Buscar

Parceria entre Embrapa e Nestlé rende produção de leite “Net Zero”

terça-feira, julho 06, 2021

A Embrapa Gado de Leite e a Nestlé iniciam uma parceria pioneira para o desenvolvimento de uma pecuária de leite “Net Zero” no Brasil.

O projeto integra o compromisso global da empresa de neutralizar as emissões de carbono de suas operações até 2050, já prevendo uma redução de 20% até 2025 e 50% em 2030.

Com duração de três anos, o trabalho se divide em quatro eixos principais: plano de adequação para conversão de 20 propriedades leiteiras em produção “Net Zero” em diversos biomas e sistemas de produção; cursos de capacitação presenciais e à distância (EAD, vídeos e podcasts) sobre práticas para mitigação da emissão de carbono e adoção de agricultura regenerativa na produção de leite; transformação de dois sistemas de produção da Embrapa (confinamento e a pasto) em carbono neutro e estimulo à criação de soluções inovadoras por greentechs e cleantechs, focadas nos desafios da conversão.

“Nosso propósito é contribuir para que os produtores brasileiros adotem técnicas sustentáveis visando à produção de leite carbono neutro. Este desafio será compartilhado entre os pesquisadores da Embrapa, os técnicos da Nestlé e os produtores participantes”, explica Paulo Martins, chefe-geral da Embrapa Gado de Leite.

Segundo Bárbara Sollero, gerente de Desenvolvimento do Fornecedor e Qualidade da Nestlé, há o compromisso assumido de levar oito das 20 fazendas ao balanço neutro de carbono e a reduzir a emissão nas demais.

“Além do trabalho de analisar os cenários da fazenda, o processo será validado, garantindo que de fato foi neutralizado. Outro ponto importante é que, dessa parceria, vai se originar o primeiro grupo de especialistas em pecuária leiteira de baixo carbono do Brasil”, explica.

Ao todo, 20 propriedades leiteiras fornecedoras da Nestlé no Paraná, São Paulo, Goiás e Minas Gerais vão receber recomendações técnicas e o acompanhamento da evolução do processo de adequação “Net Zero”.

Estarão envolvidos pequenos, médios e grandes produtores, além de diferentes sistemas de produção: compost barn, free stall, sistema intensivo em pasto e semiconfinado.

Os pesquisadores da Embrapa e os técnicos da Nestlé irão avaliar o perfil tecnológico e as emissões de carbono nas propriedades. Desse marco zero será feito o planejamento individualizado e, por meio do acompanhamento mensal, serão feitas sugestões de adequações.

“Nos dois sistemas de produção da Embrapa, vamos medir os impactos gerados com animais girolando e holandês, em ambiente fechado e aberto. Esta parceria vai gerar conhecimento que será compartilhado com pequenos, médios e grandes produtores”, finaliza Paulo Martins.

O pesquisador Inácio de Barros, da Embrapa, pontua que, hoje, a sociedade está mais preocupada com a pauta sustentabilidade:

“As pessoas estão demandando produtos que não impactem ou impactem menos o meio ambiente. Por isso, é preciso demonstrar que a produção de leite pode ser feita de forma sustentável, com mínimo impacto ao meio ambiente. Desenvolver tecnologias para isso é missão da Embrapa”.


Como vai funcionar…

Nas fazendas serão avaliadas as emissões de gases de efeito estufa e desenvolvidos planos de adequação para cada uma delas pela melhor combinação de tecnologias e com o objetivo de reduzir as suas emissões de carbono.

O plano de adequação terá por finalidade converter essas propriedades, a partir da situação atual, para uma situação com emissões neutras ou de baixo carbono.

“É um processo complexo que vamos acompanhar com balanços periódicos para avaliarmos se estão em direção à neutralização”, explica Inácio.
A Embrapa Gado de Leite terá duas vitrines, que vão mostrar as tecnologias disponíveis para a redução das emissões de carbono: Compost barn (confinado) e Leite Verde (produção a pasto).

Será feita a avaliação da pegada de carbono. Serão implantadas as melhores tecnologias para converter esses sistemas em carbono neutro e realizadas ações para divulgar as tecnologias para técnicos e produtores, além de produção de vídeos e podcasts.

Fonte: Money Times

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (27) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (43) Acrocomia aculeata (78) Agricultura (324) Agricultura 4.0 (9) agriculture (1) Agroenergia (138) Agroindústria (37) Agronegócio (273) Agropecuária (63) Água (24) Àgua (1) Alimentação Saudável (24) Alimentos (367) Amazônia (78) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (97) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (35) Aviation fuel (8) Aviation market (24) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (470) Biodefensivos (12) Biodiesel (352) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (15) Bioeconomia (126) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (26) Bioenergia (212) Biofertilizantes (12) Biofuels (104) Bioinsumos (22) Biomas (4) Biomass (7) Biomassa (90) Biomateriais (6) bioplásticos (3) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (27) Bioquerosene (48) Biorrefinaria (3) Biorrenováveis (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (88) BNDES (2) Bolsa de Valores (37) Brasil (117) Brazil (29) Cadeia Produtiva (19) Capacitação (31) CAR (4) Carbonatação (1) Carbono (10) Carbono Neutro (10) Carbono Zero (21) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (8) CBios (68) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (16) Cerrado (28) Chuvas (11) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (427) Clima e ambiente (290) Clima e ambiente Preços (2) climate changed (66) CNA (2) Cogeração de energia (30) Combustíveis (108) Combustíveis Fósseis (41) Combustíveis verde (1) Comércio (48) Consciência Ecológica (26) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (25) Copolímeros (2) Cosméticos (40) Crédito de Carbono (54) Crédito Rural (20) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (2) Curso (14) Dados (1) Davos (4) Dendê (5) Desafios (3) Descarbonização (11) Desenvolvimento Sustentável (217) Desmatamento (16) Diesel (21) Diesel Verde (23) eco-friendly (5) Economia (109) Economia Circular (14) Economia Internacional (132) Economia Sustentável (5) Economia Verde (181) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (19) Eficiência energética (55) Embrapa (23) Emissões de Carbono (63) Empreendedorismo (9) Empresas (170) Energia (106) energia limpa (22) Energia Renovável (257) Energia Solar Fotovoltaica (23) ESG (27) Estudo (2) Etanol (88) Europa (2) event (11) Eventos (176) Exportações (94) Extrativismo (63) FAO (7) Farelos (46) farm (1) Fertilidade (3) Fibras (10) Finanças (5) Financiamento (2) Floresta (33) Floresta plantada (119) Fomento (42) Food (42) food security (9) forest (1) Fruticultura (17) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (19) Glicerina (2) Global warming (115) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (6) História (1) IBP (1) ILPF (12) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (207) Instituição (1) Insumos (17) Investimento (10) Investimentos (1) IPCC (15) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (21) Lignina (8) livestock (4) Low-Carbon (58) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (604) Madeira (24) Mamona (1) Manejo (5) Manejo e Conservação (118) MAPA (42) Máquinas e equipamentos (3) Mata Atlântica (5) Matéria Prima (3) Matéria-Prima (4) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (326) Melhoramento e Diversidade Genética (84) Mercado (4132) Mercado de Combustíveis (68) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (75) Mercado Internacional (64) Metas (5) Micotoxinas (1) Milho (31) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (51) Mudanças Climáticas (69) mudas (4) Mundo (179) Nações Unidas (4) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (43) Nutrição animal (18) nutrition (11) Oil (51) Oleaginosas (115) Oleochemicals (11) Óleos (253) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (24) OMC (3) ONGs (1) ONU (19) Oportunidade (9) Oportunidades (9) other (1) Palm (2) Palma (33) palmeiras (7) Paris Agreement (95) Pecuária (103) Pegada de Carbono (107) Personal Care (3) Pesquisa (96) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (34) PIB (6) pirólise (3) Plano Safra (2) Plant Based (28) Plant-Based (2) Política (92) Política Ambiental (6) Políticas (1) políticas públicas (2) Preços (74) Preservação Ambiental (57) Produção Agrícola (24) Produção Animal (10) Produção Integrada (2) Produção Sustentável (78) Produção vegetal (25) Produtividade (77) Produtos (150) Proteção Ambiental (18) proteína vegetal (28) Qualidade (3) Qualidade do Ar (4) químicos verdes (1) reciclagem (2) Recuperação Ambiental (7) Recuperação de área Degradada (48) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (35) regulamentação (3) Relatório (17) renewable energy (19) RenovaBio (76) Report (2) Research and Development (12) Resíduos (18) Sabão (1) SAF (8) Safra (7) Saúde e Bem-Estar (136) science and technology (48) Sebo (5) Segurança Alimentar (172) Segurança Energética (15) Selo Social (13) sementes (8) silvicultura (3) Sistema Agroflorestal (42) Sistemas Integrados (26) Sociobiodiersidade (8) Soil (9) Soja (120) Solos (61) Sustainability (59) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (679) Tecnologia (66) Tempo (2) Títulos verdes (3) Transportes (5) Turismo Sustentável (7) Unica (1) Vídeo (271) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página