Buscar

Red Bull estuda construção de seu próprio motor

terça-feira, dezembro 29, 2020



A Red Bull está pensando em construir seu próprio motor de Fórmula 1, quando um novo conjunto de regulamentações for introduzido em 2025 ou 2026, que terá a introdução de uma unidade de potência mais simplificada totalmente movida a biocombustíveis.

Desde o início da sua trajetória na F1, a Red Bull sempre foi uma equipe cliente, utilizando operando os motores Cosworth e Ferrari durante as primeiras temporadas, antes de mudar para a Renault, com a qual teve grande sucesso, vencendo quatro campeonatos mundiais consecutivos entre 2010 e 2013.

No entanto, essa relação rapidamente se desfez quando novos regulamentos de híbridos foram introduzidos em 2014, com a Red Bull fechando um acordo para usar motores Honda a partir de 2019.

Isso resultou em algum sucesso, com a Red Bull conquistando três vitórias em sua primeira temporada com a Honda e duas em 2020, mas essa relação vai chegar ao fim no ano que vem, depois que o fabricante japonês anunciou sua retirada total da F1.

A saída da Honda da categoria, deixou a Red Bull em uma situação difícil para 2022 com duas opções disponíveis, retomar seu relacionamento com a Renault ou alugar a unidade de potência atual da Honda e desenvolvê-la tanto quanto puder, sabendo que não será capaz de despejar as dezenas de milhões da Mercedes, Ferrari e Renault no desenvolvimento de seus motores.

É por isso que a Red Bull está pressionando para que o congelamento do desenvolvimento do motor entre em vigor no final da próxima temporada, até que os novos regulamentos sejam definidos, o que deve acontecer em 2025 ou 2026.

Imagina-se que a fórmula do motor seja semelhante à unidade de potência atual, mas poderia abandonar o complicado e caro MGU-H, tornando muito mais acessível para novos fabricantes entrar no esporte

O conselheiro da Red Bull, Helmut Marko, dissee que se for esse o caso, a empresa estudaria desenvolver sua própria unidade de potência para se tornar uma verdadeira equipe de fabricante.

“Se isso for verdade, o novo motor será muito mais simples em design e com o MGU-H eliminado, então não é mais uma questão tão complexa como o motor atual”, disse ele ao Autosport.

“Isso significa que você pode fazer o desenvolvimento de tal motor com a parafernália que teremos em Milton Keynes.”

Questionado se isso significava construir sua própria unidade, ele respondeu: “Correto. Seja sozinho ou em cooperação, isso é uma questão de negociação, eu diria.”

O acordo da Red Bull para continuar usando os motores Honda após 2021 está quase completo, mas depende do aceite de todos os fabricantes concordando com o congelamento do desenvolvimento. Até agora, a Mercedes e a Ferrari apoiaram a ideia, mas a Renault ainda não deu sua resposta definitiva.


Fonte: F1mania


Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (30) Acrocomia aculeata (61) Agricultura (165) Agroenergia (121) Agroindústria (23) Agronegócio (154) Agropecuária (43) Água (12) Àgua (1) Alimentação Saudável (1) Alimentos (332) Amazônia (41) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (71) Arte (1) Artigo (36) Aspectos Gerais (177) Aviação (31) Aviation market (19) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (397) Biodiesel (291) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (5) Bioeconomia (81) Bioeletricidade (25) Bioenergia (182) Biofertilizantes (7) Biofuels (103) Bioinsumos (7) Biomass (7) Biomassa (86) Biomateriais (6) Biopolímeros (10) Bioproducts (2) Bioprodutos (20) Bioquerosene (41) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (75) Bolsa de Valores (23) Brasil (19) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (18) CAR (1) Carbonatação (1) Carbono Zero (14) Carvão Ativado (8) carvão vegetal (2) CBios (54) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (10) Cerrado (17) Chuvas (3) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (328) Clima e ambiente (255) climate changed (51) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (87) Combustíveis Fósseis (30) Comércio (33) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (35) Crédito de Carbono (39) Crédito Rural (6) Créditos de Descarbonização (24) Culinária (1) Cultivo (120) Curso (4) Dados (1) Davos (3) Dendê (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (148) Desmatamento (1) Diesel (15) Diesel Verde (16) eco-friendly (5) Economia (71) Economia Circular (9) Economia Internacional (109) Economia Sustentável (2) Economia Verde (170) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (18) Eficiência energética (47) Emissões de Carbono (25) Empreendedorismo (6) Empresas (63) Energia (87) energia limpa (2) Energia Renovável (245) Energia Solar Fotovoltaica (20) Etanol (73) Europa (1) event (11) Eventos (136) Exportações (79) Extrativismo (56) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (17) Floresta plantada (104) Fomento (21) Food (42) food security (7) forest (1) Fruticultura (1) Fuels (27) Gás (3) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (109) Green Economy (126) health (22) IBP (1) Incentivos (4) India (1) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (116) Instituição (1) Insumos (1) Investimento (4) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (48) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (574) Madeira (14) Mamona (1) Manejo e Conservação (99) MAPA (18) Matéria Prima (1) Matéria-Prima (1) matérias-primas (3) Meio Ambiente (223) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4050) Mercado de Combustíveis (63) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (69) Mercado Internacional (40) Metas (2) Milho (13) MME (35) Mudanças Climáticas (30) Mundo (74) Nações Unidas (1) net-zero (15) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (51) Oleaginosas (90) Oleochemicals (10) Óleos (248) Óleos Essenciais (5) Óleos Vegetais (7) ONGs (1) ONU (12) Oportunidade (3) Oportunidades (3) other (1) Palm (1) Palma (23) Paris Agreement (90) Pecuária (80) Pegada de Carbono (92) Personal Care (3) Pesquisa (51) Pessoas (1) Petrobras (9) Petróleo (27) PIB (3) pirólise (3) Plant Based (23) Política (79) Preços (37) Preservação Ambiental (32) Produção Animal (7) Produção Sustentável (48) Produção vegetal (4) Produtividade (40) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) Recuperação Ambiental (3) Recuperação de área Degradada (43) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (9) regulamentação (1) Relatório (11) renewable energy (19) RenovaBio (60) Report (1) Research and Development (10) Resíduos (10) SAF (4) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (107) science and technology (46) Sebo (5) Segurança Alimentar (111) Segurança Energética (13) Selo Social (10) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (28) Sistemas Integrados (15) Sociobiodiersidade (1) Soil (9) Soja (63) Solos (38) Sustainability (56) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (558) Tecnologia (39) Tempo (1) Títulos verdes (1) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (241) World (2) World Economy (78) Zero-Carbon (1)

Total de visualizações de página