Buscar

Época de amostragem foliar e efeito de doses de nitrogênio e potássio em plantas adultas de macaúba

quinta-feira, junho 20, 2019


Autor: Otto Herbert Schuhmacher Dietrich

Resumo: A macaúba (Acrocomia aculeata) é uma palmeira oleífera de grande dispersão natural no Brasil. Diversos estudos vêm contribuindo para a viabilização de cultivos agrícolas desta espécie, como na área de propagação, melhoramento genético, colheita e pós-colheita e desenvolvimento de práticas culturais. Contudo, muitos aspectos nutricionais da macaúba ainda são pouco conhecidos, como as exigências nutricionais, metodologia de avaliação do estado nutricional e o efeito de adubações nas diferentes fases de desenvolvimento da planta. Dessa forma, objetivou-se com este trabalho avaliar a variação sazonal dos teores foliares de nutrientes minerais e indicar época para amostragem e interpretação do estado nutricional de macaúba e, avaliar o efeito de doses de nitrogênio e potássio em três acessos de macaúba no início do estádio reprodutivo (sexto e sétimo anos). Para isso, foram realizados dois experimentos com plantas adultas de macaúba cultivadas. 

No primeiro experimento foram avaliados os teores foliares de macro (N, P, K, Ca, Mg e S) e micronutrientes (Cu, Mn, Fe e Zn) em 12 épocas de amostragem (janeiro a dezembro de 2016). Dentre os macronutrientes, apenas o Mg não apresentou variação sazonal significativa. Em relação aos micronutrientes, houve variação sazonal para o Mn e o Fe. A técnica de otimização de Tocher separou as épocas de amostragem em quatro grupos, sendo o maior grupo de estabilidade das variações dos nutrientes representado pelas épocas de amostragem de março, abril, maio, junho e julho. Existem variações sazonais nos teores de N, P, K, Ca, S, Mn e Fe nas folhas de macaúba e a amostragem foliar deve ser realizada no período de maio e junho, período com menores variações sazonais, menor influência de déficit ou excesso de chuvas e demanda de órgãos em formação (drenos). No segundo experimento foi avaliado o efeito de cinco doses de NK (0, 250, 500, 750 e 1000 g/planta) na proporção de 0,42 de N (uréia) e 0,58 de K (KCl), em três acessos de macaúba originários de diferentes regiões de Minas Gerais (BGP 7, BGP 9 E BGP 15) durante dois anos de avaliação (sexto e sétimo anos). Foram avaliadas características vegetativas, características produtivas e teores foliares de N e K. 

Não foi observado efeito de interação tripla entre os fatores. Houve interação dupla apenas entre os fatores dose e ano para as características número de espatas emitidas, número de cachos, massa de raque, massa de frutos e número de frutos por planta e teores foliares de N e K, e entre os fatores acesso e ano para as características número de espatas emitidas e massa média da raque. Para características vegetativas observaram-se ganhos positivos em função da dose e máximas respostas próximas da maior dose aplicada. Para a maioria das características produtivas observou-se maiores ganhos no sétimo ano após o plantio. A macaúba é responsiva à adubação nitrogenada e potássica, com maior produtividade de frutos na dose de 757,64 g/planta de NK. Os acessos de macaúba apresentam efeitos diferenciados em relação às doses de NK, sendo o acesso BGP 15 superior aos demais.

Para ter acesso ao artigo completo, clique aqui.

Fonte: Locus UFV

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (31) Acrocomia aculeata (62) Agricultura (189) Agricultura 4.0 (2) Agroenergia (122) Agroindústria (24) Agronegócio (172) Agropecuária (47) Água (14) Àgua (1) Alimentação Saudável (7) Alimentos (341) Amazônia (50) Ambiente (1) animal nutition (1) ANP (73) Arte (1) Artigo (38) Aspectos Gerais (177) Aviação (31) Aviation fuel (1) Aviation market (19) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (405) Biodefensivos (1) Biodiesel (301) Biodiesel Empresas (1) Biodiversidade (9) Bioeconomia (91) Bioeletricidade (25) Bioenergia (186) Biofertilizantes (9) Biofuels (103) Bioinsumos (8) Biomass (7) Biomassa (88) Biomateriais (6) Biopolímeros (14) Bioproducts (2) Bioprodutos (21) Bioquerosene (41) Biorrefinaria (2) Biotechnology (35) Biotecnologia (76) Bolsa de Valores (25) Brasil (32) Brazil (29) Cadeia Produtiva (15) Capacitação (24) CAR (1) Carbonatação (1) Carbono Zero (15) Carvão Ativado (8) carvão vegetal (2) CBios (62) CCEE (1) cellulose (1) Celulose (11) Cerrado (18) Chuvas (4) Cidades (1) Ciência e Tecnologia (344) Clima e ambiente (261) climate changed (52) CNA (1) Cogeração de energia (30) Combustíveis (91) Combustíveis Fósseis (33) Comércio (39) Consciência Ecológica (24) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (36) Crédito de Carbono (40) Crédito Rural (10) Créditos de Descarbonização (24) Culinária (1) Cultivo (120) Curso (5) Dados (1) Davos (4) Dendê (3) Desafios (2) Desenvolvimento Sustentável (154) Desmatamento (4) Diesel (15) Diesel Verde (20) eco-friendly (5) Economia (75) Economia Circular (10) Economia Internacional (110) Economia Sustentável (3) Economia Verde (171) Economy (31) Ecosystem (6) Efeito estufa (18) Eficiência energética (50) Emissões de Carbono (34) Empreendedorismo (7) Empresas (85) Energia (91) energia limpa (6) Energia Renovável (247) Energia Solar Fotovoltaica (21) ESG (4) Etanol (77) Europa (1) event (11) Eventos (139) Exportações (82) Extrativismo (58) FAO (4) Farelos (45) farm (1) Fertilidade (2) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (20) Floresta plantada (105) Fomento (28) Food (42) food security (7) forest (1) Fruticultura (1) Fuels (27) Gás (3) Gasolina (3) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (111) Green Economy (127) health (23) História (1) IBP (1) Incentivos (4) India (1) indústria (1) Industry (1) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (133) Instituição (1) Insumos (1) Investimento (4) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (49) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (577) Madeira (16) Mamona (1) Manejo e Conservação (102) MAPA (20) Mata Atlântica (1) Matéria Prima (2) Matéria-Prima (1) matérias-primas (3) Meio Ambiente (235) Melhoramento e Diversidade Genética (71) Mercado (4069) Mercado de Combustíveis (63) Mercado Financeiro (10) Mercado florestal (71) Mercado Internacional (43) Metas (3) Milho (15) Minas Gerias (1) MME (38) Mudanças Climáticas (30) Mundo (92) Nações Unidas (3) Negócios (2) net-zero (20) Nutrição animal (18) nutrition (9) Oil (51) Oleaginosas (94) Oleochemicals (10) Óleos (249) Óleos Essenciais (7) Óleos Vegetais (14) OMC (1) ONGs (1) ONU (13) Oportunidade (5) Oportunidades (5) other (1) Palm (1) Palma (26) palmeiras (1) Paris Agreement (92) Pecuária (83) Pegada de Carbono (94) Personal Care (3) Pesquisa (60) Pessoas (1) Petrobras (9) Petróleo (27) PIB (3) pirólise (3) Plant Based (26) Política (80) Política Ambiental (1) Preços (45) Preservação Ambiental (35) Produção Animal (7) Produção Integrada (1) Produção Sustentável (50) Produção vegetal (4) Produtividade (42) Produtos (150) Proteção Ambiental (11) proteína vegetal (28) Qualidade do Ar (2) Recuperação Ambiental (4) Recuperação de área Degradada (43) Recuperação Econômica (3) Reflorestamento (14) regulamentação (1) Relatório (11) renewable energy (19) RenovaBio (67) Report (1) Research and Development (11) Resíduos (11) Sabão (1) SAF (5) Safra (2) Saúde e Bem-Estar (115) science and technology (47) Sebo (5) Segurança Alimentar (125) Segurança Energética (13) Selo Social (10) silvicultura (2) Sistema Agroflorestal (33) Sistemas Integrados (18) Sociobiodiersidade (2) Soil (9) Soja (67) Solos (42) Sustainability (57) Sustainable Energy (69) Sustentabilidade (584) Tecnologia (44) Tempo (1) Títulos verdes (1) Transportes (5) Turismo Sustentável (6) Unica (1) Vídeo (245) World (4) World Economy (79) Zero-Carbon (2)

Total de visualizações de página