Buscar

Sabia que pode ingerir até 2,06 quilos de batom durante a sua vida?

terça-feira, setembro 10, 2019

Sabia que pode ingerir até 2,06 quilos de batom durante a sua vida?
© iStock

A maioria dos batons e bálsamos labiais contêm ingredientes MOSH (Minerais Hidrocarbonetos Saturados com Óleos) e MOAH (Minerais Hidrocarbonetos Aromáticos), substâncias tóxicas derivadas do petróleo.

Segundo um estudo divulgado pela Environmental Health Perspectives, uma pessoa comum ingere, em média, 24 miligramas de batom por dia, número esse que pode aumentar para 87 miligramas, caso faça um uso excessivo do produto. Se considerarmos o valor médio mais comum – 24 miligramas –, após um ano ter-se-iam consumido 8.760 miligramas, ou seja, 0.0088 quilos. Tendo em conta que, em Portugal, a esperança média de vida ronda os 80 anos, se multiplicarmos o valor de um ano por 65 – excluindo assim o uso regular de batom em crianças – obtemos um consumo de 0,6 quilos de batom durante uma vida. Quando feitas as contas relativamente ao consumo de 87 miligramas, o número aumenta para 2,06 quilos. 

A verdade é que o simples gesto de hidratar os lábios com um bálsamo para os proteger do frio, sol, vento ou secura pode levar à ingestão de certos ingredientes incluídos na sua formulação, mais propriamente os que se designam pela sigla MOSH (Minerais Hidrocarbonetos Saturados com Óleos) e MOAH (Minerais Hidrocarbonetos Aromáticos), duas substâncias tóxicas presentes nos óleos minerais derivados do petróleo, autorizados pelo padrão europeu de cosméticos (1223/2009). Para a Weleda, fabricante líder mundial de produtos de cosmética, higiene e bem-estar naturais, a solução poderá passar pela utilização de produtos naturais, não nocivos para a saúde. 

A poluição por cosméticos assume-se assim enquanto um problema sério. Os poluentes hormonais presentes nas fórmulas cosméticas são elementos pseudo persistentes, o que significa que não se acumulam no tecido adiposo como os persistentes, ainda mais nocivos, porém se são reaplicados dia após dia podem acabar por permanecer no sangue – o que pode levar até 20 anos a acontecer. 

Uma vez que os lábios não contêm glândulas sebáceas e o seu filme hidrolipídico é quase inexistente, inevitavelmente temos de encontrar uma forma para os manter hidratados. Além da ingestão de muita água e evitar a umidificação constantemente com bebidas ou com a língua, é também necessário protegê-los com um bálsamo. Se forma a não ingerirmos inadvertidamente produtos nocivos que aplicamos na área dos lábios, a Weleda aconselha a utilização de batons ou bálsamos feitos de fórmulas compostas de ingredientes naturais, como manteigas, óleos ou ceras vegetais. 

Para quem opte por utilizar estes bálsamos naturais, a Weleda apresenta três tons que se adaptam à beleza natural de lábios: Nude, Rose e Berry Red, cores delicadas com um brilho sutil. Indicados também para vegans, estes Lip Balms têm uma composição exclusiva baseada em óleos vegetais 100% naturais, sem corantes, conservantes, perfumes sintéticos ou substâncias de origem petroquímica. Assim, poderá proteger e cuidar dos seus lábios com um toque de cor muito natural e 100% de segurança.

Fonte: Notícias ao Minuto

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Acrocomia aculeata (2) Alimentos (186) animal nutition (1) Aspectos Gerais (164) Aviação (22) Aviation market (11) Biocombustíveis (154) Biodiesel (52) Bioeconomia (14) Bioeletricidade (2) Biofertilizantes (1) Biofuels (68) Biomass (7) Biomassa (47) Biopolímeros (3) Bioquerosene (18) Biotechnology (20) Biotecnologia (2) Brazil (17) Cerrado (1) Ciência e Tecnologia (157) Clima e ambiente (157) climate changed (6) Cogeração de energia (9) COP24 (73) COP25 (8) Cosméticos (18) Crédito de Carbono (25) Cultivo (96) eco-friendly (2) Economia Internacional (59) Economia Verde (145) Economy (25) Ecosystem (1) Efeito estufa (3) Energia (24) Energia Renovável (128) event (4) Eventos (63) Extrativismo (19) Farelos (27) farm (1) Fibras (8) Floresta plantada (55) Food (38) food security (1) Fuels (16) Global warming (75) Green Economy (95) health (19) Industry 4.0 (1) IPCC (13) livestock (4) Low-Carbon (39) Lubrificantes e Óleos (8) Macaúba (451) Manejo e Conservação (29) Meio Ambiente (67) Melhoramento e Diversidade Genética (52) Mercado (3797) Mercado florestal (40) Nutrição animal (14) nutrition (9) Oil (38) Óleos (200) other (1) Paris Agreement (45) Pecuária (50) Pegada de Carbono (37) pirólise (1) Plant Based (5) Política (41) Produtos (118) proteína vegetal (13) Recuperação de área Degradada (21) renewable energy (5) Research and Development (7) SAF (1) Saúde e Bem-Estar (54) science and technology (21) Segurança Alimentar (31) Soil (7) Solos (8) Sustainability (26) Sustainable Energy (51) Sustentabilidade (255) Vídeo (193) World Economy (56)

Total de visualizações de página