Buscar

Qual a diferença entre fibras solúveis e insolúveis? Saiba por que é importante ingeri-las

segunda-feira, julho 15, 2019

Qual a diferença entre fibras solúveis e insolúveis? Saiba por que é importante ingeri-las

Você deve estar pensando o quão confuso é isso tudo. Primeiro você tem que comer mais fibras, depois vem alguém dizer que tem dois tipos e que cada uma delas é igualmente importante.

Parece avassalador, mas não é. O sítio estrangeiro HealthLine aconselha a comer uma grande gama de alimentos a base de vegetais, e assim você estará coberto.

São vários os tipos de fibras, elas podem ser classificadas por solubilidade, viscosidade, fermentabilidade e procedência.

Esta última que dizer se a fibra é dietética, proveniente de alimentos, ou funcional, extraída, isolada e adiciona a alimentos processados.

Neste artigo falaremos sobre a solubilidade, sendo esta a categoria mais popular e uma das formas mais uteis de classificar este tipo de carboidrato.

aveia
Reprodução/ Pixabay

Sim! Fibras são carboidratos, bons e de difícil absorção. Não precisa se preocupar caso você faça dieta low-carb ou cetogênica, pois é necessário a ingesta delas até mesmo nesses regimes.


Afinal, qual a diferença entre fibras solúveis e insolúveis?

Como o próprio nome diz estamos falando da capacidade de do nutriente de absorver água e ficar disponível para digestão quando ela chega ao intestino.

As fibras solúveis absorvem os líquidos e produzem um gel, retardando o trânsito intestinal e ativando a circulação sanguínea na região. Elas ainda controlam o pico de insulina, diminuindo a velocidade que a glicose entra no sangue.
Já as insolúveis passam intactas pelo intestino, estão presentes nas cascas das frutas e agem como aceleradores do processo, alimentando bactérias intestinais, aumentando o bolo fecal e atuando como probióticos.

chia
Reprodução/ Pixabay

As principais fontes de fibras solúveis são:

Aveia
Lentilha
Soja
Mandioca
Beterraba
Ervilha
Chia

Fibras insolúveis aprecem bastante em:

Farelo de trigo
Milho
Feijão
Folhas
Cereais integrais
Cascas de frutas
Abóbora

Fonte: Jornal Metro

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (23) Acrocomia aculeata (49) Agricultura (103) Agroenergia (119) Agroindústria (21) Agronegócio (116) Agropecuária (34) Água (1) Àgua (1) Alimentos (285) Amazônia (19) animal nutition (1) ANP (64) Arte (1) Artigo (26) Aspectos Gerais (177) Aviação (30) Aviation market (16) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (378) Biodiesel (268) Bioeconomia (57) Bioeletricidade (25) Bioenergia (165) Biofertilizantes (4) Biofuels (102) Bioinsumos (1) Biomass (7) Biomassa (85) Biomateriais (5) Biopolímeros (7) Bioproducts (2) Bioprodutos (15) Bioquerosene (36) Biotechnology (34) Biotecnologia (64) Bolsa de Valores (22) Brasil (11) Brazil (28) Cadeia Produtiva (14) Capacitação (8) Carbonatação (1) Carbono Zero (4) Carvão Ativado (6) CBios (47) CCEE (1) Celulose (6) Cerrado (12) Ciência e Tecnologia (284) Clima e ambiente (242) climate changed (42) CNA (1) Cogeração de energia (29) Combustíveis (84) Combustíveis Fósseis (26) Comércio (15) Consciência Ecológica (20) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (27) Crédito de Carbono (38) Crédito Rural (2) Créditos de Descarbonização (22) Cultivo (113) Curso (3) Dados (1) Davos (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (119) Desmatamento (1) Diesel (13) Diesel Verde (13) eco-friendly (4) Economia (65) Economia Circular (6) Economia Internacional (109) Economia Verde (169) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (14) Eficiência energética (40) Empreendedorismo (3) Empresas (26) Energia (82) Energia Renovável (235) Energia Solar Fotovoltaica (16) Etanol (66) Europa (1) event (10) Eventos (113) Exportações (67) Extrativismo (49) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (1) Floresta plantada (97) Fomento (9) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (26) Gás (3) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (98) Green Economy (125) health (22) IBP (1) Incentivos (4) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (79) Instituição (1) Investimento (1) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (45) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (557) Madeira (11) Mamona (1) Manejo e Conservação (90) MAPA (10) Matéria Prima (1) Meio Ambiente (173) Melhoramento e Diversidade Genética (67) Mercado (4021) Mercado de Combustíveis (57) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (64) Mercado Internacional (36) Metas (2) Milho (13) MME (25) Mudanças Climáticas (16) Mundo (36) Nações Unidas (1) net-zero (3) Nutrição animal (17) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (81) Oleochemicals (8) Óleos (242) Óleos Essenciais (3) ONGs (1) ONU (7) Oportunidade (1) Oportunidades (1) other (1) Palma (16) Paris Agreement (85) Pecuária (73) Pegada de Carbono (78) Personal Care (3) Pesquisa (33) Petrobras (9) Petróleo (24) PIB (2) pirólise (3) Plant Based (16) Política (74) Preços (28) Preservação Ambiental (20) Produção Animal (6) Produção Sustentável (38) Produtividade (31) Produtos (150) Proteção Ambiental (7) proteína vegetal (28) Recuperação de área Degradada (41) Recuperação Econômica (3) Relatório (8) renewable energy (18) RenovaBio (50) Research and Development (10) Resíduos (3) SAF (3) Safra (1) Saúde e Bem-Estar (90) science and technology (46) Sebo (4) Segurança Alimentar (78) Segurança Energética (12) Selo Social (4) Sistema Agroflorestal (20) Sistemas Integrados (8) Soil (9) Soja (57) Solos (22) Sustainability (52) Sustainable Energy (66) Sustentabilidade (492) Tecnologia (24) Transportes (5) Turismo Sustentável (3) Unica (1) Vídeo (233) World Economy (76)

Total de visualizações de página