Buscar

Accenture, GitHub, Microsoft e ThoughtWorks lançam a Green Software Foundation com a Linux Foundation para colocar a sustentabilidade no centro da engenharia de software

domingo, maio 30, 2021

Enquanto o mundo trabalha para enfrentar a urgente crise do carbono, mais empresas estão fazendo promessas de impacto ambiental para serem neutras ou negativas em emissões de carbono. A Accenture, GitHub, Microsoft e ThoughtWorks se orgulham de estar entre as empresas que assumiram compromissos para ajudar a enfrentar a crise climática global. Mas, como indústria, podemos nos unir para realizar ainda mais.

Na conferência anual (virtual) Build Developers da Microsoft, o desenvolvimento de software está na frente e no centro, no coração de cada keynote, cada sessão e cada painel. Ao pensarmos no futuro da indústria de software, acreditamos que temos a responsabilidade de ajudar a construir um futuro melhor – um futuro mais sustentável – tanto internamente em nossas organizações quanto em parceria com líderes do setor de todo o mundo. Com datacenters ao redor do mundo representando 1% da demanda global de eletricidade, e projeções de consumo entre 3% e 8% na próxima década, é imperativo solucionarmos essa questão como indústria.

Para ajudar nessa questão, estamos entusiasmados em anunciar a formação da The Green Software Foundation – uma organização sem fins lucrativos fundada pela Accenture, GitHub, Microsoft e ThoughtWorks estabelecida com a Linux Foundation para a construção de um ecossistema confiável de pessoas, padrões, ferramentas e melhores práticas em torno do desenvolvimento de software green. A fundação nasceu de um desejo mútuo e da necessidade de colaboração de toda a indústria de software. Organizações com um compromisso compartilhado com a sustentabilidade e um interesse em princípios de desenvolvimento de software green são encorajadas a se juntar à fundação para ajudar a melhorar o campo da engenharia de software green, contribuir com padrões da indústria e trabalhar em conjunto para reduzir as emissões de carbono associadas ao software. A fundação pretende ajudar a indústria de software na busca por atingir as metas mais amplas do setor de Tecnologia da Informação e Comunicações em torno da redução das emissões de gases de efeito estufa em 45% até 2030, em consonância com o Acordo Climático de Paris.

“A sustentabilidade é nossa maior responsabilidade, e esta é a década em que as organizações devem cumprir suas promessas de melhorar nossas comunidades e nosso planeta”, disse Paul Daugherty, Executivo-chefe do Grupo de Tecnologia e Technology Officer da Accenture. “A Accenture orgulha-se de ser membro fundador da Green Software Foundation e estamos ansiosos para colaborar com outras organizações para evoluir a cultura da engenharia de software, de modo que a sustentabilidade é incorporada por design, contribuindo para uma redução significativa das emissões de carbono relacionadas à computação e causando um impacto positivo no meio ambiente.”

“Imaginamos um futuro onde o software livre de carbono seja o padrão — onde o desenvolvimento, a implantação e o uso de software contribuem para a solução climática global sem que todos os desenvolvedores tenham que ser um especialista”, disse Erica Brescia, COO do GitHub. “O GitHub tem orgulho de ser um membro fundador da Green Software Foundation e continuamos comprometidos em construir uma casa ambientalmente sustentável para todos os desenvolvedores.”

Mike Dolan, gerente geral e vice-presidente sênior da Linux Foundation, comenta: “A indústria de software e a comunidade de software de código aberto têm tanto a oportunidade quanto a capacidade de construir infraestrutura digital com o menor impacto possível ao nosso ambiente.  Estamos felizes em apoiar a Green Software Foundation e sua missão de construir um ecossistema neutro para colaboração em padrões, ferramentas e melhores práticas para software verde”.

“O consenso científico é claro: o mundo enfrenta um problema urgente de carbono. Será preciso que todos nós trabalhemos juntos para criar soluções inovadoras que reduzam drasticamente as emissões”, disse Brad Smith, presidente da Microsoft. “Hoje, a Microsoft está se unindo a organizações que estão pensando seriamente sobre um futuro ambientalmente sustentável para impulsionar a adoção do desenvolvimento de software green e ajudar nossos clientes e parceiros em todo o mundo a reduzir sua pegada de carbono.”

“A mudança climática é um dos desafios mais urgentes enfrentados pela humanidade e o setor de tecnologia contribui com uma quantidade crescente de emissões. Na ThoughtWorks, acreditamos que questões como as mudanças climáticas só podem ser resolvidas através da solidariedade global. Assim, além de agirmos em nossa própria pegada com nosso compromisso com a Iniciativa de Metas Baseada na Ciência,estamos nos juntando à Green Software Foundation como membros fundadores para ajudar nossos clientes, parceiros e o setor mais amplo a avançar em direção a um futuro mais sustentável”, disse Guo Xiao, presidente e CEO da ThoughtWorks.

Ao lado dos membros fundadores, Accenture, GitHub, Microsoft e ThoughtWorks, a Goldman Sachs e organizações sem fins lucrativos como a Leaders for Climate Action, Watt Time e The Green Web Foundation também se juntaram à The Green Software Foundation.

ilustraçao pessoas e dispositivo

O propósito da Green Software Foundation:

  • Estabelecer os padrões da indústria de software green: A fundação criará e publicará padrões de software green, padrões e práticas green em várias disciplinas de computação e domínios tecnológicos. O grupo incentivará a adoção voluntária e ajudará a orientar as políticas governamentais em relação a essas normas para garantir uma abordagem consistente para medir e relatar emissões de software green.
  • Acelerar a inovação: Para aumentar o mercado do software green, precisamos nutrir a criação de projetos confiáveis de código aberto e de dados abertos que suportem a criação de aplicativos de software green. A fundação trabalhará ao lado de nossos parceiros sem fins lucrativos e do setor acadêmico para apoiar pesquisas em torno do software green.
  • Gerar conscientização e aumentar o apoio: Se queremos que as empresas construam aplicativos mais verdes, elas precisam de pessoas que saibam como construí-los. Como tal, uma de nossas principais missões é impulsionar a adoção generalizada de software green em todo o setor através de programas de embaixadores, treinamento e educação que leve à certificação, bem como eventos para facilitar o crescimento do software green.

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (37) Acrocomia aculeata (77) Agricultura (297) Agricultura 4.0 (8) agriculture (1) Agroenergia (130) Agroindústria (32) Agronegócio (252) Agropecuária (58) Água (22) Àgua (1) Alimentação Saudável (22) Alimentos (367) Amazônia (77) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (93) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (35) Aviation fuel (8) Aviation market (24) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (451) Biodefensivos (10) Biodiesel (346) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (15) Bioeconomia (126) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (26) Bioenergia (211) Biofertilizantes (12) Biofuels (104) Bioinsumos (19) Biomas (3) Biomass (7) Biomassa (90) Biomateriais (6) bioplásticos (3) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (26) Bioquerosene (48) Biorrefinaria (3) Biorrenováveis (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (86) BNDES (2) Bolsa de Valores (35) Brasil (100) Brazil (29) Cadeia Produtiva (17) Capacitação (31) CAR (4) Carbonatação (1) Carbono (7) Carbono Neutro (9) Carbono Zero (20) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (6) CBios (68) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (16) Cerrado (25) Chuvas (10) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (415) Clima e ambiente (288) Clima e ambiente Preços (2) climate changed (66) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (105) Combustíveis Fósseis (40) Combustíveis verde (1) Comércio (47) Consciência Ecológica (26) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (14) Copolímeros (2) Cosméticos (40) Crédito de Carbono (48) Crédito Rural (20) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (2) Curso (14) Dados (1) Davos (4) Dendê (5) Desafios (3) Descarbonização (5) Desenvolvimento Sustentável (206) Desmatamento (12) Diesel (21) Diesel Verde (22) eco-friendly (5) Economia (100) Economia Circular (14) Economia Internacional (125) Economia Sustentável (5) Economia Verde (175) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (19) Eficiência energética (55) Embrapa (13) Emissões de Carbono (62) Empreendedorismo (8) Empresas (170) Energia (105) energia limpa (17) Energia Renovável (257) Energia Solar Fotovoltaica (23) ESG (26) Estudo (2) Etanol (84) Europa (2) event (11) Eventos (176) Exportações (94) Extrativismo (63) FAO (7) Farelos (46) farm (1) Fertilidade (3) Fibras (9) Finanças (5) Financiamento (2) Floresta (30) Floresta plantada (119) Fomento (42) Food (42) food security (9) forest (1) Fruticultura (15) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (8) Glicerina (2) Global warming (115) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (6) História (1) IBP (1) ILPF (5) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (202) Instituição (1) Insumos (7) Investimento (8) Investimentos (1) IPCC (15) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (14) Lignina (8) livestock (4) Low-Carbon (56) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (599) Madeira (23) Mamona (1) Manejo (2) Manejo e Conservação (114) MAPA (35) Máquinas e equipamentos (2) Mata Atlântica (5) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (4) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (313) Melhoramento e Diversidade Genética (78) Mercado (4127) Mercado de Combustíveis (67) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (75) Mercado Internacional (52) Metas (5) Micotoxinas (1) Milho (24) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (50) Mudanças Climáticas (55) mudas (3) Mundo (174) Nações Unidas (4) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (43) Nutrição animal (18) nutrition (10) Oil (51) Oleaginosas (103) Oleochemicals (11) Óleos (253) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (24) OMC (3) ONGs (1) ONU (18) Oportunidade (8) Oportunidades (9) other (1) Palm (2) Palma (32) palmeiras (4) Paris Agreement (94) Pecuária (92) Pegada de Carbono (105) Personal Care (3) Pesquisa (87) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (34) PIB (6) pirólise (3) Plano Safra (1) Plant Based (28) Plant-Based (2) Política (87) Política Ambiental (4) Políticas (1) políticas públicas (2) Preços (72) Preservação Ambiental (55) Produção Agrícola (10) Produção Animal (9) Produção Integrada (2) Produção Sustentável (73) Produção vegetal (13) Produtividade (60) Produtos (150) Proteção Ambiental (16) proteína vegetal (28) Qualidade (3) Qualidade do Ar (4) químicos verdes (1) reciclagem (2) Recuperação Ambiental (7) Recuperação de área Degradada (48) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (35) regulamentação (3) Relatório (17) renewable energy (19) RenovaBio (75) Report (2) Research and Development (12) Resíduos (18) Sabão (1) SAF (8) Safra (4) Saúde e Bem-Estar (135) science and technology (48) Sebo (5) Segurança Alimentar (166) Segurança Energética (15) Selo Social (13) sementes (6) silvicultura (3) Sistema Agroflorestal (41) Sistemas Integrados (24) Sociobiodiersidade (8) Soil (9) Soja (94) Solos (57) Sustainability (59) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (673) Tecnologia (63) Tempo (2) Títulos verdes (3) Transportes (5) Turismo Sustentável (7) Unica (1) Vídeo (271) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página