Buscar

Aspectos nutricionais e resposta da macaúba a adubação com nitrogênio e potássio

quarta-feira, junho 26, 2019



Autor: Rafael Carlos dos Santos

Resumo: A macaúba (Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd. ex Mart.) é uma palmeira oleaginosa com ampla dispersão no Brasil, sendo encontrada em praticamente todas as regiões do país. A elevada produção da macaúba e a possibilidade de aproveitamento integral do seu fruto, associada a rusticidade e adaptabilidade da espécie, tem atraído cada vez mais a atenção de segmentos da indústria alimentícia, cosmética, de biocombustíveis e oleoquímica. Além disso, a macaúba tem sido apontada como uma das espécies mais promissoras para a geração de matéria prima para a produção de biocombustíveis, dos quais se destacam o biodiesel e o bioquerosene. Entretanto, para que a macaúba seja consolidada nesta perspectiva é preciso estruturar uma cadeia produtiva da cultura, estabelecendo sistemas de cultivo, os quais dependem do conhecimento dos aspectos nutricionais da cultura. Os objetivos deste estudo foram: avaliar os teores de nutrientes e acúmulo de biomassa e nutrientes nas diversas partes da planta, avaliar a resposta a adubação nitrogenada e potássica nas plantas em estágio juvenil no campo. 

No primeiro estudo, cinco plantas adultas e produtivas de macaúba em condições naturais foram mensuradas quanto as características biométricas e produtivas. Posteriormente foram abatidas determinando-se a biomassa da matéria seca e os teores de nutrientes na biomassa seca das diferentes partes da planta. No segundo estudo, avaliou-se o efeito de cinco doses de NK (0, 115, 230, 346 e 461 g/planta na proporção de 0,42:0,58 para N e K2O, respectivamente) no crescimento de plantas juvenis de macaúba. Verificou-se no primeiro estudo que o maior acúmulo de nutrientes nas folhas ocorreu na porção mediana da copa das plantas de macaúba; o maior acumulo de massa e nutrientes na planta foi observado no caule; potássio, cálcio e nitrogênio foram os nutrientes mais extraídos, acumulados e exportados pela macaúba. 

No segundo estudo, observou-se que a adubação com NK promoveu o crescimento das plantas de macaúba; os teores foliares de N e K foram reduzidos com o crescimento das plantas. Os resultados obtidos possibilitam um melhor entendimento dos aspectos nutricionais da macaúba, auxiliando no ajuste das recomendações de adubação da cultura.

Para ter acesso ao artigo completo, clique aqui.

Fonte: Locus UFV

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página