Buscar

Agricultura Moderna: conheça as principais características e desafios

terça-feira, agosto 07, 2018


Agricultura Moderna: Conheça as Principais Características e Desafios

A agricultura moderna é aquela em que o sucesso do processo depende do uso de tecnologia, acesso a recursos, gestão, investimento, características do mercado e apoio a nível governamental.
Este tipo de prática permite um melhor controle dos fatores envolvidos nos processos de culturas agrícolas e pecuária. Dessa forma, os resultados que serão obtidos dependerão do sucesso que é obtido no manuseio desses fatores.
No entanto, manter o solo fértil com uma quantidade de nutrientes e irrigação adequada pode ser conseguido com a ajuda da tecnologia e das máquinas adequadas para isso.
De um modo geral, a demanda global por alimentos representa um desafio real, já que nos países desenvolvidos a população de classe média obtém renda melhor e, por sua vez.
Este tipo de atividade é compatível com a agricultura de subsistência, que resiste em algumas áreas a desaparecer.
Alguns estudos estimam que, entre 2010 e 2050, a população de países desenvolvidos precisará de cerca de duas vezes mais produção agrícola. Como consequência, será necessário aumentar a produção de alimento.

Técnicas da agricultura moderna

As novas tecnologias adotadas para o desenvolvimento das culturas trazem uma série de elementos, entre os quais podemos citar: a variedade de sementes de alto rendimento, práticas adequadas de irrigação, fertilizantes, pesticidas e plantio de vários tipos de culturas. Ao mesmo tempo, o que é conhecido como rotação de culturas etc.
Cada uma destas técnicas implementadas por este tipo de agricultura é detalhada abaixo:

Sementes de alto desempenho

Este tipo de sementes possui características próprias que as tornam capazes de aproveitar melhor a água de irrigação e seus nutrientes.
A quantidade de produto que é obtida por superfície plantada é superior em comparação com uma semente tradicional.
No entanto, elas são muito delicadas e, a fim de obter os resultados desejados, cuidados especiais devem ser tomados, já que qualquer mudança no manejo da cultura causa redução na produção e produtividade, ocasionando em uma colheita mal-sucedida.

Práticas de irrigação

Sabe-se que a água é necessária para o cultivo das plantas, razão pela qual é chamada de sangue da vida da agricultura.
A água desempenha um papel decisivo no desenvolvimento do padrão de cultivo, nas combinações de cultivos, na intensidade da cultura e na extensão da terra semeada e no ritmo sazonal de cada cultura.
Portanto, deve-se levar em conta que, sem a irrigação adequada, não é possível usar sementes de alto rendimento, e a fertilização adequada também não pode ser realizada.

Fertilizantes

O uso de fertilizantes é um ingrediente importante para a agricultura moderna. Com eles, você pode aumentar a produtividade de culturas de sementes de alto rendimento.
No entanto, é importante fazer a seleção de biofertilizantes, uma vez que são sustentáveis e mais ecológicos. Em muitos casos, tal prática é alcançada com a adição de bactérias fixadoras de nitrogênio em sementes de alto rendimento.

Pesticidas

Os pesticidas são substâncias químicas usadas para controlar pragas que atacam as culturas. No entanto, muitos deles contaminam as culturas e causam problemas de saúde.
Na agricultura moderna, os agricultores estão adotando o manejo integrado de pragas (MIP) como uma alternativa sustentável ao uso de pesticidas.
Esse tipo de manejo permite a incorporação de uma série de técnicas de controle de pragas que atacam as plantações, mas com menos danos ao meio ambiente.
Um exemplo dessa prática é o plantio de culturas resistentes a pragas, o uso do controle biológico com insetos alimentares, a destruição de áreas de nidificação, entre outros. Desta forma, o uso de pesticidas químicos é um último recurso.

Rotação de colheitas

A rotação de cultivo permite plantar diferentes tipos de culturas no mesmo local em que o solo é permitido recuperar os nutrientes que foram removidos por uma cultura anterior.
Essa técnica é considerada uma das mais poderosas da agricultura moderna, pois evita as consequências do mesmo tipo de cultivo na mesma área, ano após ano.
Outro dos benefícios da rotação de culturas é o controle biológico de pragas, já que muitas delas gostam de uma cultura específica.
Um exemplo de rotação de culturas iniciado por alguns agricultores tem sido plantar soja e outras leguminosas. Graças a esta prática, os agricultores conseguiram reabastecer os nutrientes no solo para que na próxima estação, no mesmo espaço que já tem nutrientes suficientes, eles plantem milho.
Agricultura moderna

Pecuária

A agricultura moderna e a pecuária dependem uma da outra e fazem parte dos valiosos recursos que a terra oferece. Cada planta ou animal tem um papel específico dentro deste processo.
Alguns estudos determinaram que, para a produção de um quilo de carne, são necessários 3 a 10 quilos de grãos. Nesse sentido, a maioria dos agricultores cria gado para alimentar suas famílias ou vendê-las em um mercado cada vez mais competitivo.
Mas, para alcançar um equilíbrio entre rendimento, estabilidade alimentar e conservação ambiental, deve haver incentivos adequados para a pecuária.
Um elemento desse incentivo é o conhecimento biológico e práticas agrícolas aplicáveis aos diferentes tipos de ecossistemas, regiões, tipos de solo e relevo.
Embora muitos problemas causados pela criação de gado sejam difíceis de controlar, a alocação de incentivos adequados pode ajudar a aumentar os benefícios da produção agrícola para a sociedade.
Por esta razão, a participação coordenada dos escritórios ou ministérios da agricultura e do meio ambiente é necessária para desenvolver um objetivo comum, que permita alcançar o desenvolvimento sustentável ao abordar as preocupações de ambas as entidades em relação ao uso e manejo da terra e dos recursos.
No entanto, deve-se ter em mente que, sem investimentos adequados, os ganhos percebidos com a produção agrícola, bem como a proteção ambiental, podem ser insuficientes para alcançar a transição para uma agricultura sustentável.

Maquinário

Esse é um elemento de grande importância na agricultura moderna, pois, como os aspectos discutidos acima, sem eles, não é possível desenvolver um bom processo agrícola.
O acesso a máquinas e tecnologia modernas são fatores decisivos para o sucesso da agricultura moderna.
Ambos os elementos fornecem uma grande ajuda, uma vez que cada um desempenha um papel decisivo em um determinado estágio do processo agrícola.
Para o preparo do solo, irrigação, semeadura de sementes, colheita, adubação e controle de pragas, cada uma dessas atividades requer a participação de maquinário moderno para garantir o sucesso do processo.

Tecnologia

A tecnologia agrícola é considerada uma das áreas mais marcantes e revolucionárias deste campo, pois está focada na produção de alimentos suficientes para atender à crescente demanda da população.
Embora não deva ser esquecido que a tecnologia evolui rapidamente, os agricultores modernos podem fazer um trabalho melhor em comparação com seus ancestrais.
A tecnologia mudou a forma como as máquinas operam, o uso de sistemas de computador, sistemas de posicionamento global (GPS), programas de gerenciamento automático, redução do consumo de combustível, perda de sementes e fertilizantes, entre outros.

O caminho para a agricultura sustentável

A agricultura moderna permite que os agricultores planejem suas metas com a sustentabilidade de sua prática em mente.
Isso envolve conservar e proteger os recursos naturais, fornecendo alimentos e combustível para uma população em crescimento, tudo de uma maneira financeiramente viável para produtores e consumidores.
No entanto, tudo depende da boa gestão que é feita de cada um dos elementos que integram o sistema da agricultura moderna.
Se algum deles falhar, não será possível atingir o rendimento e a produtividade desejados e, como resultado, reduzirá a qualidade e a quantidade de alimentos disponíveis.
Para ser bem-sucedido neste trabalho, é necessário investimento em pesquisa, desenvolvimento e extensão agrícola, bem como a implementação de melhores bens e serviços e a melhoria na prática de processos derivados da pesquisa.
Neste processo de pesquisa, entidades governamentais e empresas privadas devem estar imersas para implementar programas e políticas que forneçam o marco regulatório e que, por sua vez, ofereçam incentivos àqueles que assumem o risco de inovar.
Como os dados mais recentes, a Organização das Nações Unidas para a Agricultura diz que a agricultura global tem sido capaz de atender a demanda por alimentos durante o último meio século.
No entanto, o crescimento da produtividade dependerá do gerenciamento adequado dos recursos disponíveis.
Fonte: AgroComunica

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página