Buscar

Renovabio será apresentado em evento de avaliação de sustentabilidade do ciclo de vida

quarta-feira, maio 15, 2019

Resultado de imagem para Renovabio

O Programa de Avaliação da Sustentabilidade do Ciclo de Vida (BioCycleS) de Produtos será lançado em 23 de maio, no auditório do Centro de Ciências Florestais e da Madeira (Cifloma), no campus Jardim Botânico da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O enfoque é o tratamento da sustentabilidade com uma ferramenta de quantificação e avaliação de impactos.

A pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente Marília Folegatti irá falar sobre o Renovabio e a Renovacalc, na parte da manhã, e na parte da tarde participa como instrutora, com Thiago Rodrigues, do IBICT e Cássia Ugaya, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná  (UTFPR), do minicurso 1 – Programa ACV de A à Z, para avaliação do ciclo de vida de produtos florestais e métodos para determinação de impacto ambiental das fontes de energia renováveis.

A RenovaCalc, explica Marilia, é uma ferramenta estratégica para o sucesso do Programa de Biocombustíveis do Brasil. Elaborada por especialistas da Embrapa, CTBE, Unicamp e Agroicone, além da colaboração do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), do Ministério de Minas e Energia (MME) e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), constitui-se na calculadora para a estimação da pegada de carbono de biocombustíveis. Foi resultado do trabalho de uma parceria multi-institucional, como contribuição da ciência para subsidiar esta importante política pública, a RenovaBio. O objetivo desta política é promover a redução das emissões de GEEs pelo setor de transporte, por meio do estímulo ao aumento da produção e do uso de biocombustíveis no país.

BioCycleS

O BioCycleS tem como ações definidas: desenvolver disciplinas de graduação e pós-graduação para atender a toda a comunidade acadêmica; apoiar na construção do conhecimento científico sobre a ACV; participar de movimentos para o desenvolvimento da ACV no Brasil; construir base de dados de produtos nacionais; aprofundar métodos e compreensões sobre os impactos de sistemas de produtos; desenvolver atividades, cursos e projetos que visem à formação de profissionais para atuação em ACV; fortalecer e aprofundar a metodologia da ACV; elaborar e desenvolver conteúdos científicos para orientação às novas pesquisas e aplicação da ACV nos diversos segmentos da sociedade brasileira; e desenvolver parcerias público-privadas para aumentar a aplicação da ACV nos diversos sistemas produtivos e produtos nacionais.

A coordenação geral do programa Biocycles é do professor Dimas Agostinho da Silva, tendo como coordenadores científicos os professores Marcelo Langer, Julio Eduardo Arce e Alexandre Behling, todos da UFPR, e a professora Silvana Heidemann da Rocha, da UTFPR.

Programação

Abertura e Lançamento do BioCycleS

Presidente da Mesa – Ricardo Fonseca, reitor da UFPR

Coordenação da Mesa – Dimas Agostinho da Silva, Vice-reitora: Graciela de Muniz, Amadeu Bona Filho, Chefe do Setor de Agrárias,  Thiago Oliveira Rodrigues, IBICT, Ailson Loper, Secretário Executivo da APRE e Nério Vicente Junior, Dir. do Senai de Inovação

Palestras

Programa BioCycleS, com Marcelo Langer – BioCycleS/UFPR

A ACV no Brasil, com Cássia Ugaya – UTFPR

Rotulagem ambiental, EPD e certificações de produtos , com Felipe Coelho – Fundação Vanzolini

Banco de Dados Nacional para ACV , com Thiago Rodrigues – IBICT

O Renovabio e a Renovacalc, com Marília Folegatti – PABCV/Embrapa Meio Ambiente

A ACV e os programas de normalização de dados florestais, com Regiane de Brito – InMetro

A ACV e o mercado de produtos sustentáveis, com Guilherme Zanghelini – Enciclo

Minicursos

Minicurso 1 – Programa ACV de A à Z, para Avaliação do Ciclo de Vida de produtos florestais e métodos para determinação de impacto ambiental das fontes de energia renováveis.

Facilitadores: Marília Folegatti – Embrapa Meio Ambiente, Thiago  Rodrigues – IBICT e Cássia Ugaya – UTFPR

Minicurso 2 – Rotulagem ambiental tipo III e Certificação EPD; e Normalização para cálculos da ACV, com os ffacilitadores: Felipe Queiroz Coelho – Fundação Vanzolini; Regiane Rocio de Britto.

Fonte: Embrapa

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (23) Acrocomia aculeata (48) Agricultura (102) Agroenergia (119) Agroindústria (20) Agronegócio (115) Agropecuária (34) Água (1) Àgua (1) Alimentos (284) Amazônia (19) animal nutition (1) ANP (64) Arte (1) Artigo (26) Aspectos Gerais (177) Aviação (30) Aviation market (16) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (378) Biodiesel (268) Bioeconomia (57) Bioeletricidade (25) Bioenergia (165) Biofertilizantes (4) Biofuels (102) Bioinsumos (1) Biomass (7) Biomassa (85) Biomateriais (5) Biopolímeros (7) Bioproducts (2) Bioprodutos (15) Bioquerosene (36) Biotechnology (34) Biotecnologia (63) Bolsa de Valores (22) Brasil (11) Brazil (28) Cadeia Produtiva (14) Capacitação (7) Carbonatação (1) Carbono Zero (4) Carvão Ativado (6) CBios (47) CCEE (1) Celulose (6) Cerrado (12) Ciência e Tecnologia (284) Clima e ambiente (242) climate changed (42) CNA (1) Cogeração de energia (29) Combustíveis (84) Combustíveis Fósseis (26) Comércio (15) Consciência Ecológica (20) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (27) Crédito de Carbono (38) Crédito Rural (2) Créditos de Descarbonização (22) Cultivo (113) Curso (3) Dados (1) Davos (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (118) Desmatamento (1) Diesel (13) Diesel Verde (13) eco-friendly (4) Economia (65) Economia Circular (6) Economia Internacional (109) Economia Verde (169) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (14) Eficiência energética (40) Empreendedorismo (3) Empresas (26) Energia (82) Energia Renovável (235) Energia Solar Fotovoltaica (16) Etanol (66) Europa (1) event (10) Eventos (113) Exportações (67) Extrativismo (49) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (1) Floresta plantada (97) Fomento (9) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (26) Gás (3) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (98) Green Economy (125) health (22) IBP (1) Incentivos (4) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (78) Instituição (1) Investimento (1) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (45) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (556) Madeira (11) Mamona (1) Manejo e Conservação (90) MAPA (10) Matéria Prima (1) Meio Ambiente (171) Melhoramento e Diversidade Genética (67) Mercado (4021) Mercado de Combustíveis (57) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (64) Mercado Internacional (36) Metas (2) Milho (13) MME (25) Mudanças Climáticas (16) Mundo (35) Nações Unidas (1) net-zero (2) Nutrição animal (17) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (81) Oleochemicals (8) Óleos (242) Óleos Essenciais (3) ONGs (1) ONU (7) Oportunidade (1) Oportunidades (1) other (1) Palma (16) Paris Agreement (85) Pecuária (73) Pegada de Carbono (77) Personal Care (3) Pesquisa (33) Petrobras (9) Petróleo (24) PIB (2) pirólise (3) Plant Based (15) Política (74) Preços (28) Preservação Ambiental (20) Produção Animal (6) Produção Sustentável (38) Produtividade (31) Produtos (150) Proteção Ambiental (6) proteína vegetal (28) Recuperação de área Degradada (41) Recuperação Econômica (3) Relatório (8) renewable energy (18) RenovaBio (50) Research and Development (10) Resíduos (3) SAF (3) Safra (1) Saúde e Bem-Estar (90) science and technology (46) Sebo (4) Segurança Alimentar (78) Segurança Energética (12) Selo Social (4) Sistema Agroflorestal (20) Sistemas Integrados (8) Soil (9) Soja (57) Solos (22) Sustainability (51) Sustainable Energy (66) Sustentabilidade (492) Tecnologia (24) Transportes (5) Turismo Sustentável (3) Unica (1) Vídeo (233) World Economy (76)

Total de visualizações de página