Buscar

Árvores de SP desenvolvem 37% menos em lugares com altos níveis de poluição

sexta-feira, setembro 27, 2019

Árvores se desenvolvem menos em lugares poluídos, diz pesquisa — Foto: Reprodução/TV Globo

Veja as regras para plantar, e saiba onde conseguir uma muda na capital paulista.


Uma pesquisa do Instituto de Botânica da Universidade de São Paulo (USP) aponta que as árvores expostas a altos níveis de poluição se desenvolvem até 37% menos. O crescimento fica comprometido por conta de partículas que estão no ar.

"Essa fuligem acaba se depositando na folha das árvores e ela impede que a luz solar consiga entrar nas folhas e também impede que as folhas respirem. Isso acaba afetando todo o desenvolvimento da árvore", explica o biólogo Giuliano Locosselli, responsável pelo estudo.

O efeito da poluição foi percebido nas árvores plantadas pelo Verdejando 2018 na Avenida do Estado, uma das principais vias do centro da capital. Por causa da poluição de carros e caminhões, essas árvores cresceram menos que outras plantadas em regiões com o ar mais limpo, como as do Parque da Juventude, na Zona Norte.

Regras que precisam ser seguidas antes, durante e depois do plantio

A Prefeitura de São Paulo informa que é possível plantar tanto nas áreas públicas – calçadas, praças, parques e demais áreas livres –, como nas áreas particulares – como residências, condomínios, empresas etc. Mas há regras que precisam ser seguidas.

Embora não exista uma legislação impedindo que o munícipe plante em área pública, a Prefeitura orienta que seja encaminhada uma solicitação de autorização para a Subprefeitura da região ou para a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente. Assim, a Prefeitura pode dar orientações técnicas e ajudar na escolha da espécie mais indicada para o local. A ideia é que as espécies plantadas no futuro não causem problemas à estrutura de calçadas e construções.

A Prefeitura orienta ainda que em locais tombados pelo patrimônio histórico há necessidade de autorização de outros órgãos, como o Conpresp, Condephaat ou o Iphan. E a Prefeitura, quando procurada e avisada, pode orientar também sobre essas questões.

Manual de regras

Mesmo depois de avisar a Prefeitura e receber as orientações, o cidadão que quer plantar precisa seguir as regras disponíveis em um manual disponível no site da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente.

Neste manual, há normas que precisam ser seguidas, como o tamanho da calçada que vai receber a árvore; a distância que a árvore precisa ficar de postes; os cuidados durante o crescimento da nova árvore, entre outras recomendações.

Onde conseguir mudas

Depois de ver todas as regras e verificar se o local do plantio está adequado, o interessado no plantio pode receber mudas de árvores da Prefeitura. Elas são cedidas gratuitamente pelos Viveiros Municipais.

Cada pessoa pode pegar até cinco mudas. O munícipe deve comprovar a disponibilidade de área para o plantio, e aguardar que técnicos da Divisão Técnica de Produção e Arborização analisem o local e especifiquem quantidade e espécies adequadas.

Para isso, basta comparecer a um dos viveiros, de segunda a sexta-feira das 8h às 15h, com sua documentação, informações e fotos do local onde pretende plantar, e um veículo aberto – já que as mudas podem ter mais de 2 metros de altura.

Veja os endereços dos viveiros

Viveiro Arthur Etzel: Av. Afonso de Sampaio e Sousa, 951 - Itaquera (no Parque do Carmo)
Viveiro Harry Blossfeld: R. Mesopotâmia, s/n - Jardim Passárgada, Cotia (no Parque Cemucam)
Viveiro Manequinho Lopes:Av. Pedro Álvares Cabral - Vila Mariana (no Parque Ibirapuera)

Fonte: G1

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Acrocomia aculeata (3) Alimentos (219) animal nutition (1) Aspectos Gerais (175) Aviação (25) Aviation market (13) Biocombustíveis (169) Biodiesel (72) Bioeconomia (15) Bioeletricidade (2) Biofertilizantes (1) Biofuels (83) Biomass (7) Biomassa (49) Biopolímeros (3) Bioquerosene (18) Biotechnology (21) Biotecnologia (2) Brazil (20) Cerrado (2) Ciência e Tecnologia (174) Clima e ambiente (183) climate changed (21) Cogeração de energia (9) COP24 (76) COP25 (14) Cosméticos (19) Crédito de Carbono (26) Cultivo (96) eco-friendly (2) Economia Internacional (60) Economia Verde (156) Economy (25) Ecosystem (1) Efeito estufa (5) Energia (28) Energia Renovável (150) event (6) Eventos (72) Extrativismo (20) Farelos (27) farm (1) Fibras (8) Floresta plantada (62) Food (40) food security (1) forest (1) Fuels (16) Global warming (78) Green Economy (112) health (21) Industry 4.0 (1) IPCC (13) livestock (4) Low-Carbon (39) Lubrificantes e Óleos (18) Macaúba (497) Manejo e Conservação (39) Meio Ambiente (81) Melhoramento e Diversidade Genética (52) Mercado (3835) Mercado florestal (43) Nutrição animal (15) nutrition (9) Oil (42) Óleos (210) other (1) Paris Agreement (58) Pecuária (60) Pegada de Carbono (41) pirólise (1) Plant Based (6) Política (52) Produtos (140) proteína vegetal (21) Recuperação de área Degradada (23) renewable energy (10) Research and Development (7) SAF (1) Saúde e Bem-Estar (74) science and technology (25) Segurança Alimentar (34) Soil (7) Solos (8) Sustainability (36) Sustainable Energy (52) Sustentabilidade (290) Vídeo (193) World Economy (64)

Total de visualizações de página