Buscar

Exportação de algodão deve atingir recorde histórico

quinta-feira, outubro 25, 2018


Resultado de imagem para plantio de algodão

Com desempenho excepcional, País pode se tornar o segundo maior exportador de algodão mundial, atrás somente dos Estados Unidos

O mercado de algodão brasileiro está em um novo patamar. Com uma safra recorde de 2,1 milhões de toneladas registrada na temporada 2017/2018, a qualidade do produto ofertado no mercado internacional, preço competitivo e câmbio favorável, o Brasil tem o potencial de se tornar o segundo maior exportador mundial, atrás apenas dos Estados Unidos. 
A previsão é da Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea). Atualmente, o País ocupa a 4ª posição no ranking global da exportação desta commodity, depois de Estados Unidos, Índia e Austrália.
“O Brasil está bem consolidado nos principais mercados consumidores de algodão e ainda há espaço para expansão dessa atuação. Esse é um bom momento por conta da qualidade, da regularidade no fornecimento, da perspectiva de uma melhor absorção do produto brasileiro nos principais países consumidores”, afirma Henrique Snitcovski, presidente da Anea.
A Associação prevê ainda que a exportação de algodão em pluma vai atingir a marca de histórica de 1,2 milhão de toneladas, com os embarques do período de julho de 2018 a junho de 2019. O último recorde histórico verificado com a exportação brasileira desta commodity foi de 1,03 milhão de toneladas, entre julho de 2011 e junho de 2012. Desde então, o volume embarcado oscilava entre 500 mil e 900 mil toneladas. “O momento representa uma ótima oportunidade para o País, que produz algodão em grande escala com tecnologia e responsabilidade socioambiental, fazendo com que o Brasil seja o maior fornecedor de algodão certificado do mundo”, ressalta Snitcovski. De acordo com o presidente da Anea, o segmento é bastante unido e trabalha constantemente para superar os desafios e aperfeiçoar os processos existentes, o que possibilitou ao País galgar as atuais oportunidades neste cenário positivo.
Fonte: AgroLink

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Total de visualizações de página