Buscar

Macaúba (Acrocomia aculeata): caracterização centesimal, potencial antioxidante e compostos fenólicos da polpa e amêndoa

quinta-feira, agosto 01, 2019

Autor: Thiago Faquineti de Aragão

Resumo: O Brasil possui uma ampla área a ser explorada na fruticultura, devido suas características de solo e clima. Esta cultura é importante principalmente na fixação do homem no campo pela diversificação e geração de emprego e renda. A macaúba é apontada como uma boa fonte de renda e tem uma ampla aplicação na área de alimentos, biocombustíveis e cosméticos, sendo totalmente aproveitada para estes fins. 

Para o desenvolvimento deste trabalho as amostras de macaúba foram coletadas na cidade de Goioerê/PR e foram determinadas sua composição centesimal (umidade, cinzas, proteínas, lipídios totais e carboidratos), potencial antioxidante e compostos fenólicos da polpa e amêndoa, no laboratório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão. Os resultados apresentados pela composição centesimal apontaram um comportamento já esperado como consultado na literatura, onde se indica que esta variação ocorre devido às características dos locais de origem das amostras. A absorbância obtida nos extratos etanoicos da amêndoa foram superiores caracterizando assim um maior potencial antioxidante quando comparado com os da polpa. 

O EC 50 apresentou resultados condizentes com a absorbância confirmando o potencial antioxidante maior para amêndoa, enquanto que, o valor dos compostos fenólicos totais apresentou-se com valores maiores para a polpa e menores para a amêndoa. Os resultados indicaram que a macaúba pode ser aplicada nos mais diversos setores da indústria.

Para ter acesso ao artigo completo, clique aqui.

Fonte: Repositório de Outras Coleções Abertas (ROCA)

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página