Buscar

Mais investimentos no Brasil, mais desenvolvimento para os brasileiros

sexta-feira, novembro 01, 2019




Mesmo em um momento de baixo dinamismo econômico, o setor de árvores cultivadas vem investindo em tecnologia, expansões, novas fábricas e florestas. No ápice da crise, entre 2014 e 2017, foram mais de R$ 20 bilhões. De 2020 a 2023 estão previstos novos aportes de R$ 32,6 bilhões. Trata-se de uma injeção monetária que aumentará a capacidade de fabricação de produtos com origem ambientalmente adequada, que deve gerar 46 mil novos empregos, dos quais 11 mil serão fixos, levando desenvolvimento e renda a regiões distantes dos grandes centros, com baixa atividade econômica. No entanto, esse avanço poderia ser ainda maior, desde que superados alguns entraves regulatórios, como os para a atração de investimentos estrangeiros.

Uma decisão tomada em 2010 pela Advocacia-Geral da União retomou a aplicação, pelos órgãos fundiários, de uma lei de 1971, a qual estende a empresas brasileiras com capital internacional o tratamento dado ao estrangeiro no que diz respeito à aquisição de imóveis rurais. Diversas entidades já se manifestaram contra a aplicação da Lei 5.709/71, inclusive perante o Supremo Tribunal Federal, para que fosse reconhecido que o tratamento dado às empresas brasileiras de capital estrangeiro é discriminatório e atenta contra o preceito da igualdade de condições de concorrência. A Sociedade Rural Brasileira, por exemplo, fez esse questionamento, que segue sem solução do Poder Judiciário.

O Poder Legislativo também busca saídas para essa situação, com destaque para o esforço que o senador Irajá Abreu tem feito na busca de aprovação de seu Projeto de Lei 2.963/19, que visa facilitar e impulsionar investimentos para a geração de empregos no campo. Poucos investimentos são mais benéficos para ajudar no desenvolvimento do país do que o realizado em áreas rurais, muitas vezes ainda carentes de serviços públicos elementares. De fato, temos evidências de que o investimento privado tem um efeito direto de melhoria de qualidade de vida das pessoas em regiões com IDH muito baixo, depois da chegada das atividades relacionadas à agroindústria de base florestal.

São visíveis os casos de sucesso do setor florestal na transformação de regiões anteriormente pouco desenvolvidas em polos regionais de geração de emprego e renda. Conjuntamente aos milhões de reais investidos na implantação de árvores cultivadas, são gerados empregos com responsabilidade social e ambiental, criam-se novas cadeias de suprimentos de equipamentos e serviços, de modo que pequenas cidades crescem para atender a novas demandas de fábricas de processamento de madeira, instaladas onde antes nada existia. Três Lagoas (MS), Eunápolis (BA), Três Barras (SC) e Aracruz (ES) são exemplos claros desse efeito direto do setor florestal. Segundo análise do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) médio do Brasil, os municípios que têm plantios comerciais de árvores cresceram 56%, enquanto o crescimento deste indicador médio do Brasil ficou em 47% nas mais recentes pesquisas realizadas, com dados de 1991, 2000 e 2010. Esses municípios também apresentaram maior crescimento que a média brasileira nas três dimensões que compõem o índice: renda (20% contra 14%), longevidade (26% contra 23%) e educação (149% contra 128%).

O setor florestal tem uma área produtiva que corresponde a menos de 1% do território do país, mas gera empregos diretos para 513 mil pessoas, impactando cerca de 3,8 milhões de brasileiros. Além disso, esse setor impulsiona a economia nacional com um PIB de R$ 86,6 bilhões, representando 6,9% do PIB industrial brasileiro. Não há por que deixarmos o Brasil rural de fora da rota dos investimentos estrangeiros. É preciso, em vez disso, promovê-los, para que a nossa população rural possa se fixar no campo e também participar das cadeias globais de valor. Diferentemente de outros países, o Brasil, além de condições naturais favoráveis, tem tecnologia própria, mão de obra qualificada e cadeias de suprimento estabelecidas, o que lhe dá protagonismo global na produção de alimentos e fibras vegetais.

Fonte: Gazeta do Povo

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (29) Acrocomia aculeata (56) Agricultura (143) Agroenergia (121) Agroindústria (23) Agronegócio (140) Agropecuária (41) Água (10) Àgua (1) Alimentos (321) Amazônia (34) animal nutition (1) ANP (67) Arte (1) Artigo (33) Aspectos Gerais (177) Aviação (31) Aviation market (19) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (386) Biodiesel (279) Biodiversidade (4) Bioeconomia (73) Bioeletricidade (25) Bioenergia (177) Biofertilizantes (7) Biofuels (102) Bioinsumos (6) Biomass (7) Biomassa (86) Biomateriais (6) Biopolímeros (9) Bioproducts (2) Bioprodutos (20) Bioquerosene (39) Biorrefinaria (1) Biotechnology (35) Biotecnologia (74) Bolsa de Valores (22) Brasil (14) Brazil (28) Cadeia Produtiva (14) Capacitação (12) Carbonatação (1) Carbono Zero (13) Carvão Ativado (7) CBios (50) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (10) Cerrado (15) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (315) Clima e ambiente (246) climate changed (47) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (84) Combustíveis Fósseis (28) Comércio (24) Consciência Ecológica (23) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (33) Crédito de Carbono (39) Crédito Rural (4) Créditos de Descarbonização (24) Culinária (1) Cultivo (120) Curso (4) Dados (1) Davos (3) Dendê (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (141) Desmatamento (1) Diesel (13) Diesel Verde (14) eco-friendly (4) Economia (70) Economia Circular (7) Economia Internacional (109) Economia Sustentável (1) Economia Verde (170) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (16) Eficiência energética (44) Emissões de Carbono (15) Empreendedorismo (6) Empresas (48) Energia (83) Energia Renovável (241) Energia Solar Fotovoltaica (19) Etanol (71) Europa (1) event (11) Eventos (132) Exportações (75) Extrativismo (52) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (13) Floresta plantada (103) Fomento (16) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (27) Gás (3) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (106) Green Economy (126) health (22) IBP (1) Incentivos (4) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (101) Instituição (1) Investimento (3) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (48) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (565) Madeira (14) Mamona (1) Manejo e Conservação (98) MAPA (17) Matéria Prima (1) Matéria-Prima (1) matérias-primas (2) Meio Ambiente (209) Melhoramento e Diversidade Genética (69) Mercado (4032) Mercado de Combustíveis (59) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (69) Mercado Internacional (38) Metas (2) Milho (13) MME (30) Mudanças Climáticas (27) Mundo (54) Nações Unidas (1) net-zero (12) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (82) Oleochemicals (8) Óleos (247) Óleos Essenciais (4) Óleos Vegetais (3) ONGs (1) ONU (10) Oportunidade (2) Oportunidades (2) other (1) Palma (20) Paris Agreement (90) Pecuária (79) Pegada de Carbono (86) Personal Care (3) Pesquisa (49) Petrobras (9) Petróleo (25) PIB (3) pirólise (3) Plant Based (21) Política (77) Preços (31) Preservação Ambiental (28) Produção Animal (7) Produção Sustentável (40) Produção vegetal (3) Produtividade (39) Produtos (150) Proteção Ambiental (10) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) Recuperação de área Degradada (43) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (4) Relatório (11) renewable energy (19) RenovaBio (56) Report (1) Research and Development (10) Resíduos (6) SAF (3) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (98) science and technology (46) Sebo (5) Segurança Alimentar (105) Segurança Energética (12) Selo Social (5) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (24) Sistemas Integrados (13) Sociobiodiersidade (1) Soil (9) Soja (62) Solos (37) Sustainability (55) Sustainable Energy (67) Sustentabilidade (542) Tecnologia (36) Transportes (5) Turismo Sustentável (5) Unica (1) Vídeo (237) World (1) World Economy (78) Zero-Carbon (1)

Total de visualizações de página