Buscar

Chineses desenvolvem pesticida que baixa contaminação

sexta-feira, fevereiro 23, 2018


Resultado de imagem para Agricultura Chinesa

Excesso de agroquímicos é um dos maiores desafios da agricultura chinesa

Os produtores chineses desenvolveram um novo pesticida com nanotecnologia que pode aumentar a eficiência e diminuir a poluição no solo. Uma equipe liderada por Wu Zhengyan, do Instituto Hefei de Ciência Física da Academia Chinesa de Ciências, usou amido solúvel como modelo e microesferas de carbonato de cálcio poroso como transportadoras para fazer uma liberação nano-controlada de pesticida.

O produto pode controlar a migração do pesticida para moléculas no ambiente, reduzindo a assim a perda do agroquímico e mitigando os danos ao meio ambiente. Os resultados foram recentemente divulgados em publicação feita na revista acadêmica da Sociedade Química Americana.

Wu disse que indústria agrícola da China depende muito uso do uso dos pesticidas. Estima-se que o país use aproximadamente um milhão de toneladas de defensivos agrícolas por ano. No entanto, de acordo com ele, somente 30% dos agroquímicos possuem um real efeito nos cultivos, sendo que o resto é simplesmente "lavado".

A agricultura convencional, portanto, requer várias sessões de pulverização. Segundo o pesquisador, isso não apenas aumenta o custo, mas também causa sérios problemas de contaminação e deixa resíduos excessivos de pesticidas no solo e na água

Wu ainda afirmou que a liberação dessa tecnologia de pesticida ocorre de forma "amigável ao meio ambiente e eficiente em custo", fornecendo uma boa solução para os gargalos na indústria agrícola do gigante asiático. A preocupação é tão grande, que os casos de intoxicação em função de agroquímicos na alimentação na China chegam a centenas, mesmo como muitos registros de óbitos por este problema, de acordo com fontes da indústria agrícola local, que tenta se adaptar à demanda do consumidor.

Fonte: Agrolink


Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página