Buscar

Quais são as diferenças entre o carvão mineral e o carvão vegetal?

terça-feira, janeiro 19, 2021

 


O carvão foi importantíssimo principalmente para a primeira revolução industrial, além de sua importância até os dias de hoje. Mas o que possivelmente você não viu nas suas aulas de história e geografia, é que esse todo importante carvão era, especificamente, o carvão mineral. No inglês há, inclusive, uma distinção na palavra – coal, para carvão mineral e charcoal, para carvão vegetal. Mas quais são, afinal, as diferenças entre o carvão mineral e o carvão vegetal?


Carvão vegetal

O famoso “carvão de churrasco”. (Pxhere).

Começaremos pelo carvão vegetal, mais comum no Brasil. Pouco utilizado no mundo, é bastante utilizado no Brasil. Ele é péssimo para utilização industrial, mas o Brasil possui apenas 1% das reservas mundiais de carvão mineral. Então, para diversas tarefas, depende do carvão vegetal. Pois é, ele não serve apenas para seu churrasco. 

carvão vegetal surge a partir da queima incompleta de madeira. Dessa forma, ela perde sua umidade e se torna um bom combustível. A queima completa da madeira ocorre somente quando utilizamos o carvão e o transformamos em brasa. Eles até servem para a indústria de metalurgia e siderurgia, mas são pouco eficientes para essa tarefa. Eles se encaixam melhor em papéis mais domésticos, como churrasqueiras e lareiras. 

Uma aplicação importante do carvão vegetal está no carvão ativado. Após passar por um processo, o carvão vegetal torna-se esse tipo que chamamos de ativado. Ele consegue absorver impurezas e odores de substâncias, por isso, são amplamente utilizados em filtros de água, remédios e em outras aplicações industriais, de saneamento, estéticas ou medicinais.


Carvão mineral

É fácil diferenciar o carvão mineral. (Amcyrus2012 / Wikimedia Commons).

Já a situação do carvão mineral é completamente diferente. Ele é ótimo para a indústria até os dias de hoje – e péssimo para a saúde e o meio ambiente. Mineiros e habitantes próximos às fábricas enfrentam efeitos diretos da extração e da queima do combustível. 

Embora leve o nome de mineral, ele já foi vivo um dia. Mas em um período muito mais distante do que o carvão mineral. Após milhares, e até milhões de anos sob pressão abaixo do solo, a matéria orgânica em decomposição se junta em “blocos”. Dessa forma, rapidamente se torna uma rocha, no sentido geológico da palavra mesmo. O carvão mineral é uma rocha sedimentar. 

Ele sim, possui boas aplicações para a indústria. Por ser mais eficiente, queima durante mais tempo e alcança temperaturas mais altas; de forma geral, ele possui menos impurezas do que o carvão vegetal, embora alguns também sejam bastante impuros. Ele é bastante útil na metalurgia, siderurgia e produção de eletricidade em diversos países da Europa, Ásia e Estados Unidos. 

Conforme o IEA, (International Energy Agency), em 2018, o carvão mineral correspondeu por quase 27% da matriz energética global – porcentagem que se aproxima da utilização do petróleo

O carvão mineral é extraído em minas. (TripodStories- AB / Wikimedia Commons).

Fonte: Só Cientifica

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (31) Acrocomia aculeata (62) Agricultura (188) Agricultura 4.0 (2) Agroenergia (122) Agroindústria (24) Agronegócio (172) Agropecuária (47) Água (14) Àgua (1) Alimentação Saudável (5) Alimentos (341) Amazônia (49) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (73) Arte (1) Artigo (37) Aspectos Gerais (177) Aviação (31) Aviation fuel (1) Aviation market (19) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (404) Biodefensivos (1) Biodiesel (300) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (9) Bioeconomia (90) Bioeletricidade (25) Bioenergia (185) Biofertilizantes (9) Biofuels (103) Bioinsumos (8) Biomass (7) Biomassa (87) Biomateriais (6) Biopolímeros (13) Bioproducts (2) Bioprodutos (21) Bioquerosene (41) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (76) Bolsa de Valores (25) Brasil (31) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (24) CAR (1) Carbonatação (1) Carbono Zero (15) Carvão Ativado (8) carvão vegetal (2) CBios (61) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (11) Cerrado (18) Chuvas (4) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (342) Clima e ambiente (261) climate changed (52) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (91) Combustíveis Fósseis (33) Comércio (39) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (36) Crédito de Carbono (40) Crédito Rural (10) Créditos de Descarbonização (24) Culinária (1) Cultivo (120) Curso (5) Dados (1) Davos (4) Dendê (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (153) Desmatamento (4) Diesel (15) Diesel Verde (20) eco-friendly (5) Economia (75) Economia Circular (10) Economia Internacional (110) Economia Sustentável (3) Economia Verde (171) Economy (31) Ecosystem (6) Efeito estufa (18) Eficiência energética (50) Emissões de Carbono (34) Empreendedorismo (7) Empresas (85) Energia (91) energia limpa (6) Energia Renovável (247) Energia Solar Fotovoltaica (21) ESG (4) Etanol (77) Europa (1) event (11) Eventos (138) Exportações (82) Extrativismo (57) FAO (4) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (20) Floresta plantada (105) Fomento (28) Food (42) food security (7) forest (1) Fruticultura (1) Fuels (27) Gás (3) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (111) Green Economy (127) health (23) História (1) IBP (1) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (131) Instituição (1) Insumos (1) Investimento (4) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (49) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (577) Madeira (15) Mamona (1) Manejo e Conservação (102) MAPA (20) Mata Atlântica (1) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (1) matérias-primas (3) Meio Ambiente (234) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4068) Mercado de Combustíveis (63) Mercado Financeiro (10) Mercado florestal (71) Mercado Internacional (43) Metas (3) Milho (15) Minas Gerias (1) MME (38) Mudanças Climáticas (30) Mundo (90) Nações Unidas (3) Negócios (2) net-zero (20) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (51) Oleaginosas (94) Oleochemicals (10) Óleos (249) Óleos Essenciais (6) Óleos Vegetais (13) OMC (1) ONGs (1) ONU (13) Oportunidade (5) Oportunidades (5) other (1) Palm (1) Palma (26) palmeiras (1) Paris Agreement (92) Pecuária (82) Pegada de Carbono (94) Personal Care (3) Pesquisa (60) Pessoas (1) Petrobras (9) Petróleo (27) PIB (3) pirólise (3) Plant Based (26) Política (80) Política Ambiental (1) Preços (45) Preservação Ambiental (35) Produção Animal (7) Produção Integrada (1) Produção Sustentável (50) Produção vegetal (4) Produtividade (42) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) Recuperação Ambiental (4) Recuperação de área Degradada (43) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (12) regulamentação (1) Relatório (11) renewable energy (19) RenovaBio (66) Report (1) Research and Development (11) Resíduos (11) Sabão (1) SAF (5) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (115) science and technology (47) Sebo (5) Segurança Alimentar (123) Segurança Energética (13) Selo Social (10) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (33) Sistemas Integrados (18) Sociobiodiersidade (2) Soil (9) Soja (66) Solos (42) Sustainability (57) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (581) Tecnologia (44) Tempo (1) Títulos verdes (1) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (244) World (4) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página