Buscar

Óleo de macaúba: um produto para vários benefícios

quarta-feira, julho 13, 2016

Texto retirado de Óleos para todos

Ele promete substituir com louvor óleos como o de argan. Criado para a mulher brasileira, o Óleo de Macaúba é indicado para dar brilho, maciez, leveza e hidratação intensa aos fios danificados. Tudo isso logo na primeira aplicação. Veja mais razões para apostar nele:
  • A textura do Óleo de Macaúba não deixa o cabelo pesado, com aspecto de ensebado, sabe? Ela é mais leve que a de seus concorrentes.
  • Pode ser aplicado em fios lisos, enrolados, com química, isto é, todo tipo de cabelo.
  • Os efeitos aparecem na hora: luminosidade, maleabilidade, hidratação e um cheirinho MARA. O Óleo de Macaúba tem toques de lavanda, bergamota e hortelã-pimenta.
  • Você pode usar o Óleo de Macaúba nas madeixas secas ou úmidas, inclusive todos os dias se os fios não forem oleosos (neste caso, 2 vezes por semana é ok).
  • Proporciona efeito #uau! nos cachos. Mesmo que os cabelos tenham sido lavados no dia anterior. E ajuda a reduzir bastante o volume na hora da aplicação.
  • Serve para potencializar os efeitos da sua máscara de hidratação top. Bastam umas gotinhas do líquido nela.
  • Protege os cabelos da ação do secador ou chapinha, pois é termoativado. Sem falar que ainda facilita a escovação.
  • Previne o desbotamento da coloração e ainda protege os fios dos danos causados por ela. É que o Óleo de Macaúba possui antioxidantes em sua composição. Vale a pena adicionar umas gotas do produto ao preparar a tintura. #cabelopalhanever!
  • É indicado para amenizar danos químicos provocados pela progressiva ou alisamento.
  • Funciona como anti age em longo prazo, ou seja, auxilia na manutenção da saúde e beleza do cabelo por mais tempo. Para garantir o efeito antienvelhecimento, é só usar o óleo com certa frequência.
  • Seu preço é bem mais acessível que outros óleos importados que circulam por aí. Valorize o produto nacional e os seus cabelos!
Curta nossa página no Facebook para ficar por dentro das novidades do mercado da Macaúba!
A origem do Óleo de Macaúba e suas vantagens

Ao contrário dos marroquinos, como o argan, o Óleo de Macaúba é extraído no Brasil mesmo, vem de uma palmeira made in terras tupiniquins.



É uma planta que chega a 15 metros de altura, muito comum no cerrado mineiro.

Todas as partes dela são aproveitáveis. O fruto dá origem a dois tipos de óleo: um é retirado da polpa para fabricação de combustível; o outro vem da amêndoa, a parte mais nobre, e serve para o cabelo.

Tem ainda o palmito extraído do tronco, e madeira que é aproveitada em construções e cercas.

A macaúba é conhecida também como coco-baboso, bocaiúva e coco-de-espinho. Seus frutos são importantes para a fauna nativa, já que alimentam diversas espécies (araras, cotias, capivaras, antas e emas).

Do ponto de vista da nutrição do nosso corpo, a macaúba é uma excelente fonte de betacaroteno. Quando ingerido, ele pode ser transformar em vitamina A, caso o organismo esteja deficiente desta vitamina.



O betacaroteno tem papel vital na visão, no crescimento e desenvolvimento dos ossos, e no fortalecimento da imunidade.

Além disso, a macaúba é rica em Ômega 3, 6 e 9, Vitamina E e Vitamina C.

Para você ver o valor que o fruto possui tanto ao ser aplicado nos cabelos quanto ao ser ingerido… Aos poucos, o Óleo de Macaúba vem ocupando seu espaço no mercado. Muitas empresas já estão começando a produzir itens com o líquido – do óleo ao xampu, além de máscara e spray de brilho. Hoje, podemos encontrar inúmeros tipos de óleos para os cabelos.

Porém, o diferencial do “ouro líquido brasileiro”, como vem sendo chamado o Óleo de Macaúba, é sua promessa de recuperar danos quase que imediatamente. E ainda tem a vantagem de ser totalmente nacional, o que torna o produto mais acessível.

O Óleo de Macaúba está fazendo a cabeça de muitas divas brasileiras que buscam o cabelo dos sonhos: nutrido, macio e sem frizz.

Fonte: Óleos para tudo

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário!

Categorias

Total de visualizações de página