Buscar

Análise da produção de protease e lipase por fungos filamentosos isolados do fruto da macaúba (Acrocomia aculeata (Jacq) Lood. ex Mart)

sexta-feira, julho 12, 2019

Resultado de imagem para óleo macaúba

Autores: NASCIMENTO, C. S.; SANTOS, V. L. dos; ANDRADE, M. H. C.;

Resumo: A palmeira macaúba produz frutos com elevado potencial de produtividade em óleo, o estudo de micro-organismos associados a frutos como os da palmeira macaúba permite o entendimento do papel dos mesmos na promoção do crescimento da planta, deterioração dos frutos, além de serem explorados como fonte potencial de produção de enzimas hidrolíticas. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção qualitativa e quantitativa de lipases e proteases por fungos filamentosos isolados de frutos da macaúba. 

A produção de enzimas lipases e proteases de 19 isolados foi avaliada por meio da detecção da formação de halos de hidrólise após crescimento em meio de cultura sólido emulsionado com óleo de oliva e de caseína, respectivamente. Quatro isolados apresentaram atividade lipolítica e 16 proteolítica. Os dezenove isolados também foram avaliados em ensaios quantitativos de produção de enzimas em meio líquido adicionados dos substratos de enzimas, óleo de oliva e caseína. 

Na avaliação da atividade lipolítica utilizando os sobrenadantes das culturas e o método do pNPP, os morfotipos M233, M184, M62 apresentaram atividade, sendo a máxima de 2,684 U/mL para o isolado M62. Nos ensaios de produção de proteases, avaliada pela hidrolise de azocaseína, 19 morfotipos apresentaram atividade, sendo a atividade máxima para o morfotipo M27 de 5,417 U/mL. 

Este trabalho confirma a importância de fungos filamentosos isolados dos frutos da macaúba como potenciais produtores de enzimas de interesse biotecnológico.

Para ter acesso ao artigo completo, clique aqui.

Fonte: Blucher Proceedings

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página