Buscar

Bioeconomia: 'Brasil tem uma grande oportunidade nesta nova revolução econômica', diz especialista

sábado, abril 24, 2021

Mesmo sendo o país com a maior biodiversidade do mundo tanto na fauna como na flora, o Brasil não consegue aproveitar economicamente – de maneira sustentável – a variedade de seus biomas.

De olho neste potencial, o Instituto de Engenharia lançou um estudo inédito no Brasil que aponta tudo o que precisa ser feito de imediato para que o país alavanque uma onda de desenvolvimento econômico a partir de sua riqueza natural.

O especialista explica que a bioeconomia é uma nova forma de produzir e consumir, que preza pela responsabilidade ambiental e por uma forma ampla de produção de recursos biológicos. Um dos principais pilares da bioeconomia é a redução do uso de combustíveis fósseis – ou descarbonização – da economia. Este é, inclusive, um dos focos dos debates da Cúpula do Clima desta semana.

6 propostas para o avanço da bioeconomia

O estudo do qual George Paulus é um dos coordenadores traça seis pontos para o Brasil começar a trilhar rumo ao desenvolvimento na bioeconomia. Um deles explica que é preciso considerar a formação de capital humano na Amazônia, destacando que esta é a região do Brasil onde a população mais cresce. Outro ponto para o qual a pesquisa quer colaborar é a formação de uma rede de pesquisa articulada que permita uma maior troca de informação entre pesquisadores e empreendedores que estão inovando na bioeconomia.

Outros dois pontos dizem respeito à necessidade do fomento da educação: é preciso fortalecer instituições de ensino e pesquisa e, consequentemente, suplementar os sistemas de tecnologia e inovação voltados para os novos negócios de bioeconomia.

Por fim, os dois últimos pontos são a necessidade de uma estrutura de governança para, enfim, definir uma estratégia para solidificar a base do desenvolvimento sustentável da bieconomia brasileira. Alinhar vetores e interesses público e privado é fundamental para, nas palavras do engenheiro, "colocar o país para surfar a onda da bioeconomia".

Os desafios para a bioeconomia no Brasil

Apesar dos seis fatores elencados, o grupo de pesquisa reconhece que há uma grande lista de desafios a ser superada. O engenheiro aponta três deles como os principais. O primeiro é o desmatamento. Números do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) mostram que o desmatamento da Amazônia apresentou uma alta de 9,5% no último ano. Segundo o Observatório do Clima, levando-se em conta a média dos dez anos anteriores à posse de Jair Bolsonaro, o desmatamento cresceu 70%. Sem proteger a própria biodiversidade, não há como prosperar no desenvolvimento sustentável bioeconômico.

O segundo deles é a delimitação de um foco, fazendo convergir os interesses das lideranças de vários setores da força motriz do país, como a economia, o meio ambiente e a política. Por último, Paulus pede por uma mudança de mentalidade no mercado brasileiro, que permita revolucionar o ambiente de competição no Brasil. Esta, segundo ele, é uma necessidade que vai além da bioeconomia.

Fonte: Sputnik News



Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (31) Acrocomia aculeata (67) Agricultura (246) Agricultura 4.0 (5) agriculture (1) Agroenergia (126) Agroindústria (25) Agronegócio (214) Agropecuária (50) Água (19) Àgua (1) Alimentação Saudável (11) Alimentos (356) Amazônia (66) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (79) Arte (1) Artigo (44) Aspectos Gerais (177) Aviação (32) Aviation fuel (5) Aviation market (21) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (2) Biochemistry (5) Biocombustíveis (420) Biodefensivos (3) Biodiesel (318) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (9) Bioeconomia (106) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (25) Bioenergia (198) Biofertilizantes (10) Biofuels (103) Bioinsumos (11) Biomass (7) Biomassa (88) Biomateriais (6) bioplásticos (1) Biopolímeros (15) Bioproducts (2) Bioprodutos (21) Bioquerosene (43) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (82) BNDES (2) Bolsa de Valores (27) Brasil (46) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (27) CAR (3) Carbonatação (1) Carbono Neutro (5) Carbono Zero (17) Carvão Ativado (9) carvão vegetal (2) CBios (67) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (13) Cerrado (21) Chuvas (4) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (377) Clima e ambiente (273) Clima e ambiente Preços (1) climate changed (59) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (98) Combustíveis Fósseis (40) Comércio (45) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (6) Copolímeros (2) Cosméticos (39) Crédito de Carbono (42) Crédito Rural (14) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (1) Curso (7) Dados (1) Davos (4) Dendê (4) Desafios (3) Descarbonização (1) Desenvolvimento Sustentável (175) Desmatamento (4) Diesel (19) Diesel Verde (21) eco-friendly (5) Economia (87) Economia Circular (11) Economia Internacional (113) Economia Sustentável (4) Economia Verde (173) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (18) Eficiência energética (52) Embrapa (2) Emissões de Carbono (52) Empreendedorismo (8) Empresas (135) Energia (95) energia limpa (10) Energia Renovável (252) Energia Solar Fotovoltaica (21) ESG (18) Estudo (2) Etanol (79) Europa (1) event (11) Eventos (147) Exportações (89) Extrativismo (61) FAO (6) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (5) Floresta (24) Floresta plantada (113) Fomento (38) Food (42) food security (8) forest (1) Fruticultura (7) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (3) Glicerina (2) Global warming (113) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (3) História (1) IBP (1) ILPF (4) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (160) Instituição (1) Insumos (3) Investimento (6) IPCC (14) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (10) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (52) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (583) Madeira (18) Mamona (1) Manejo e Conservação (104) MAPA (30) Máquinas e equipamentos (1) Mata Atlântica (4) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (276) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4100) Mercado de Combustíveis (66) Mercado Financeiro (11) Mercado florestal (72) Mercado Internacional (44) Metas (4) Micotoxinas (1) Milho (16) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (44) Mudanças Climáticas (35) mudas (2) Mundo (139) Nações Unidas (4) Negócios (8) net-zero (33) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (51) Oleaginosas (98) Oleochemicals (10) Óleos (250) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (18) OMC (2) ONGs (1) ONU (15) Oportunidade (5) Oportunidades (7) other (1) Palm (1) Palma (28) palmeiras (3) Paris Agreement (93) Pecuária (88) Pegada de Carbono (102) Personal Care (3) Pesquisa (75) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (32) PIB (5) pirólise (3) Plano Safra (1) Plant Based (27) Política (81) Política Ambiental (2) políticas públicas (1) Preços (61) Preservação Ambiental (45) Produção Animal (7) Produção Integrada (1) Produção Sustentável (60) Produção vegetal (10) Produtividade (49) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) químicos verdes (1) Recuperação Ambiental (4) Recuperação de área Degradada (45) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (24) regulamentação (2) Relatório (14) renewable energy (19) RenovaBio (71) Report (2) Research and Development (11) Resíduos (14) Sabão (1) SAF (6) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (123) science and technology (47) Sebo (5) Segurança Alimentar (138) Segurança Energética (13) Selo Social (11) sementes (2) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (38) Sistemas Integrados (24) Sociobiodiersidade (5) Soil (9) Soja (74) Solos (50) Sustainability (58) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (624) Tecnologia (48) Tempo (1) Títulos verdes (2) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (257) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página