Buscar

Vinagre auxilia plantas a combaterem a seca

quarta-feira, novembro 14, 2018


Resultado de imagem para vinagre plantas

"Essa é uma maneira simples e menos dispendiosa de melhorar a tolerância à seca"

Pesquisadores do Centro RIKEN de Ciência de Recursos Sustentáveis (CSRS), no Japão, descobriram uma maneira nova e simples de aumentar a tolerância à seca em uma ampla gama de plantas utilizando o vinagre. Publicado na  Nature Plants, o estudo relata uma rota biológica recém-descoberta que é ativada em épocas de seca. 
Nesse cenário, ao elaborar os detalhes desse caminho, os cientistas conseguiram induzir maior tolerância às condições de seca simplesmente cultivando plantas em vinagre. De acordo com Jong-Myong Kim e Motoaki Seki, pesquisadores responsáveis pelo estudo, projeto levou a várias descobertas importantes. 
O mesmo começou com a descoberta de novos mutantes de  Arabidopsis  que têm uma forte tolerância à seca, embora as razões sejam desconhecidas. Estas plantas têm uma mutação para uma enzima chamada HDA6 (histona desacetilase 6), e o primeiro objetivo do estudo foi determinar exatamente como essa mutação permite que as plantas cresçam normalmente em condições severas e prolongadas sem água. 
Os cientistas mapearam todo o caminho de sinalização do switch HDA6 e perceberam que essa rota é altamente conservada em diferentes espécies de plantas. Eles realizaram o mesmo experimento como descrito acima, e descobriram que a tolerância à seca também aumentou no arroz, trigo e milho quando as plantas cresceram em concentrações ótimas de ácido acético. 
“Embora as tecnologias transgênicas possam ser usadas para criar plantas mais tolerantes à seca, também precisamos desenvolver tecnologias mais simples e menos dispendiosas, porque as plantas geneticamente modificadas não estão disponíveis em todos os países. Esperamos que a aplicação externa de  acetato  às plantas seja uma maneira útil, simples e menos dispendiosa de melhorar a tolerância à seca em uma variedade de plantas”, finaliza Kim.
Fonte: AgroLink

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página