Buscar

Frutas desidratadas são saborosas fontes de vitaminas

segunda-feira, junho 17, 2019

Fonte: Cidade Verde
A alimentação saudável não é apenas uma necessidade. Atualmente, transformou-se em um “estilo de vida”, especialmente pelos inegáveis benefícios à saúde, ao bem-estar e à qualidade de vida. As frutas desidratadas são ótimas fontes de vitaminas, sais minerais, apesar de possuírem alto teor calórico.

Para falar delas, vamos viajar no tempo. A França foi o país que iniciou o processo de desidratar frutas por meios não naturais quando, em 1795, entrou em operação a primeira máquina para este fim. Mas, durante praticamente um século, o consumo desse tipo de alimento não foi tão expressivo, sendo produzido e consumido em pequenas quantidades.

Guerras

No entanto, o consumo de frutas desidratadas teve o início de sua ascensão em um grande conflito mundial: a Primeira Guerra Mundial. A ascensão ocorreu pela necessidade de alimentar as tropas em combate, com os diversos nutrientes que o corpo humano requer para produzir com maior eficiência.

Já durante a Segunda Grande Guerra Mundial, os Estados Unidos desenvolveram técnicas para a desidratação de mais de 160 tipos de vegetais e frutas.

Ao longo do tempo, o desenvolvimento tecnológico foi atingindo números bem expressivos e, cada vez mais, a desidratação de frutas e vegetais ganhou espaço. Assim, deixou a “função” de servir de alimento em escala apenas para soldados em combate, passando a assumir um expressivo espaço comercial.

Diversas possibilidades


Atualmente, é possível encontrar em oferta banana desidratada, tâmara, ameixa, uva, maçã, pêra, damasco seco, abacaxi, mamão, manga, jaca, caqui, tomate e muitos outras frutas, que podem ser consumidas naturalmente ou utilizadas como ingredientes de outros alimentos, como: chocolates, bolos, panetones, iogurtes, pães, barras de cereais.

Cuidado

Nem todas as frutas são indicadas para o processo de desidratação. Algumas possuem uma quantidade de água muito elevada, como a melancia e o melão, e apresentam um rendimento muito baixo. O processo da desidratação faz com que as frutas passem a pesar cerca de 10% a 15% menos do que o peso que elas possuíam antes.

Mesmo assim, conservam as características do produto natural e ampliam a vida útil dos alimentos, não havendo grandes alterações no seu valor nutritivo. Como não há necessidade de refrigeração no transporte ou armazenamento, o seu custo é reduzido.

Fonte: Cidade Verde

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Acrocomia aculeata (21) Alimentos (234) animal nutition (1) Aspectos Gerais (177) Aviação (27) Aviation market (14) Biochemistry (2) Biocombustíveis (182) Biodiesel (84) Bioeconomia (18) Bioeletricidade (2) Bioenergia (1) Biofertilizantes (2) Biofuels (88) Biomass (7) Biomassa (61) Biopolímeros (4) Bioquerosene (19) Biotechnology (24) Biotecnologia (6) Brazil (25) Carvão Ativado (1) Cerrado (4) Ciência e Tecnologia (188) Clima e ambiente (192) climate changed (30) Cogeração de energia (9) COP24 (76) COP25 (18) Cosméticos (20) Crédito de Carbono (30) Cultivo (96) Davos (1) eco-friendly (3) Economia (1) Economia Internacional (66) Economia Verde (163) Economy (27) Ecosystem (1) Efeito estufa (9) Empreendedorismo (1) Energia (29) Energia Renovável (166) event (6) Eventos (80) Extrativismo (21) Farelos (27) farm (1) Fibras (8) Floresta plantada (66) Food (41) food security (4) forest (1) Fuels (20) Global warming (82) Green Economy (123) health (22) Industry 4.0 (1) IPCC (14) livestock (4) Low-Carbon (40) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (524) Manejo e Conservação (46) Meio Ambiente (93) Melhoramento e Diversidade Genética (55) Mercado (3864) Mercado florestal (48) Nutrição animal (16) nutrition (9) Oil (49) Oleochemicals (2) Óleos (217) other (1) Paris Agreement (68) Pecuária (64) Pegada de Carbono (49) pirólise (2) Plant Based (7) Política (55) Produtos (149) proteína vegetal (26) Recuperação de área Degradada (29) renewable energy (12) Research and Development (8) SAF (1) Saúde e Bem-Estar (81) science and technology (34) Segurança Alimentar (44) Soil (7) Solos (11) Sustainability (43) Sustainable Energy (56) Sustentabilidade (333) Vídeo (195) World Economy (70)

Total de visualizações de página