Buscar

Porto de Paranaguá: atraso na colheita impacta exportações no 1º bimestre

terça-feira, março 09, 2021



O Porto de Paranaguá registrou no primeiro bimestre deste ano uma queda de 12% nas exportações e uma alta também de 12% nas importações de produtos, resultado que reflete o lento trabalho de retirada da soja do campo, segundo nota do porto.

“Em 2020 tivemos um volume muito alto de embarque de granéis, principalmente soja, logo no início do ano. Mas em 2021 houve atraso na colheita e na chegada do produto ao porto, além de dois meses de muita chuva”, explicou o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, no comunicado.

Segundo a autoridade portuária, nas últimas duas semanas de fevereiro a soja começou a chegar em maior volume e a expectativa é que os embarques sigam ritmo intenso ao longo do ano.

Em relação às exportações, o porto destacou os embarques de açúcar em saca (carga geral) e a granel, que somaram 530,6 mil t em janeiro e fevereiro, volume 127% superior ao verificado no intervalo equivalente de 2020, de 233,5 mil t. As exportações de milho também praticamente dobraram nos dois primeiros meses de 2021, com aumento de 99%, atingindo 591,5 mil t. No primeiro bimestre de 2020, foram 297,8 mil t.

Os embarques de óleos vegetais ao exterior aumentaram 59% na mesma base de comparação e alcançaram 142,4 mil, ante 89,3 mil t no período correspondente do ano passado.

O Porto de Paranaguá informou ainda que, depois de granéis sólidos, o segundo segmento que mais movimentou volumes em 2021 foi o de carga geral, com 2,018 milhões de t, nos dois sentidos de comércio. O volume representa aumento de 12% na comparação com igual período de 2020.


Importações pelo porto de Paranaguá

Do lado das importações, os desembarques de granéis cresceram e o porto chegou a bater recorde de descarga em 24 horas, entre os dias 20 e 21 de fevereiro, com quase 50 mil toneladas, ante uma média diária de 30 mil toneladas. No bimestre, 3,787 milhões de t de cargas foram descarregadas no porto de Paranaguá, dos quais quase 1,67 milhão de t de fertilizantes.

O volume de adubo é cerca de 8% maior do que o de 1,55 milhão de t desembarcadas em igual período em 2020. Outros granéis sólidos importados por Paranaguá foram trigo, malte, cevada e sal. Somados todos os produtos do segmento, o volume movimentado no primeiro bimestre chegou a 1,848 milhão de t, 4,4% acima de 1,770 milhão de t registradas em janeiro e fevereiro do ano passado.

A alta foi puxada pelas importações, que totalizaram 855,6 mil t, 20% a mais na comparação anual. Somados todos os segmentos, a movimentação total de cargas por Paranaguá em janeiro e fevereiro atingiu 7,247 milhões de t.


Fonte: Canal Rural

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) acordo (1) Acordo Internacional (37) Acrocomia aculeata (77) Agricultura (297) Agricultura 4.0 (8) agriculture (1) Agroenergia (130) Agroindústria (32) Agronegócio (252) Agropecuária (58) Água (22) Àgua (1) Alimentação Saudável (22) Alimentos (367) Amazônia (77) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (93) Arte (1) Artigo (47) Aspectos Gerais (177) Aviação (35) Aviation fuel (8) Aviation market (24) B12 (3) B13 (2) Bebidas (2) Bioativo (3) Biochemistry (5) Biocombustíveis (451) Biodefensivos (10) Biodiesel (346) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (15) Bioeconomia (126) Bioeconomia Agronegócio (1) Bioeletricidade (26) Bioenergia (211) Biofertilizantes (12) Biofuels (104) Bioinsumos (19) Biomas (3) Biomass (7) Biomassa (90) Biomateriais (6) bioplásticos (3) Biopolímeros (16) Bioproducts (3) Bioprodutos (27) Bioquerosene (48) Biorrefinaria (3) Biorrenováveis (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (86) BNDES (2) Bolsa de Valores (35) Brasil (101) Brazil (29) Cadeia Produtiva (17) Capacitação (31) CAR (4) Carbonatação (1) Carbono (7) Carbono Neutro (9) Carbono Zero (20) Carvão Ativado (10) carvão vegetal (6) CBios (68) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (16) Cerrado (25) Chuvas (10) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (415) Clima e ambiente (288) Clima e ambiente Preços (2) climate changed (66) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (105) Combustíveis Fósseis (40) Combustíveis verde (1) Comércio (48) Consciência Ecológica (26) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (16) Copolímeros (2) Cosméticos (40) Crédito de Carbono (48) Crédito Rural (20) Créditos de Descarbonização (25) Culinária (1) Cultivo (122) Culturas Perenes. Agricultura (2) Curso (14) Dados (1) Davos (4) Dendê (5) Desafios (3) Descarbonização (5) Desenvolvimento Sustentável (206) Desmatamento (12) Diesel (21) Diesel Verde (22) eco-friendly (5) Economia (100) Economia Circular (14) Economia Internacional (126) Economia Sustentável (5) Economia Verde (176) Economy (32) Ecosystem (6) Educação (1) Efeito estufa (19) Eficiência energética (55) Embrapa (13) Emissões de Carbono (63) Empreendedorismo (8) Empresas (170) Energia (105) energia limpa (17) Energia Renovável (257) Energia Solar Fotovoltaica (23) ESG (26) Estudo (2) Etanol (84) Europa (2) event (11) Eventos (176) Exportações (94) Extrativismo (63) FAO (7) Farelos (46) farm (1) Fertilidade (3) Fibras (9) Finanças (5) Financiamento (2) Floresta (30) Floresta plantada (119) Fomento (42) Food (42) food security (9) forest (1) Fruticultura (15) Fuels (27) Gamificação (1) Gás (3) Gás natural (1) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (9) Glicerina (2) Global warming (115) Green Economy (127) health (23) Hidrogênio Verde (6) História (1) IBP (1) ILPF (5) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (2) Ìnovaç (1) Inovação (202) Instituição (1) Insumos (7) Investimento (8) Investimentos (1) IPCC (15) IPFL (1) L72 (4) L73 (7) Legislação (14) Lignina (8) livestock (4) Low-Carbon (56) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (599) Madeira (23) Mamona (1) Manejo (2) Manejo e Conservação (114) MAPA (35) Máquinas e equipamentos (2) Mata Atlântica (5) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (4) Matéria-PrimaResíduos (1) matérias-primas (3) MCTI (1) Meio Ambiente (313) Melhoramento e Diversidade Genética (78) Mercado (4127) Mercado de Combustíveis (67) Mercado Financeiro (13) Mercado florestal (75) Mercado Internacional (52) Metas (5) Micotoxinas (1) Milho (24) Minas Gerias (1) MMA (1) MME (50) Mudanças Climáticas (56) mudas (3) Mundo (174) Nações Unidas (4) Negócios (13) nergia limpa (1) net-zero (43) Nutrição animal (18) nutrition (11) Oil (51) Oleaginosas (105) Oleochemicals (11) Óleos (253) Óleos Essenciais (8) Óleos Vegetais (24) OMC (3) ONGs (1) ONU (19) Oportunidade (8) Oportunidades (9) other (1) Palm (2) Palma (32) palmeiras (4) Paris Agreement (94) Pecuária (92) Pegada de Carbono (105) Personal Care (3) Pesquisa (87) Pessoas (2) Petrobras (9) Petróleo (34) PIB (6) pirólise (3) Plano Safra (1) Plant Based (28) Plant-Based (2) Política (87) Política Ambiental (4) Políticas (1) políticas públicas (2) Preços (73) Preservação Ambiental (56) Produção Agrícola (11) Produção Animal (9) Produção Integrada (2) Produção Sustentável (73) Produção vegetal (13) Produtividade (61) Produtos (150) Proteção Ambiental (16) proteína vegetal (28) Qualidade (3) Qualidade do Ar (4) químicos verdes (1) reciclagem (2) Recuperação Ambiental (7) Recuperação de área Degradada (48) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (35) regulamentação (3) Relatório (17) renewable energy (19) RenovaBio (75) Report (2) Research and Development (12) Resíduos (18) Sabão (1) SAF (8) Safra (5) Saúde e Bem-Estar (135) science and technology (48) Sebo (5) Segurança Alimentar (166) Segurança Energética (15) Selo Social (13) sementes (6) silvicultura (3) Sistema Agroflorestal (41) Sistemas Integrados (24) Sociobiodiersidade (8) Soil (9) Soja (96) Solos (57) Sustainability (59) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (673) Tecnologia (64) Tempo (2) Títulos verdes (3) Transportes (5) Turismo Sustentável (7) Unica (1) Vídeo (271) World (5) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página