Buscar

Total anuncia produção de combustível de aviação 100% renovável

sexta-feira, abril 09, 2021


A Total deu largada na produção de combustível de aviação 100% renovável, conhecido como SAF (Sustainable Aviation Fuel), em sua biorrefinaria La Mède, com capacidade para produzir até 100 mil toneladas por ano. O combustível será entregue aos aeroportos franceses a partir de abril de 2021.

A Total também confirmou que a até 2024 irá converter uma de suas refinarias, próxima a Paris, em mais uma unidade produtora de SAF.

Atualmente, a legislação francesa exige que as aeronaves no país usem pelo menos 1% de combustível 100% renovável até 2022, chegando a 2% até 2025 e 5% até 2030.

“Ao produzir combustível de aviação sustentável em nossas instalações francesas, hoje, somos capazes de responder à forte demanda de uma indústria de aviação que busca reduzir sua pegada de carbono, enquanto adaptamos nossos recursos industriais”, disse Bernard Pinatel, executivo responsável pela área de refino da companhia.

A companhia anunciou planos de zerar suas emissões líquisas até 2050.

A partir de um acordo internacional, o Corsia, o setor de aviação se comprometeu a ter crescimento neutro de emissões a partir de 2020, em uma fase piloto e voluntária.

Já a partir de 2027, as medidas e metas de redução de emissões valerão para todos os países signatários e os combustíveis sustentáveis terão um papel crucial neste sentido.

O SAF reduz significativamente as emissões de CO2 do transporte aéreo e pode ser usado como combustível drop-in, sem a necessidade de modificar a infraestrutura da cadeia de suprimentos, aeronaves ou motores existentes.

Segundo a Total, a companhia já está envolvida em várias iniciativas para comercializar o combustível sustentável em parceria com agentes da indústria de aviação.


Uso de SAF puro

No mês passado, a gigante da aviação, Airbus, iniciou testes em suas instalações em Toulouse, na França, para avaliar os efeitos do uso de SAF puro nas emissões e no rendimento dos aviões.

A inciativa, parte do projeto Emission and Climate Impact of Alternative Fuels (emissões e impactos climáticos dos combustíveis alternativos), utilizou o biocombustível da Neste, maior produtora europeia de SAF, em um A350-900, com propulsores Rolls-Royce no primeiro voo para comprovar a compatibilidade operacional do uso do combustível sustentável puro com os sistemas da aeronave.

“Atualmente, os aviões só podem funcionar com uma mistura máxima de 50% de SAF e querosene fóssil; esta parceria permitirá entender como os motores de turbina a gás funcionam utilizando 100% do combustível sustentável visando a certificação, além de identificar as possíveis reduções de emissão e os benefícios ambientais”, explica Steven Le Moing, diretor do Programa de Novas Energias da Airbus.


Shell também aposta em SAF

Nesta semana, a Shell anunciou investimentos na LanzaJet, produtora de SAF, para acelerar a comercialização do combustível sustentável. O montante não foi divulgado.

Além do investimento inicial, a Shell também poderá investir na construção de instalações de produção em maior escala nos próximos anos.

Atualmente, a LanzaJet está construindo sua primeira planta para produção de Alcohol-to-Jet (AtJ), com capacidade de 10 milhões de barris por ano, na Geórgia, Estados Unidos. As operações devem começar em 2022. A tecnologia AtJ pode produzir SAF usando qualquer fonte de etanol sustentável.

“Temos um grupo excepcional de investidores, liderando a transição energética e trabalhando em todos os setores para reduzir as emissões de carbono”, disse Jennifer Holmgren, CEO da LanzaTech, sobre a importância da participação da Shell na redução das emissões.

“A tecnologia da LanzaJet abre um caminho novo e empolgante para produzir SAF usando um processo AtJ e ajudará a atender à necessidade urgente do setor de aviação por SAF. Isso demonstra que a indústria pode se mover mais rápido e entregar mais quando todos trabalhamos juntos”, disse Anna Mascolo, presidente da Shell Aviation.

Ela sinalizou que o Brasil pode se tornar um fornecedor de suprimento para a produção do combustível sustentável.

“O ajuste estratégico com a LanzaJet é empolgante. Por meio de nossa joint venture Raízen no Brasil, produzimos etanol há mais de dez anos e já demonstramos a produção de etanol celulósico a partir de resíduos”, disse a empresa, em nota.


Fonte: EPBR

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (31) Acrocomia aculeata (67) Agricultura (246) Agricultura 4.0 (5) agriculture (1) Agroenergia (126) Agroindústria (25) Agronegócio (214) Agropecuária (50) Água (19) Àgua (1) Alimentação Saudável (11) Alimentos (356) Amazônia (66) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (79) Arte (1) Artigo (44) Aspectos Gerais (177) Aviação (32) Aviation fuel (5) Aviation market (21) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (2) Biochemistry (5) Biocombustíveis (420) Biodefensivos (3) Biodiesel (318) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (9) Bioeconomia (106) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (25) Bioenergia (198) Biofertilizantes (10) Biofuels (103) Bioinsumos (11) Biomass (7) Biomassa (88) Biomateriais (6) bioplásticos (1) Biopolímeros (15) Bioproducts (2) Bioprodutos (21) Bioquerosene (43) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (82) BNDES (2) Bolsa de Valores (27) Brasil (46) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (27) CAR (3) Carbonatação (1) Carbono Neutro (5) Carbono Zero (17) Carvão Ativado (9) carvão vegetal (2) CBios (67) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (13) Cerrado (21) Chuvas (4) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (377) Clima e ambiente (273) Clima e ambiente Preços (1) climate changed (59) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (98) Combustíveis Fósseis (40) Comércio (45) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (6) Copolímeros (2) Cosméticos (39) Crédito de Carbono (42) Crédito Rural (14) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (1) Curso (7) Dados (1) Davos (4) Dendê (4) Desafios (3) Descarbonização (1) Desenvolvimento Sustentável (175) Desmatamento (4) Diesel (19) Diesel Verde (21) eco-friendly (5) Economia (87) Economia Circular (11) Economia Internacional (113) Economia Sustentável (4) Economia Verde (173) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (18) Eficiência energética (52) Embrapa (2) Emissões de Carbono (52) Empreendedorismo (8) Empresas (135) Energia (95) energia limpa (10) Energia Renovável (252) Energia Solar Fotovoltaica (21) ESG (18) Estudo (2) Etanol (79) Europa (1) event (11) Eventos (147) Exportações (89) Extrativismo (61) FAO (6) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (5) Floresta (24) Floresta plantada (113) Fomento (38) Food (42) food security (8) forest (1) Fruticultura (7) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (3) Glicerina (2) Global warming (113) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (3) História (1) IBP (1) ILPF (4) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (160) Instituição (1) Insumos (3) Investimento (6) IPCC (14) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (10) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (52) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (583) Madeira (18) Mamona (1) Manejo e Conservação (104) MAPA (30) Máquinas e equipamentos (1) Mata Atlântica (4) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (276) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4100) Mercado de Combustíveis (66) Mercado Financeiro (11) Mercado florestal (72) Mercado Internacional (44) Metas (4) Micotoxinas (1) Milho (16) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (44) Mudanças Climáticas (35) mudas (2) Mundo (139) Nações Unidas (4) Negócios (8) net-zero (33) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (51) Oleaginosas (98) Oleochemicals (10) Óleos (250) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (18) OMC (2) ONGs (1) ONU (15) Oportunidade (5) Oportunidades (7) other (1) Palm (1) Palma (28) palmeiras (3) Paris Agreement (93) Pecuária (88) Pegada de Carbono (102) Personal Care (3) Pesquisa (75) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (32) PIB (5) pirólise (3) Plano Safra (1) Plant Based (27) Política (81) Política Ambiental (2) políticas públicas (1) Preços (61) Preservação Ambiental (45) Produção Animal (7) Produção Integrada (1) Produção Sustentável (60) Produção vegetal (10) Produtividade (49) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) químicos verdes (1) Recuperação Ambiental (4) Recuperação de área Degradada (45) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (24) regulamentação (2) Relatório (14) renewable energy (19) RenovaBio (71) Report (2) Research and Development (11) Resíduos (14) Sabão (1) SAF (6) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (123) science and technology (47) Sebo (5) Segurança Alimentar (138) Segurança Energética (13) Selo Social (11) sementes (2) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (38) Sistemas Integrados (24) Sociobiodiersidade (5) Soil (9) Soja (74) Solos (50) Sustainability (58) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (624) Tecnologia (48) Tempo (1) Títulos verdes (2) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (257) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página