Buscar

Confinamento Free Stall: as vantagens desse sistema nos rebanhos

terça-feira, novembro 06, 2018


Confinamento Free Stall: As Vantagens Desse Sistema nos Rebanhos

Cuidar da qualidade e da saúde dos rebanhos é sempre uma das maiores prioridades de qualquer profissional do agronegócio que faça esse trabalho.
Os rebanhos são extremamente valiosos, e como o espaço para a sua criação também é, diversas modalidades de confinamento existem para tornar o confinamento mais eficiente.
Um desses modelos é o confinamento Free Stall, e ele possui diversas vantagens.

Afinal, o que é o confinamento Free Stall?

Primeiramente, o confinamento Free Stall é aquele em que os animais ficam soltos em áreas cercadas, normalmente divididas em duas ou quatro partes.
Na primeira existem baias individuais forradas com areia ou borracha triturada, nas quais os animais ficam lado a lado. São nelas em que eles descansam.
As dimensões dessas baias costumam variar com o tamanho do animal, mas o ideal é que ela seja comprida o suficiente para ao se deitar ele esteja sempre confinado na baia.
As outras partes do confinamento são destinadas a exercícios e a alimentação do rebanho e, por fim, existe o espaço para a ordenha.
Esse sistema tem se tornado cada vez mais popular por conta do seu manuseamento mais fácil. Enquanto as vacas não estão sendo ordenhadas, podem ficar vagando livremente pelo espaço.
Este também é projetado de maneira a facilitar a alimentação dos animais. Muitas vezes ela é mecânica, sendo um dos muitos benefícios que a tecnologia traz para o agronegócio.
No modelo mais comum desse confinamento, a alimentação é feita através de um corredor central que corta todo o espaço.
O conteúdo fica a cargo do proprietário, que pode optar pela ração isolada ou por complementá-la com outras opções.
No momento da ordenha, os animais podem ser treinados para ir para um local específico, com uma alimentação especial, mais concentrada.
Além dessa facilidade, o sistema de confinamento Free Stall traz diversos outros benefícios.
Normalmente, as vacas em processo de lactação ficam a maior parte do tempo confinadas, saindo apenas para que o leite seja ordenhado.

As vantagens do confinamento Free Stall

Um dos maiores objetivos desse tipo de sistema de confinamento é o conforto do animal, primeiramente, através do seu controle térmico.
Isso é extremamente importante, pois, seja qual for o animal, ele precisa estar o mais confortável possível para poder se alimentar da maneira ideal.
Para isso, o sistema Free Stall os protege dos raios solares, para diminuir a sua temperatura e a carga térmica que chega nele.
Nesse ponto, a construção do sistema é bem importante, pois é preciso se atentar a inclinação do telhado, as telhas que serão usadas na construção e diversos outros pontos que sempre irão ter o maior conforto do animal em mente.
Outra grande vantagem do confinamento Free Stall é um controle maior do sistema, podendo proteger o gado de condições climáticas adversas e críticas.
Por exemplo, quando ocorre uma seca, a alimentação dos animais pode ser comprometida.
Porém, com o Free Stall esse problema é eliminado, já que a alimentação pode ser feita dentro do confinamento, através de cochos, e pode ser guardada embaixo de lonas ou silos.
Como a alimentação é feita dessa forma, é possível controlar exatamente o que o animal come, durante todo o tempo.
Com isso sua nutrição é muito mais controlada e eficiente, fazendo com que ele seja mais saudável e produza muito mais.
Esse é o principal objetivo da implementação desse método de confinamento: aumentar a produção.

A vaca holandesa

Para esse objetivo, poucos animais têm tanto sucesso quanto a vaca holandesa.
Felizmente, o confinamento Free Stall é uma oportunidade de trazer esses animais de maneira segura e confortável para locais em que normalmente isso não seria possível.
Essa raça tem uma produção de leite altíssima, especialmente em sistemas de ordenha mais intensos, fazendo com que seja um animal reconhecido por ter um alto retorno no investimento e promover uma grande lucratividade.
O problema, é que essa raça costuma não se adaptar muito bem a climas com temperaturas mais elevadas e uma grande incidência solar.
O Free Stall resolve esse problema, pois a protege do sol, e ainda podem ser usados ventiladores para controlar a temperatura.

Algumas considerações no momento da implementação

Apesar de ser uma ótima solução e contribuir para o aumento significativo da produção de vacas-leiteiras, existem algumas observações que devem ser feitas para o profissional que planeja implementá-la.
Primeiramente, como você deve ter percebido pelo que foi dito acima, o Free Stall é uma solução que pode ser um pouco cara.
Por isso, é preciso avaliar se o investimento vale a pena.
Geralmente, para vacas que produzem menos de 20 litros por dia, o investimento pode demorar um pouco a ser retornado.
O ideal é sempre contar com a ajuda de um especialista ou de uma agência governamental para fazer esse trabalho.
Apesar disso, as vantagens do confinamento Free Stall são muito grandes. São elas:
  • Custo operacional econômico;
  • Fácil mecanização;
  • Exercício regular para os animais;
  • Flexibilidade no controle;
  • Controle de alimentação;
  • Fácil mecanização;
  • Exercício regular para os animais;
  • Flexibilidade no controle;
  • Controle de alimentação.
O confinamento Free Stall é uma ótima opção para garantir todas essas vantagens e aumentar tanto a produtividade, como a lucratividade da sua produção.
E você tem alguma experiência sobre o assunto? Conte pra gente aqui embaixo nos comentários.
Fonte: AgroComunica

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Total de visualizações de página