Buscar

Renovabio: "o maior programa de biocombustíveis do mundo", afirma ministro

quarta-feira, outubro 02, 2019

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
Ampliar o uso de combustíveis renováveis, como etanol e biodiesel, que emitem menos gases causadores do efeito estufa é o objetivo do Renovabio, política do governo de incentivo aos biocombustíveis.

A iniciativa do Ministério de Minas e Energia visa expandir a produção desse tipo de energia, apostando na sustentabilidade ambiental, econômica e social.

Na ultima sexta-feira (20), o presidente da República, Jair Bolsonaro, comemorou, em suas redes sociais, os efeitos prático do Renovabio.

"A Toyota do Brasil investirá R$ 1 bilhão em sua planta de Sorocaba/SP, graças ao programa de valorização dos biocombustíveis do Governo Federal, o RENOVABIO. - Em São Paulo serão produzidos os veículos híbrido-flex (etanol/eletricidade)."

Segundo o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o programa tem contribuído para reduzir a emissão de gás carbônico.

"Hoje temos o Renovabio, considerado o maior programa de biocombustíveis do mundo, que contribui muito para a descarbonização não só do Brasil, mas do planeta como um todo, com elevados investimentos e resultados bastante positivos."

Um dos focos do Renovabio é aumentar a mistura de biocombustíveis (biodiesel) no diesel, usado em caminhões e ônibus, por exemplo.

A partir deste mês, o percentual obrigatório de biodiesel no diesel brasileiro subiu de 10% para 11%.

O incentivo aos biocombustíveis beneficia não apenas o meio ambiente, mas também reduz a dependência do Brasil em relação aos derivados de petróleo, como explica a superintendente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Ângela Costa.

"O Brasil é autossuficiente em petróleo, nos tornamos exportadores já há alguns anos, porém não somos em derivados de petróleo, ainda temos a necessidade de importar.

Os biocombustíveis então contribuem pra redução de emissão de gases, para a geração de empregos no Brasil e também para melhoria da balança comercial.

Eles têm esse importante papel também da segurança no abastecimento", explicou.
Vantagens

O Renovabio já gera efeitos na cadeia de produção energética brasileira. Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), em 2019, a demanda por etanol cresceu quase três bilhões de litros.

E, com o aumento da mistura no diesel, a demanda deve crescer ainda mais, com expectativa de acréscimo em 200 milhões de litros.

Até 2030, os investimentos no setor devem totalizar R$1,4 trilhão.

Os biocombustíveis também estimulam a competição na oferta de combustíveis, o que reduz os preços para o consumidor.

Outro benefício é que esse tipo de combustível contribui para a geração de energia elétrica a partir de biomassa.

Em 2018, a energia elétrica oriunda dessa fonte correspondeu a 27% da geração de Itaipu e totalizou 26.441 gigawatt-hora (GWh), energia suficiente para atender a demanda de uma cidade de um milhão de habitantes por 10 anos.

Fonte: Dourados Agora

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Acrocomia aculeata (2) Alimentos (217) animal nutition (1) Aspectos Gerais (172) Aviação (24) Aviation market (13) Biocombustíveis (166) Biodiesel (68) Bioeconomia (15) Bioeletricidade (2) Biofertilizantes (1) Biofuels (82) Biomass (7) Biomassa (49) Biopolímeros (3) Bioquerosene (18) Biotechnology (21) Biotecnologia (2) Brazil (19) Cerrado (1) Ciência e Tecnologia (172) Clima e ambiente (180) climate changed (20) Cogeração de energia (9) COP24 (75) COP25 (13) Cosméticos (19) Crédito de Carbono (25) Cultivo (96) eco-friendly (2) Economia Internacional (60) Economia Verde (154) Economy (25) Ecosystem (1) Efeito estufa (4) Energia (26) Energia Renovável (149) event (6) Eventos (70) Extrativismo (19) Farelos (27) farm (1) Fibras (8) Floresta plantada (62) Food (40) food security (1) Fuels (16) Global warming (77) Green Economy (111) health (21) Industry 4.0 (1) IPCC (13) livestock (4) Low-Carbon (39) Lubrificantes e Óleos (17) Macaúba (491) Manejo e Conservação (37) Meio Ambiente (78) Melhoramento e Diversidade Genética (52) Mercado (3830) Mercado florestal (42) Nutrição animal (15) nutrition (9) Oil (42) Óleos (209) other (1) Paris Agreement (56) Pecuária (59) Pegada de Carbono (40) pirólise (1) Plant Based (6) Política (49) Produtos (140) proteína vegetal (21) Recuperação de área Degradada (22) renewable energy (10) Research and Development (7) SAF (1) Saúde e Bem-Estar (72) science and technology (25) Segurança Alimentar (34) Soil (7) Solos (8) Sustainability (34) Sustainable Energy (52) Sustentabilidade (284) Vídeo (193) World Economy (62)

Total de visualizações de página