Buscar

Brazil Agribusiness Innovation Forum acontecerá na Austrália

terça-feira, maio 28, 2019

Brazil Agribusiness Innovation Forum acontecerá em Sydney Austrália - Brazil Agribusiness Innovation Forum acontecerá na Austrália
Em prosseguimento ao Australia-Brazil Agribusiness Forum, realizado em junho de 2018, o Consulado-Geral do Brasil em Sydney tem o prazer de anunciar a realização do Brazil Agribusiness Innovation Forum, que acontecerá em Sydney, no dia 11 de junho. O evento é uma iniciativa do Consulado-Geral do Brasil em Sydney – Ministério das Relações Exteriores do Brasil, com o apoio da Apex-Brasil, da SOFTEX Brasil e do Departamento de Indústrias Primárias de Nova Gales do Sul, e em parceria com a Câmara de Comércio Austrália-Brasil, o Conselho Empresarial Austrália Brasil e o Conselho Empresarial Austrália-América Latina.

A delegação brasileira ao evento, integrada por empresas líderes do agronegócio e por startups de agtech, mostrará à Austrália uma seleção de tecnologias brasileiras inovadoras e sustentáveis aplicadas à agricultura e à pecuária. Em especial, duas startups brasileiras de agtech – Agribela e @Tech – apresentarão seus produtos em primeira mão a investidores, empresas do agronegócio e empresas de tecnologia da Austrália. As empresas brasileiras de agronegócios Grupo JCN e Millenium Bioenergy também apresentarão suas empresas e tecnologias.

Entre os palestrantes, Wes Lefroy, analista agrícola do Rabobank Austrália e Nova Zelândia, fará uma apresentação sobre agtech australiano, enquanto Otávio Celidonio, do Agrihub do estado de Mato Grosso, falará sobre o mercado brasileiro de agtech.

Desde a década de 70, o Brasil desenvolveu, com base na ciência, agricultura tropical avançada, que contribuiu para a consolidação do país como um dos principais atores nos mercados de carne bovina, suína e de aves e também no de culturas como cana-de-açúcar, café, soja, algodão, laranja e milho, entre outros. O Brasil é também líder mundial no uso de etanol como combustível. De fato, com o uso de novas tecnologias, nos últimos 40 anos o Brasil conseguiu se tornar o principal exportador mundial de açúcar, café, suco de laranja, soja, carne bovina e frango e o segundo maior exportador de milho, sempre com atenção ao meio ambiente. A produção de grãos, em particular, cresceu 386% de 1976 a 2017, usando apenas 33% de terras adicionais, de acordo com a EMBRAPA. A tendência de crescer com sustentabilidade continua até os dias de hoje: uma das áreas de pesquisa no Brasil é a de “intensificação sustentável”, combinando agricultura, silvicultura e pecuária.

Os desenvolvimentos da tecnologia da informação nas últimas décadas, combinados com o compromisso de longa data com a agricultura baseada na ciência, colocaram o Brasil na nova fronteira tecnológica de agricultura sustentável e altamente produtiva.

Após o evento do dia 11, as startups brasileiras Agribela e @Tech cumprirão por dois dias um cronograma de reuniões e visitas junto a investidores australianos, empresas do agronegócio e de tecnologia, instituições de pesquisa e associações setoriais, que culminarão no dia 13 de junho com viagem a Orange, Nova Gales do Sul, onde o Departamento de Indústrias Primárias organizará visita às instalações do “The GATE – the Global Agtech Ecosystem”.

Fonte: Revista News

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página