre oferta e demanda e resultar em aumento exagerado da volatilidade dos preços neste ano.”

Fonte: Agro Em Dia

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Acrocomia aculeata (2) Alimentos (186) animal nutition (1) Aspectos Gerais (164) Aviação (22) Aviation market (11) Biocombustíveis (154) Biodiesel (52) Bioeconomia (14) Bioeletricidade (2) Biofertilizantes (1) Biofuels (68) Biomass (7) Biomassa (47) Biopolímeros (3) Bioquerosene (18) Biotechnology (20) Biotecnologia (2) Brazil (17) Cerrado (1) Ciência e Tecnologia (157) Clima e ambiente (157) climate changed (6) Cogeração de energia (9) COP24 (73) COP25 (8) Cosméticos (18) Crédito de Carbono (25) Cultivo (96) eco-friendly (2) Economia Internacional (59) Economia Verde (145) Economy (25) Ecosystem (1) Efeito estufa (3) Energia (24) Energia Renovável (128) event (4) Eventos (63) Extrativismo (19) Farelos (27) farm (1) Fibras (8) Floresta plantada (55) Food (38) food security (1) Fuels (16) Global warming (75) Green Economy (95) health (19) Industry 4.0 (1) IPCC (13) livestock (4) Low-Carbon (39) Lubrificantes e Óleos (8) Macaúba (451) Manejo e Conservação (29) Meio Ambiente (67) Melhoramento e Diversidade Genética (52) Mercado (3797) Mercado florestal (40) Nutrição animal (14) nutrition (9) Oil (38) Óleos (200) other (1) Paris Agreement (45) Pecuária (50) Pegada de Carbono (37) pirólise (1) Plant Based (5) Política (41) Produtos (118) proteína vegetal (13) Recuperação de área Degradada (21) renewable energy (5) Research and Development (7) SAF (1) Saúde e Bem-Estar (54) science and technology (21) Segurança Alimentar (31) Soil (7) Solos (8) Sustainability (26) Sustainable Energy (51) Sustentabilidade (255) Vídeo (193) World Economy (56)

Total de visualizações de página